Secretaria Virtual

ALUNO ESPECIAL

A PUCRS permite a matrícula em disciplinas isoladas, dos PPGs, de interessados graduados na condição de alunos especiais. Nessa condição de aluno especial, podem se matricular interessados que não tenham sido aprovados no Processo Seletivo do PPG, por exemplo. O candidato interessado preenche o formulário de inscrição e apresenta os documentos exigidos pelo programa. A solicitação de inscrição e a documentação será analisada pela Comissão Coordenadora e poderá ser aceita ou recusada de acordo com a disponibilidade de vagas nas turmas já oferecidas pelo PPG-GERONBIO.

Requisitos Básicos

  • Ter curso de graduação completo

Observações: O fato do aluno cursar disciplinas na modalidade Aluno Especial não garante vaga para o curso em seleções futuras. O aluno especial interessado em realizar um dos cursos (mestrado ou doutorado) deve inscrever-se como os demais candidatos (seleção). No entanto, uma vez aprovado na seleção, o candidato poderá solicitar aproveitamento das disciplinas cursadas como Aluno Especial.

Documentação Solicitada

Para 1º matrícula:

  • Cópia do Histórico Escolar (autenticada);
  • Cópia do Diploma de Graduação ou Comprovante (autenticada);
  • Cópia da Carteira de Identidade e CPF;
  • Cópia do Certificado de Reservista;
  • Cópia do Título de Eleitor e Comprovante Eleitoral;
  • Curriculum Vitae;
  • Uma foto 3×4.
  • Formulário de inscrição: Formulario Aluno Especial

Para matrículas subseqüentes:

Estágio de Docência

Regulamento do Estágio de Docência Regulamento Estágio Docência_2013 – VIGENTE

Do Requerimento do Estágio de Docência

Para realizar o Estágio de Docência, o aluno deverá encaminhar à Secretaria do PPGGeronbio, na data fixada pela Comissão Coordenadora e de acordo com o calendário do PPGGeronbio, os seguintes documentos:

  1. Requerimento para realização de Estágio de Docência, devidamente assinado: Requerimento-de-Estágio-de-Docência
  2. Termo de Compromisso, devidamente assinado: Termo de Compromisso Estágio de Docência
  3. Plano de Atividades de Estágio de Docência, devidamente assinado: Modelo do Plano de Atividades de Estágio de Docência plano_de_atividades Modelo-de-plano-de-ensino
  4. Programa da Disciplina (retirar o programa junto a Secretaria correspondente)

A Secretaria enviará o requerimento para a pauta da próxima reunião da Comissão Coordenadora e, se aprovado, o documento será enviado para aprovação do Decano da Unidade Acadêmica na qual disciplina é vinculada. O resultado será informado ao aluno e orientador através de e-mail.

Da Entrega do Relatório de Estágio de Docência

O aluno deverá encaminhar à Secretaria os seguintes documentos:

  • Relatório de Estágio de Docência, devidamente assinado;
  • Parecer do Orientador referente ao Relatório de Docência

Documento: Relatório-de-Estágio-e-Parecer-do-Orientador

Estágio no Exterior – PDSE

Regulamento da Bolsa PDSE
Valores das Bolsas

Objetivo
O PDSE é um programa da CAPES com o objetivo de apoiar a formação de recursos humanos de alto nível por meio da concessão de cotas de bolsas de doutorado sanduíche às Instituições de Ensino Superior brasileiras (IES) que possuam curso de doutorado reconhecido e avaliado satisfatoriamente pela CAPES.

Para Candidatura
Atender aos requisitos expressos no Art. 11 do Regulamento Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE. O candidato deverá encaminhar à secretaria do Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica com no mínimo quatro (4) meses de antecedência ao mês de início do estágio, os seguintes documentos:

  • Ficha de inscrição preenchida Formulario_inscrição PDSE
  • Ofício de Aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa para o projeto de pesquisa;
  • Plano de pesquisa no exterior, com indicação da existência de infraestrutura na instituição de destino, que viabilize a execução do trabalho proposto e do cronograma das atividades formalmente aprovados pelo orientador brasileiro e pelo coorientador no exterior;
  • Currículo Lattes atualizado;
  • Carta do orientador brasileiro, devidamente assinada e em papel timbrado da instituição de origem, justificando a necessidade do estágio e demonstrando interação ou relacionamento técnico-científico com o coorientador no exterior para o desenvolvimento das atividades propostas. Deve informar o prazo regulamentar do aluno para defesa da tese e que os créditos já obtidos no doutorado são compatíveis com a perspectiva de conclusão em tempo hábil, após a realização do estágio no exterior;
  • Carta do coorientador estrangeiro, devidamente assinada e em papel timbrado da instituição de origem, aprovando o plano de pesquisa, informando o mês/ano de início e término do estágio no exterior;
  • Teste de proficiência ou declaração do coorientador no exterior afirmando que o nível de proficiência em língua estrangeira que o aluno possui é adequado para desenvolver as atividades previstas;
  • Currículo resumido do coorientador estrangeiro, no exterior, o qual deve ter produção científica e/ou tecnológica compatível e ter no mínimo a titulação de doutor;
  • Declaração da Coordenação do programa, devidamente assinada, informando o prazo regulamentar do aluno para defesa da tese e que os crédito já obtidos no doutorado são compatíveis com a perspectiva de conclusão em tempo hábil, após a realização do estágio no exterior.

Processo de seleção e divulgação de resultados
Critérios de avaliação: análise da documentação e entrevista com o candidato. O candidato será comunicado por e-mail quanto ao agendamento da entrevista e a divulgação do resultado.

CREDENCIAMENTO DE CO-ORIENTADOR

A Comissão Coordenadora do Programa é autônoma para aprovar solicitações de co-orientação que venham a ser desenvolvidas por docentes credenciados (permanentes ou colaboradores) na própria PUCRS ou  em Instituição de Ensino Superior.

Requisito para coorientação: o professor provável coorientador deve atuar em regime de trabalho de tempo integral, dedicação exclusiva ou 40h em uma Instituição de Ensino Superior.

Avaliação do Requerimento de Credenciamento:
A solicitação será analisada pela Comissão Coordenadora do Programa, sendo o parecer favorável, será enviado  para análise e parecer da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação. O credenciamento pode ocorrer pelo tempo de duração do mestrado ou doutorado do aluno
Coorientador externo a PUCRS

Para Requerer o Credenciamento:

O aluno deve entregar na secretaria do programa os seguintes documento:

a) Formulário:  Solicitação Coorientação Professor externo
b) Documento emitido pelo orientador com a descrição do contexto do trabalho do discente, bem como justificativa da importância da expertise do docente convidado para atuar como coorientador para o trabalho do discente, considerando complementaridade a sua expertise;

c) Cópia da Carta de Aceite redigida pelo docente convidado para atuar como coorientador do discente: Declaração de interesse na coorientação professor externo
e) Cópia da Carta de Concordância da instituição de vínculo do docente, emitida por Pró-Reitor, Diretor da UA, Chefe de Departamento ou Coordenador de PPG a que está vinculado o docente.
f) Currículo lattes atualizado do provável coorientador;

Docentes da PUCRS credenciados em PPGs da PUCRS

O credenciamento de docentes da PUCRS vinculados a PPGs pode assumir duas situações distintas, são elas: (A) registro como coorientador de docente credenciado no próprio PPG ou (B) credenciamento como coorientador de docente credenciado em outro PPG da PUCRS.

A. Registro como coorientador de docente credenciado no próprio PPG: o docente atua no PPG no qual o discente possui vínculo.

Para requerer a coorientação:
O aluno deve entregar na secretaria do programa os seguintes documentos:
a) Formulário:  Solicitação Coorientação para Professor interno
b) Documento emitido pelo orientador com a descrição do contexto do trabalho do discente, bem como justificativa da importância da expertise do docente convidado para atuar como coorientador para o trabalho do discente, considerando complementaridade a sua expertise
c) Cópia da Carta de Aceite redigida pelo docente convidado para atuar como coorientador do discente: Declaração de Interesse na coorientação professor interno;
d) Ciência/concordância do Programa de Pós-Graduação em que o docente atua;

B. Credenciamento como coorientador de docente credenciado em outro PPG da PUCRS: o docente convidado a coorientar atua em PPG distinto do PPG no qual o discente possui vínculo.

O aluno deve entregar na secretaria do programa os seguintes documentos:

a) Formulário:  Solicitação Coorientação para Professor interno
b) Documento emitido pelo orientador com a descrição do contexto do trabalho do discente, bem como justificativa da importância da expertise do docente convidado para atuar como coorientador para o trabalho do discente, considerando complementaridade a sua expertise;
c) Cópia da Ata da Comissão Coordenadora do PPG no qual o discente está vinculado aprovando a coorientação;
d) Cópia da Carta de Aceite redigida pelo docente convidado:  Declaração de Interesse na coorientação professor interno;

 

Etapas para emissão do diploma:

HOMOLOGAÇÃO DA DISSERTAÇÃO/TESE pela Comissão Coordenadora: o aluno terá 60 dias após a data da defesa para enviar para a secretaria do PPG um exemplar da dissertação/tese corrigida em formato de mídia eletrônica (Word e PDF) juntamente com o formulário  Requerimento_entrega_versao_final_dissertacao_tese

APÓS A HOMOLOGAÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA:

O aluno deverá entregar na secretaria para confecção do seu diploma de conclusão de curso os seguintes documentos:

  • 1 (um) exemplar da tese/dissertação corrigida (completa) em formato de mídia eletrônica (Word e PDF), com a capa azul (Padrão PUCRS);

Observação 1: deve constar no corpo do trabalho final (versão impressa e digital) a aprovação do CEP para o seu projeto de pesquisa e ficha catalográfica.

Observação 2: elementos da dissertação/tese para publicação parcial: folha de rosto, sumário, resumo, introdução e conclusão.

Observação 3:   a Biblioteca Central passa a oferecer, ferramentas para geração das fichas catalográficas e capas das dissertações e teses, conforme padrão de identidade visual da Universidade. Tutorial para acesso: Site da Biblioteca: www.pucrs.br/biblioteca

  •  Preencher o formulário nº 10 (o link do formulário será enviado para o aluno por e-mail após o a homologação da Comissão Coordenadora).

Quanto ao prazo de recebimento do diploma após a entrega dos documentos solicitados acima:

  • O aluno será comunicado por e-mail quando o diploma estiver pronto.

Trancamento de matrícula

O aluno pode requerer trancamento de matrícula por prazo máximo de 02 (dois) semestres letivos, consecutivos ou não.

Não é permitido requerer o trancamento de matrícula no 1° semestre letivo do curso.

Não é permitido trancamento no último semestre letivo do curso (semestre que completa o prazo máximo de 30 meses para o mestrado e 54 meses para doutorado).

– formulário no PORTAL DO ALUNO

 

Cancelamento/Desligamento de curso

O aluno poderá solicitar cancelamento ou desligamento de curso. Nestas situações, deixará de pagar as parcelas a partir do mês subsequente à formalização do pedido protocolado junto a secretaria do curso.

– formulário no PORTAL DO ALUNO

Aproveitamento de crédito/disciplinas

Os créditos serão aproveitados/integralizados até no máximo 8 anos após terem sido cursados em programa de Pós-Graduação Strito Sensu, cuja o docente responsável tenha titulação de doutro, ou título equivalente.

Quando se tratar de aproveitamento de créditos cursados em outros Programas de Pós-Graduação, o pedido deverá vir acompanhado de ementa, programa e titulação do professor e comprovantes de avaliação e aprovação.

– formulário no PORTAL DO ALUNO

Cancelamento de disciplina

A solicitação de cancelamento de disciplina deve respeitar as datas definidas de acordo ao calendário acadêmico estabelecido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESQ).

– formulário no PORTAL DO ALUNO