PUCRS conquista bolsas que aproximam pós-graduação e setor empresarial

Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação é uma iniciativa do CNPq 

02/12/2020 - 11h31
Estudantes de pós-graduação se envolvem em projetos de empresas parceiras

Iniciativa promove o envolvimento de estudantes em projetos de interesse do setor empresarial / Foto: Pexels/Anna Shvets

A PUCRS foi contemplada com sete bolsas de mestrado e doutorado e 18 bolsas de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI) no Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação (MAI/DAI) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A iniciativa visa fortalecer a pesquisa, o empreendedorismo e a inovação nas Instituições Científica, Tecnológica e de Inovação (ICTs), por meio do envolvimento de estudantes de graduação e pós-graduação em projetos de interesse do setor empresarial, mediante parceria com empresas. 

No programa, os bolsistas de mestrado e doutorado desenvolverão projetos de pesquisa como estudantes regulares nos cursos de pós-graduação da PUCRS. Os alunos e alunas terão um orientador acadêmico e um supervisor junto à empresa parceira, à qual o projeto de mestrado/doutorado estará relacionado. 

Para o professor da Escola Politécnica e representante institucional do programa Márcio Pinho, o MAI/DAI faz parte do novo modelo de concessão de bolsas do CNPq com ligação com empresas. “Esse modelo permite fazer com que as empresas se envolvam com projetos de mestrado e doutorado, sendo muito positivo para a academia, pois é uma alternativa para a aplicação da pesquisa a problemas reais que as empresas vivenciam”, comenta. 

Pinho adiciona que essa aproximação entre empresa e pesquisa beneficiará também o mercado, que receberá novos projetos inovadores, pensados para empresas, mas com aporte teórico. “Além disso, o aluno de pós-graduação sairá do programa com uma formação acadêmica e também conhecendo mais a fundo o mercado. Tudo isso o qualificará ainda mais”, completa. 

Conheça as propostas selecionadas 

edital interno coordenado em conjunto pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e pela Superintendência de Inovação e Desenvolvimento organizou uma proposta institucional. Diante do número de bolsas conquistadas, sete propostas foram selecionadas com uma bolsa de pós-graduação cada, além de bolsas ITI (quatro para doutorado e duas para mestrado): 

Doutorado 

  • Proponente:Gabriel Prolla, Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
    Empresa parceira: CCHR – Diagnóstico por Imagem
    Proposta: Comparação da experiência dos pacientes na triagem para neoplasia colo-retal através da colonoscopia virtual com capsular de bário e colonoscopia óptica 

Mestrado 

  • Proponente:César Marcon (coorientador: Alfredo Cataldo Neto), Programas de Pós-Graduação em Ciência da Computação e em Gerontologia Biomédica
    Empresa parceira: Toth Lifecare
    Proposta: Monitoramento e Gerenciamento de Idosos Usando Técnicas de Aprendizado de Máquina em Dados Obtidos com o Sensoriamento de Wearable 
  • Proponente:Fabiano Hessel (coorientador: Rodrigo Barros), Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
    Empresa parceira: DB Server
    Proposta: Sistemas de Informação Aplicação da aprendizagem de máquina em dispositivos de borda em sistemas distribuídos (edge-centric networks) para Internet das coisas. 
  • Proponente:Márcio Sarroglia Pinho, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
    Empresa parceira: DB Server 
    Proposta: Sistemas de Informação Colaboração remota em tarefas de manutenção e inspeção industrial, utilizando recursos de Realidade Aumentada.