5 dicas: cuide dos seus olhos e evite o cansaço visual

Com a pandemia e o aumento da exposição às telas, sintomas se tornaram mais frequentes na população

01/10/2020 - 17h44
visão,olhos,cansaço visual,fadiga visual,vista cansada,exposição a telas,oftalmologista,medicina,escola de medicina,dicas, 5 dicas

Aumento da exposição às telas causou um impacto na visão da população / Foto: Jan Krnc/Pexels

Uma das consequências da pandemia da Covid-19 foi a necessidade do distanciamento social, o que fez com que muitas pessoas começassem a ficar mais tempo em suas casas. Como resultado dessa alteração na rotina, a comunicação com colegas de trabalho e até mesmo amigos e familiares passou a acontecer ainda mais por videochamadas, através das telas de celulares, tablets e computadores. 

De uma forma geral, pode-se dizer que a exposição a essas telas, bem como à televisão, aumentou nos últimos meses. Isso causou um impacto na visão da população, que tem apresentado sintomas de fadiga visual – ou da popular “vista cansada” – de forma mais frequente e intensa. 

Segundo o professor Luis Ricardo Tarragô, da Escola de Medicinao nome técnico dado ao cansaço visual é astenopia, que significa falta de força nos olhos. A única forma de diagnosticá-lo é fazendo um exame oftalmológico completo. 

Confira algumas dicas do professor Tarragô para evitar a fadiga visual: 

1. Preste atenção na ergonomia da visão: mantenha uma postura correta em frente ao computador, com uma distância de aproximadamente 80 centímetros da tela, que também deve estar com a altura alinhada ao nível dos olhos;

2. Faça intervalos: evite longos períodos de exposição às telas. A cada uma hora, faça um intervalo de cinco minutos. Importante lembrar que não adianta tirar os olhos do computador para ver o celular. Esse período deve ser utilizado para os olhos descansarem de todos os tipos de telas;

3. Utilize uma iluminação correta: o ideal é que o ambiente conte com uma luz difusa de teto e luz auxiliar de bancada;

4. Atenção aos óculos: se você precisa de correção óptica, sempre utilize lentes de contato ou óculos atualizados – neste último caso, observe também se a armação está bem centralizada;

5. Não se automedique: em caso de desconforto ou suspeita de cansaço visual, procure um médico. Só utilize colírios indicados pelo oftalmologista.