Escola de Medicina é uma das únicas acreditadas pelo Saeme no estado

Certificação é reconhecida pela World Federation for Medical Education e facilita para que estudantes atuem internacionalmente

05/03/2021 - 15h13

Escola de Medicina é uma das únicas acreditadas pelo Saeme no estadoA Escola de Medicina da PUCRS recebeu no começo do mês março a acreditação do Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (Saeme), se tornando a única instituição privada de Porto Alegre e da região metropolitana com a certificação e uma das quatro do Rio Grande do Sul. Vinculado ao Conselho Federal de Medicina (CFM), o Saeme avalia os cursos de graduação em Medicina a partir de critérios relacionados à Gestão educacional, ao Programa educacional, aos Corpos docente e  discente e ao Ambiente educacional. 

De acordo com o decano da Escola, professor Leonardo Araújo Pinto, a acreditação é um reconhecimento da excelência, qualidade e dedicação da Universidade em formar profissionais com capacitação de padrão internacional:  

Recebemos a certificação em um momento de muitas mudanças, em meio à pandemia, porém com muita felicidade. Mesmo neste cenário desafiador, as aulas se mantiveram firmes, assim como o desenvolvendo das atividades de forma exemplar, graças à atuação do corpo docente e discente e da Universidade. 

O Saeme é composto por professores/as da área de Medicina – não necessariamente médicos/as e estudantes de Medicina de diferentes regiões do País. 

Novas oportunidades de internacionalização 

Por ser pré-requisito para o desenvolvimento de diferentes projetos, a acreditação facilitará o processo para que estudantes trabalhem e estudem no exterior. “Hoje, nos Estados Unidos já é solicitada a confirmação de que as escolas de origem dos/as estudantes tenham a certificação para renovações ou emissões de contratos de trabalho, explica o decano. 

Escola de Medicina

Foto: Camila Cunha

A acreditação da Saeme é reconhecida pela World Federation for Medical Education, organização que estabelece altos padrões científicos e éticos na educação médica globalmente. Entre seus benefícios está o apoio para que estudantes da América do Sul possam atuar na América do Norte ou fora da Europa, por exemplo. 

Como funciona o processo de acreditação 

Inicialmente, é realizada uma autoavaliação por parte da Escola no momento da submissão. Em seguida, no mês de novembro de 2020, um grupo de avaliadores/as conheceu as instalações da PUCRS e participou de plenárias e grupos focais junto à comunidade acadêmica para a elaboração de um dossiê. 

No total, são mais de 80 quesitos que precisam ser respondidos, comprovados com a documentação relacionada e enviados para a Comissão de Avaliação, a qual é composta por docentes que não tenham qualquer tipo de vínculo com a instituição. Por fim, a equipe destinada pelo Saeme realiza uma nova visita à Escola durante alguns dias e elabora um novo relatório para que a Comissão de Acreditação possa dar o seu veredito. 

Além de identificar áreas e aspectos de excelência educacional, o processo também é um importante indicador para áreas que necessitem de aprimoramento. O relatório final do Saeme mostra que várias Escolas não foram aprovadas para a acreditação, podendo  ser feita uma nova solicitação após as melhorias. 

Leia também: PUCRS é a universidade privada do Brasil com melhor desempenho no Enade nos cursos de Medicina e Enfermagem