Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

5 dicas: saiba como começar a se organizar financeiramente

Equipe do Sistema Universal de Finanças da PUCRS orienta sobre como cuidar melhor do dinheiro

23/04/2020 - 17h26
Calculadora, Caneta, Papel, Tabela, Finanças

Foto: Pixabay

Dinheiro na mão não precisa ser vendaval. Ao contrário do dito popular, consagrado pela canção de Paulinho da Viola, o dinheiro pode ser bem administrado e, inclusive, gerar bons rendimentos a longo prazo. Para isso, a organização financeira é essencial. 

E para quem deseja cuidar melhor do próprio dinheiro, a equipe do Sistema Universal de Finanças (SUF), que faz parte do Estúdio de Finanças da Escola de Negócios da PUCRS, traz 5 dicas. Confira:

1. Estabeleça objetivos: ter objetivos claros permite que você possa avaliar as estratégias disponíveis para alcançá-los e optar por aquela que melhor se adequa para você (não existe “o melhor investimento”, existe aquele que melhor se encaixa no seu objetivo)Seja o mais específico possível ao estabelecer seus objetivos, estipulando o valor que você pretende acumular, qual o prazo para atingi-lo e para qual finalidade ele será utilizado. Alcançar objetivos financeiros exige disciplina e, boa parte das vezes, longo prazo. Por isso, dividir grandes metas em partes menores também é uma estratégia para que você mantenha o “fôlego” e não desanime.

2. Organize seu orçamento e mantenha uma reserva de emergência: um dos conceitos mais populares no mundo das finanças é de que você não deve investir o que sobra depois de gastar, mas sim gastar o que sobra depois de investir. Cumprir isso não é uma tarefa fácil e necessita de um bom planejamento. Uma boa maneira de organizar seu orçamento é dividir seus gastos entre aqueles que são essenciais e os não essenciais. Dessa forma, se torna mais fácil visualizar para onde seu dinheiro está sendo destinado e cortar gastos (iniciando pelos não essenciais). Para começar a organizar seu orçamento você pode utilizar planilhas. A Bovespa disponibiliza gratuitamente um modelo, disponível aqui.

Ter o seu orçamento em dia também é fundamental para que você possa conhecer de fato seu custo mensal (o valor necessário para que você consiga manter seu padrão de vida). Sabemos que imprevistos acontecem e que estar preparado para eles é importante. Ao começar a investir, o primeiro passo é formar uma reserva de emergência. Ela consiste em acumular de seis a 12 meses do seu custo mensal em um investimento de baixo risco e alta liquidez (que lhe permite resgatar a qualquer momento). Assim, você poderá passar pelos imprevistos com mais tranquilidade.

Estúdio de Finanças, Tablet, Negócios

Foto: Bruno Todeschini

3. Conheça seu perfil de investidor: autoconhecimento também é uma ferramenta utilizada nas finanças. Conhecer seu perfil de investidor é a base para que você possa direcionar melhor o seu dinheiro. Além de estarem alinhados com seus objetivos, os investimentos também devem estar de acordo com seu perfil. Os principais perfis de investidores são: conservador, moderado e arrojado/agressivo. Perfis conservadores, por exemplo, tendem a ter mais sensibilidade ao risco, não se sentindo tão confortáveis com aplicações que possuem maior volatilidade, como as de renda variável. Os testes de perfil são realizados quando você abre conta em uma corretora de investimentos ou quando inicia aplicações no seu banco.

4. Diversifique seus investimentos: outro conceito famoso no mundo dos investimentos é o conselho “nunca coloque todos os ovos em uma mesma cesta”. Diversificar suas aplicações permite diminuir o risco de “quebrar todos os ovos de uma só vez”. Existem múltiplos níveis de diversificação, sendo o mais básico entre renda fixa e variável. Dentro desses grandes níveis, também é essencial diversificar entre os ativos.

5. Busque conhecimento e mantenha-se atualizado: ter conhecimento é essencial para que você possa tomar boas decisões. O PUCRS Online disponibiliza gratuitamente o curso Como alcançar objetivos profissionais e metas financeiras. Saiba mais sobre o curso neste link. Outra forma de se manter atualizado é acompanhar a série de vídeos produzidos pelo Estúdio de Finanças sobre economia e relações de consumo. Para assistir basta acessar a página.

Sobre o SUF 

O Sistema Universal de Finanças é formado por profissionais da PUCRS, com sede na Escola de Negócios da Universidade. O SUF tem como objetivo prover uma melhor vida financeira para a população. Visando atender o público não apenas para resolver um problema, mas para receber um tratamento íntegro em finanças, o SUF também disponibiliza um serviço de orientação financeira gratuita. No atendimento são abordados temas tópicos como endividamento, planejamento de aposentadoria, organização financeira e investimentos.

Entre 2018 e 2019foram realizados mais de 100 atendimentos gratuitos para toda a comunidade, fornecendo orientações para mais de 220 usuários cadastrados.