GAAPCC comemora 20 anos com 4ª Jornada de Terapia Cognitiva-Comportamental

Evento está com inscrições abertas e acontece nos dias 7 e 8 de maio, pela plataforma Zoom 

05/05/2021 - 14h21
4ª Jornada de Terapia Cognitiva-Comportamental será realizada pela plataforma Zoom

Grupo já validou inúmeros instrumentos de avaliação clínica e testou diversos protocolos de tratamentos / Foto: Pixabay

As duas décadas de história do Grupo de Avaliação e Atendimento em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental (GAAPCC) serão comemoradas com uma programação especial. Marcada para os dias 7 e 8 de maio, 4ª Jornada de Terapia Cognitiva-Comportamental de Segunda e Terceira Geração será online e reunirá especialistas conceituados, nacionais e internacionais,  para abordar atualizações científicas da área da psicologia.  

A abertura do evento será realizada pela professora, pesquisadora e coordenadora do GAAPCC, Margareth da Silva Oliveira“O evento será uma forma de brindar a população acadêmica com a inovação nos modelos de tratamento psicológicos baseados em evidência, além da oportunidade de conhecerem pesquisadores de renome, que contribuem para a psicologia clínica atual”, afirma.  

Sob a coordenação de Margareth, o grupo foi criado em março de 2001, com o objetivo de promover estudos com qualidade cientifica, referente a duas linhas de pesquisa. A primeira delas é realizada através da PROTRATA, que desenvolve estudos de intervenção terapêutica, abrangendo a efetividade da psicoterapia breve e de técnicas psicoterápicas. Já a PROINSTRU se trata de estudos sobre o desenvolvimento de normas, padronização e validação de inventários, escalas e instrumentos neuropsicológicos e psicopatológicos. De acordo com Margareth, na época, o cenário apontava novos modelos de tratamento pertinentes para estudo e adaptação.  

Margareth da Silva Oliveira é criadora e coordenadora do do Grupo de Avaliação e Atendimento em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental

Professora Margareth da Silva Oliveira é criadora e coordenadora do GAAPCC / Foto: arquivo pessoal

“Foi assim que tudo começou: meu doutorado foi com uma população de alcoolistas, no qual fiz um estudo de efetividade do modelo da Entrevista Motivacional e componentes do Modelo Transteórico de motivação para mudança. Até hoje, esse é o modelo mais recomendado para o tratamento das adições, e inauguramos dessa forma a linha PROTRATA. Todos os instrumentos que vinham juntos com o protocolo de pesquisa e seus correlatos, precisavam do processo de tradução e adaptação para a nossa realidade e assim criamos a linha PROINSTRU.” 

Referência internacional em pesquisas sobre métodos diagnósticos, efeito e efetividade das terapias cognitivo-comportamentais, o GAAPCC já validou para população brasileira inúmeros instrumentos de avaliação clínica e testou diversos protocolos de tratamentos, viabilizando a oferta de métodos de trabalho comprovadas cientificamente. Além disso, as pesquisas realizadas pelo grupo possuem parcerias internacionais em estudos interculturais.  

Raquel de Melo Boffdoutora em Psicologia pela PUCRS e aluna do grupo desde 2010conta que foi no GAAPCC onde aprofundou seus conhecimentos em pesquisa, o que garantiu que tantas outras oportunidades aparecessem em sua carreira. “O sucesso do grupo advém de muito trabalho em equipe em um clima de cooperação e não competição, e a grande responsável por isso é a Marga. Ela tem a incrível habilidade de agregar pessoas por meio do afeto e do seu amor pela ciência. Somos incentivados a cooperar uns com os outros e acho que esse é o segredo de tanto reconhecimento”, destaca.  

Atuação ativa durante a pandemia 

A produção do grupo continua ativa durante a pandemia de coronavírusNo primeiro semestre de 2020, o GAAPCC participou da ForçaTarefa PsiCOVIDa, uma ação de alcance internacional, que reuniu pesquisadores e estudantes de pós-graduação em Psicologia da PUCRS e da PUC-Campinas com o objetivo de ajudar as pessoas a lidarem com desconforto emocional causado por esse contexto. 

Segundo Margareth, foram desenvolvidos diversos estudos e cartilhas no período da força-tarefa, com destaque para as que tratam sobre as armadilhas da mente em tempos de pandemia (que foi publicada em formato de e-book pela Editora Sefarade para as apresentam informações sobre como a psicologia pode ajudar em tempos de crise: focada em profissionais da psicologia e direcionada à comunidade em geral, as três com versões em português, inglês e espanhol.  

Além disso, a professora também participa da equipe brasileira de coordenação da pesquisa Compaixão, conexão social e resiliência perante o trauma durante a Pandemia COVID-19: um estudo multicêntrico. Liderado por pesquisadores de 19 países, o estudo investigou o impacto da pandemia em questões como compaixão, regulação emocional, sentimentos de segurança social, isolamento, estresse traumático, entre outros.   

Prêmios e reconhecimentos 

A alta qualidade e o extenso volume de produção também renderam ao GAAPCC prêmios e reconhecimentos. Entre os mais recentes, estão o Prêmio Bernard Range 2021, dado pela Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC) ao orientando de doutorado Milton Cazassa; o Prêmio Pesquisador Gaúcho 2017, recebido pela Profa. Dra. Margareth da Silva Oliveira, na modalidade Pesquisador Destaque, na área de Educação e Psicologia; e o Prêmio Capes Teses 2018, recebido pela orientanda de doutorado Raquel de Melo Boff, com a tese Efeito de uma intervenção interdisciplinar baseada no modelo transteórico de mudança de comportamento em adolescentes com sobrepeso ou obesidade.  

Confira todas as cartilhas