Inaugurada a ampliação, InsCer começa a “pensar” com estrutura completa

Cerimônia do Instituto do Cérebro ocorreu na manhã desta segunda-feira, dia 9 de novembro

09/11/2020 - 17h52

Estrutura do InsCer triplicou de tamanho / Foto: Camila Cunha

É muita emoção!. Essas foram as primeiras palavras – que demonstram sentimento, que só o cérebro é capaz de transmitir –, anunciadas no discurso do vice-reitor da PUCRS e diretor do Instituto do Cérebro (InsCer)Jaderson Costa da Costa, durante a cerimônia de ampliação do empreendimento. O evento, que contou com a presença de representantes de diversos segmentos, ocorreu no novo auditório do InsCer na manhã desta segunda-feira, dia 9 de novembro, data em que a PUCRS celebra 72 anos de história. 

Costa da Costa recordou que, em 2012, o InsCer foi criado a partir de dados epidemiológicos que indicavam aumento da expectativa de vida, mas também em meio ao crescimento de doenças neurológicas degenerativas, cérebrovasculares e oncológicas. “A população está envelhecendo e carga da doença e a demanda por cuidados da saúde estão aumentando. Enfrentamos também doenças infecciosas emergentes. Lutamos para prover o acesso universal ao atendimento de saúde de qualidade”, frisou. 

O diretor do Instituto reforçou que o InsCer não é meramente uma estrutura física, mas construído por pessoas dotadas de razão e afeto, de humanidade. A proposta do Instituto é ter uma abordagem translacional, visando estabelecer a relação da pesquisa pré-clínica, clínica e a sua aplicação, direcionados à assistência ao paciente, fundamentada no conhecimento interdisciplinar. No saber, no fazer. Na pesquisa e inovação, gerando conhecimento e produto. Precisamos vislumbrar um futuro prósperosustentável e de longevidade saudável”, salientou. 

O reitor da PUCRS, Ir. Evilázio Teixeira, recordou o ano de 2018, durante a celebração dos 70 anos da Universidade, oportunidade em que foi anunciado à sociedade um conjunto de projetos e entregas de vulto a serem realizadas nos anos vindouros. Pois aqui estamos para a inauguração das obras de ampliação do InsCerEstaremos desenhando o futuro com projetos concretos e efetivos ancorados no presente, tornando o lugar onde vivemos melhor a partir do cuidado, desde a prevenção, diagnóstico, tratamento e pesquisa de ponta em saúde, tendo a integralidade do ser humano como eixo essencial nesse trabalho”, destacou 

Com esta ampliação do Instituto, o reitor anunciou que Jaderson Costa da Costa se dedicará integralmente à direção do InsCer a partir do ano de 2021“Faço questão de expressar minha admiração e o meu muito obrigado por estar ao meu lado nesse quadriênio tão intenso e ao mesmo tempo gratificante. Conto contigo para, junto à Reitoria, implementarmos plenamente nos próximos quatro anos o Campus da Saúde”, enfatizou.  

Momento do descerramento da placa que celebra as novas instalações do Instituto / Foto: Camila Cunha

Nos pensamentos dos governantes 

Mesmo de forma remota na cerimônia, o Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, comentou que o seu cargo lhe permite se surpreender com momentos muitos felizes, nos quais pode conheceentidades, organizações e pessoas que fazem a diferença“Estamos vivendo em um ano de turbulência, um momento de unirmos forças em torno da solução que envolva a pandemia. Nunca a pesquisa teve uma posição assertiva”, declarou. Mostrando a admiração pelas estruturas, o ministro ainda projetou: “ainda quero conhecer pessoalmente as instalações do InsCer e do Tecnopuc”. 

Representando o Governador do Estado, o secretário de Ciência e Tecnologia, Luis Lamb, destacou que este lançamento foi uma grande realização, fruto de uma gestão visionária, audaz e inovadora“O Instituto representa um grande conjunto de pesquisas, para entender o cérebro humanoSão pesquisadores que trabalham em benefício da sociedade. Cada vez mais, o foco nos nossos investimentos e prioridades tem de ser no entendimento da mente humana”, frisou. 

A Prefeitura de Porto Alegre foi representada pelo secretário Municipal de Saúde, Pablo Stürmer, que ressaltou que pandemia foi desafiadora para a gestão públicamas lhe conforta e dá forças contar com serviços de excelência como os do InsCer. “É um orgulho termos na nossa capital uma estrutura como essa. É preciso darmos atenção especial aos mais vulneráveis e esse conhecimento temos aqui no Instituto”, complementou. 

Novo auditório foi o local da cerimônia / Foto: Camila Cunha

A celebração e a bênção

Segundo o presidente da Rede MaristaIr. Inacio Etges, mesmo em um momento sensível que todos estão vivendo, a inauguração é um momento de festa. “É impressionante como coincide com as escritas e falas do Papa Francisco que diz que é preciso conversar, ter a consciência forte e cultura do cuidado. Creio que é isso, de fato, que o InsCer tem como proposta. É uma iniciativa diferenciada, que integra o Campus da Saúde da PUCRS, ampliando estudos de neurociência e produção de rádiofarmacos, enfatizou. 

No encerramento da cerimônia, a bênção para este novo momento do InsCer foi conduzida pelo chanceler da PUCRS e arcebispo metropolitano, Dom Jaime Spengler. “É indiscutível dignidade do trabalho em favor da vida e saúde humana desenvolvidas pelo InstitutoA determinação e a integridade que nele atuam, recordam a necessidade termos sempre presente a essência e a destinação do ser humano”, disse  

O arcebispo acredita que, em tempos complexos desafiadorescomo o da pandemiaé preciso ter sensibilidade humana, reciprocidade, sabedoria e discernimento. “Que Deus nos ajude e abençoe que mantenhamos sempre entre nós isso que, durante a pandemia, fomos convidados a desenvolver, a obra do cuidado. O cuidado conosco, uns para os outros e nos deixamos sermos cuidados pelos outros”, finalizou. 

Confira a galeria de fotos: