Linhas e Estruturas de Pesquisa

 

Área de Concentração

Pediatria
Nome Descrição
Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Epidemiologia da asma em diferentes populações.
Aspectos clínicos, epidemiológicos e humanos do paciente pediátrico criticamente enfermo A linha destina-se a estudar todos os aspectos relacionados a terapêutica, prognóstico e humanização em Unidades de Terapia Intensiva Pediátricas e Emergência. Inclui ainda, estudo de aspectos que se referem aos profissionais e processos gerenciais envolvidos no âmbito dessas unidades. 
Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Pesquisa na área da avaliação funcional e reabilitação de pacientes com doenças crônicas, como a fibrose cística e a asma. Foca em aspectos como a atividade física e o sedentarismo, a função pulmonar, o desenvolvimento músculo-esquelético, a obesidade e a qualidade de vida.
Células tronco e doenças neurodegenerativas Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células-tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Estuda a validade de sinais, sintomas e testes de rastreio e diagnóstico; e indicadores epidemiológicos de doenças e agravos da infância, tais como incidência, prevalência e mortalidade, relacionando-os com fatores etiológicos e prognósticos.
Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Investigar mecanismos epigenéticos e moleculares relacionados ao desenvolvimento neurocognitivo e comportamental após exposição a estresse precoce.
Epilepsia Clínica e Experimental : impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Estudo das síndromes epilépticas que iniciam durante a infância  incluindo etiologia, fisiopatogenia, caracterização de síndromes específicas, investigação complementar, comorbidades, tratamento (clínico e cirúrgico) e avaliação/desenvolvimento de novos fármacos antiepilépticos. Na abordagem experimental utiliza-se modelo de eletrofisiologia e imunohistoquímica “in vitro” e “in vivo”, além de modelo para verificar os efeitos de crises convulsivas precoces no SNC em desenvolvimento.
Estresse e desenvolvimento Estuda os mecanismos e o desenvolvimento de possíveis terapias para prevenção e/ou tratamento dos efeitos provocados por intervenções no início da vida e suas repercussões no desenvolvimento do organismo. Utiliza-se de recursos da pesquisa experimental para o estudo do estresse, da inflamação, de doenças respiratórias, do desenvolvimento de sistemas, da atividade física e de suas relações com os efeitos, ao longo da vida, de alterações perinatais. 
Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Epidemiologia, genética diagnóstico e terapêutica das doenças pulmonares da infância.
Imunologia tumoral Pesquisa sobre imunologia tumoral
Infecções respiratórias Etiopatogenia, epidemiologia, diagnóstico e manejo das infecções respiratórias de alto impacto na população pediátrica.
Intervenções Diagnósticas e Terapêuticas no Recém-Nascido Crítico Intervenções em doenças respiratórias neonatais, doenças infecciosas e nos distúrbios da nutrição.
Neuroinflamação e neuroimunologia Pesquisas sobre o papel da inflamação e do sistema imune em doenças neurológicas. Investigação de fatores genéticos e ambientais. Desenvolvimento de modelos experimentais, pesquisa sobre biomarcadores, processos neurodegenerativos, avaliação cognitiva e neuroimagem (ressonância magnética e medicina nuclear) em doenças como esclerose múltipla, neuromielite óptica, doença associada ao anti-MOG, encefalomielite disseminada aguda (ADEM) e encefalites autoimunes.
Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Estudo da ontogênese e bioeletrogênese do Sistema Nervoso Central. Avalia, através da polissonografia, as modificações fisiológicas e idade gestacional dependentes e a influência dos distúrbios neurológicos neonatais no processo de organização da atividade elétrica cerebral. Avalia o seguimento neurológico de recém nascidos prematuros, considerando os efeitos da prematuridade no desenvolvimento neuropsicomotor. Avalia o seguimento de neonatos a termo com patologias infecciosas congênitas e encefalopatia hipóxico-isquêmica. Inclui estudo do sono e seus distúrbios através da avaliação de características clínicas e neurofisiológicas constituindo a base para compreensão da medicina do sono na infância
Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Crescimento e desenvolvimento pulmonar, concentrando-se nos efeitos diretos e indiretos da prematuridade no pulmão.
Resposta imune a infecções respiratórias virais Resposta imune a infecções respiratórias virais
Teratologia neurocomportamental Avaliação da repercussão de intervenções em fases iniciais do desenvolvimento sobre mecanismos neuroquímicos e reflexos sobre o comportamento na fase juvenil e adulta utilizando modelos animais. 

Estruturas de Pesquisa

Laboratórios de Pesquisa
Nome Coordenador
Laboratório Neurociências JADERSON COSTA DA COSTA
Laboratório de Atividade Física em Pediatria MARCIO VINICIUS F DONADIO
Laboratório de Bioquímica e Genética Molecular (LABGEM) DOUGLAS KAZUTOSHI SATO
Laboratório de Fisiologia Respiratória MARCUS HERBERT JONES
Laboratório de Imunologia Clínica e Experimental ANA PAULA DUARTE DE SOUZA
Laboratório de Neurociências MAGDA LAHORGUE NUNES
Laboratório de Neuroinflamação e Neuroimunologia DOUGLAS KAZUTOSHI SATO
Laboratório de Neuroquímica e Psicofarmacologia ROSANE SOUZA DA SILVA
Laboratório de Respirologia Pediátrica RENATO TETELBOM STEIN
Laboratório de Sinalização Celular JADERSON COSTA DA COSTA
Núcleos de Pesquisa
Nome Coordenador
Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa, Tecnologia e Ensino em Epidemiologia RITA MATTIELLO
Núcleo Interinstitucional de Estudo em Neurologia e Psiquiatria do Envelhecimento (NIENPE) DOUGLAS KAZUTOSHI SATO
Centros de Pesquisa
Nome Coordenador
Centro Infant RENATO TETELBOM STEIN
Instituto do Cérebro do RS JADERSON COSTA DA COSTA