Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Novo livro de Assis Brasil engloba 34 anos de oficina de Escrita Criativa

Lançamento reuniu escritores, alunos, leitores, professores no Instituto de Cultura da PUCRS

26/03/2019 - 17h17
Lançamento do livro Escrever Ficção, Luiz Antonio de Assis Brasil, Instituto de Cultura

Foto: Bruno Todeschini

Em uma noite memorável e marcante para a história da Escrita Criativa no Brasil, escritores, alunos, professores, leitores lotaram o Instituto de Cultura da PUCRS para o lançamento do livro Escrever ficção: Um manual de criação literária, de Luiz Antonio de Assis Brasil. Antes da sessão de autógrafos, o autor e professor da Escola de Humanidades participou de um descontraído bate-papo com o diretor do Instituto de Cultura, Ricardo Barberena, o coordenador do curso de Letras Português, Paulo Ricardo Kralik Angelini, e o professor e doutorando Luis Roberto Amabile. O lançamento, realizado em 25 de março no 7° andar da Biblioteca Central da PUCRS, contou com a presença do reitor Ir. Evilázio Teixeira e do pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários Ir. Marcelo Bonhemberger.

Idealizador da mais tradicional oficina de escrita Criativa do País, Assis Brasil contou que há 35 anos propôs o curso ao então pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Ir. Elvo Clemente, de quem recebeu total apoio, e reconhece o importante papel da PUCRS nesta caminhada. “Houve uma pessoa que acreditou e depois disso, todas as administrações da PUCRS, da minha Universidade, me apoiaram. Se esse trabalho existe, eu devo à PUCRS por sempre me apoiar e oferecer toda a estrutura necessária. Esse livro, de certo modo, é uma prestação de contas que faço de todo esse apoio que sempre tive nesses 34 anos”, reconheceu.

Destino de escritores

Lançamento do livro Escrever Ficção, Luiz Antonio de Assis Brasil, Instituto de Cultura

Foto: Bruno Todeschini

Falar de Escrita Criativa no Brasil, segundo Angelini, é falar de Assis Brasil. “São 34 anos de uma atividade ininterrupta, um tempo maior que a idade da grande maioria dos nossos alunos, ou seja, a oficina nasceu antes da maioria dessa geração ter nascido e ter vontade de estudar escrita criativa”, afirma. O livro vem preencher uma lacuna dos estudos da área em âmbito nacional. Angelini destacou que a oficina, o mestrado e o doutorado, criados mais tarde, fazem de Porto Alegre destino de muitos gaúchos, muitos brasileiros e até estrangeiros. “A possibilidade de estudar Escrita Criativa em uma Universidade de ponta como a PUCRS passa inegavelmente pelo trabalho que Assis vem desenvolvendo há décadas.”

Um exemplo é Amabile que, nascido em Assis, deixou o cargo de jornalista no Estadão em São Paulo e mudou-se para Porto Alegre para cursar a oficina. “Causou uma revolução na minha vida. Agradeço à PUCRS por apoiar a Escrita Criativa no Brasil. O livro é um dos raríssimos casos de uma obra que nasceu clássica”, garante. Outro caso é o também jornalista Fred Linardi, que saiu de São Paulo em 2017 para ingressar no mestrado em Escrita Criativa. No ano seguinte, foi aluno de Assis Brasil na oficia. “Pude entender de forma contínua o processo lúcido da escrita com aula exemplar do método.  Além das ferramentas de escrita ele traz uma lente muito ampliada da leitura. A gente sai da oficina aprendendo a ler melhor, o que influencia bastante na escrita.”  No primeiro concurso em que inscreveu um conto, no Josué Guimarães em Passo Fundo, ficou em 2º lugar e no concurso Paulo Leminski ganhou menção honrosa.

Ensinamentos do escritor e professor

Lançamento do livro Escrever Ficção, Luiz Antonio de Assis Brasil, Instituto de Cultura

Foto: Bruno Todeschini

Entender que tudo decorre da existência do personagem, conflito, tempo, espaço e a ideia de focalizador são alguns dos temas abordados por Assis Brasil no novo livro. “Temos ensinamentos, histórias saborosas do mundo literário, exemplos de textos de autores de língua portuguesa – o que é um diferencial enorme das outras obras -, angústias, medos e sonhos de seus alunos, a palavra do professor que tranquiliza, que desafia e que transforma. É o trabalho de uma vida dedicada à literatura e ao ensino dela. O livro reúne o professor e o escritor, ler este livro é também ver e ouvir o Assis em sala de aula”, destaca Angelini.

Alexandra Lopes da Cunha é doutorando em Escrita Criativa na PUCRS e tem Assis Brasil como seu orientador. Em breve embarca para um período na Universidade de Coimbra, onde pretende concluir sua tese, que será um romance que explora o conceito de língua comum entre Brasil e Portugal. “Todas as observações dele foram muito precisas, me ajudou muito em uma série de aspectos na construção da narrativa e nas questões especificas da construção do personagem. É muito bom trabalhar com ele”, reconhece.

Ficha Técnica
Título original: SOBRE ESCRITA DE FICÇÃO
Capa: Elisa von Randow
Páginas: 400
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Peso: 0.610 kg
Acabamento: Brochura com Orelha
ISBN: 9788535932072
Selo: Companhia das Letras

Veja galeria de fotos: