Disciplinas

Grade de Horários 2024/1


 

ANÁLISE CRÍTICA DE RESULTADOS CIENTÍFICOS NA ÁREA BIOMÉDICA
COD Carga Horária Descrição
196J2-02 30 Estudo das bases interpretativas e da aplicação da pesquisa científica em modelos moleculares, celulares, animais e humanos, sob a óptica translacional e clínica. Faz-se uso da reflexão cética e crítico-científica para aproximar a produção de conhecimento puro e aplicado com foco na saúde única (animal-humano-ambiental). Para tanto, os seguintes pontos serão abordados: conceitos de pesquisa pura e aplicada, pesquisa translacional; interface entre as pesquisas puras e aplicadas; e delineamentos e métodos analíticos clássicos da pesquisa científica na área biomédica e da saúde.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
ANÁLISE QUANTITATIVA EM MICROSCOPIA
COD Carga Horária Descrição
73195-02 30 Capacitar o pós-graduando a compreender e aplicar as técnicas de preparação de amostras e análise quantitativa em microscopia para as diferentes áreas das ciências biológicas e biomédicas.
Professor Tempo de Casa Lattes
LEDER LEAL XAVIER 25 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Astrobiologia
COD Carga Horária Descrição
19504-04 60 Teoria do Big Bang; origem do sistema solar; origem da vida; cenários moleculares para a origem da vida; experimento de Miller; peptídeos prebióticos; simulação computacional de peptídeos prebióticos; Mundo de RNA; zona habitáveis no sistema solar; ambientes extremos; Marte e vida; sondas espaciais; corpos gelados no sistema solar e além; detecção de exoplanetas; natureza dos exoplanetas; inteligência extraterrestre, busca por inteligência extraterrestre; projeto SETI; equação de Drake; equação de Seager; apresentação da singularidade tecnológica e sua relação com a inteligência extraterrestre; projetos de pesquisa em Astrobiologia.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
BASES BIOLOGICAS DO FUNCIONAMENTO DO SISTEMA NERVOSO
COD Carga Horária Descrição
73140-03 45 Esta disciplina tem por objetivo analisar os diferentes níveis de organização do sistema nervoso, integrando aspectos celulares e moleculares com as funções sensoriais, motoras e superiores.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
BASES METABOLICAS DO CRESCIMENTO VEGETAL
COD Carga Horária Descrição
73191-03 45 Regulação metabólica dos processos relacionados ao crescimento vegetal, como metabolismo de carboidratos e do nitrogênio. Aspectos metabólicos e moleculares da ação de hormônios vegetais. Sinalização hormonal no crescimento vegetal. Fisiologia molecular da obtenção, transporte e utilização de nutrientes minerais. Metabolismo de promoção de crescimento por interações bióticas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade MESTRADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Ecologia e Conservação A linha de pesquisa congrega projetos com foco nas relações ecológicas entre organismos, bem como sua relação com seu ambiente, incluindo estudos de autoecologia, ecofisiologia, comportamento, dinâmica populacional e ecologia de comunidades, além de projetos que visam a embasar cientificamente estratégias para a conservação da biodiversidade.
Sistemática e Evolução A linha de pesquisa congrega projetos relacionados à evolução da biodiversidade, incluindo estudos de sistemática filogenética (utilizando dados morfológicos e moleculares, incluindo filogenômica), taxonomia, morfologia comparada, biogeografia, genética evolutiva e genômica comparativa..
Ciência de Dados Aplicada à Biodiversidade A linha de pesquisa congrega projetos com foco no uso de grandes quantidades de informação (‘big data’) e no desenvolvimento de metodologias inovadoras de mineração e análise de dados (p.ex. empregando aprendizado de máquina) a fim de investigar problemas relacionados à caracterização, monitoramento e conservação da biodiversidade.
Ecologia Aplicada, Meio Ambiente e Sustentabilidade A linha de pesquisa congrega projetos que visam a aplicar dados ecológicos, análises de componentes da biodiversidade e/ou estudos interdisciplinares para resolver problemas com impacto socioambiental e/ou econômico mais direto. Isto inclui estudos nas áreas de ecotoxicologia e microbiologia ambiental com foco na caracterização, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, bem como no desenvolvimento de métodos agrícolas mais sustentáveis a partir do uso de componentes da biodiversidade nativa do Brasil. Inclui também projetos que visam a desenvolver produtos inovadores a partir de fontes de biodiversidade e/ou que buscam integrar análises da biodiversidade em modelos de desenvolvimento econômico regional com foco em sustentabilidade ambiental.
BIOESTATÍSTICA ODONTOLÓGICA
COD Carga Horária Descrição
83293-02 30 A disciplina tem como proposta fornecer uma introdução aos aspectos essenciais da estatística e suas aplicações na pesquisa odontológica. Propiciar o conhecimento dos elementos da inferência estatística e auxiliar na identificação e escolha dos principais procedimentos estatísticos básicos que ocorrem na prática. Apresentar os fundamentos para o cálculo do tamanho da amostra nas diferentes situações da pesquisa odontológica.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Biologia Oral MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Oral DOUTORADO Não Obrigatória
Biologia e Reabilitação Orofacial MESTRADO Não Obrigatória
Biologia e Reabilitação Orofacial DOUTORADO Não Obrigatória
CTBMF MESTRADO Não Obrigatória
CTBMF DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Odontológica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Odontológica DOUTORADO Não Obrigatória
Cognição Humana MESTRADO Não Obrigatória
Cognição Humana DOUTORADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora MESTRADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora DOUTORADO Não Obrigatória
Endodontia MESTRADO Não Obrigatória
Endodontia DOUTORADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica MESTRADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica DOUTORADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção MESTRADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial MESTRADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial DOUTORADO Não Obrigatória
Pediatria MESTRADO Não Obrigatória
Pediatria DOUTORADO Não Obrigatória
Prótese Dentária MESTRADO Não Obrigatória
Prótese Dentária DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Social MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Social DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Biomecânica, Dor e Disfunção orofacial Os objetivos desta linha de pesquisa envolvem a avaliação da patofisiologia da dor orofacial, da disfunção temporomandibular, do bruxismo e dos hábitos parafuncionais, com foco na caracterização biomecânica do sistema estomatognático e seus reflexos sobre o organismo, buscando identificar novas estratégias diagnósticas e terapêuticas para esses quadros.
Biomateriais e Engenharia Tecidual Essa linha de pesquisa visa o desenvolvimento e avaliação da efetividade e toxicidade de novos materiais odontológicos, bem como, de estratégias inovadoras de engenharia tecidual, com foco na regeneração tecidual e na redução de complicações orais infecciosas.
Microbiologia e Imunologia Oral Essa linha de pesquisa tem como objetivo o desenvolvimento de pesquisas com foco específico na microbiologia e imunologia oral, com fins diagnósticos e terapêuticos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Etiopatogênese e Tratamento das Doenças Endodônticas e Periodontais Esta linha de pesquisa tem como objetivo estudar os mecanismos implicados nas alterações periapicais e periodontais, com vistas a definir a sua relação com doenças sistêmicas, bem como, buscar novas estratégias de tratamento para essas condições.
Etiopatogênese e Terapêutica em Estomatologia Os objetivos desta linha de pesquisa envolvem a avaliação da patofisiologia das doenças que afetam a mucosa oral e as glândulas salivares, incluindo o câncer de boca, com foco nos aspectos clínicos, imunológicos e anatomopatológicos dessas condições, a fim de identificar novas formas de prevenção e tratamento de tais afecções.
Saúde Bucal na Infância Esta linha de pesquisa tem como objetivo avaliar novas abordagens de prevenção, diagnóstico e tratamento de afecções da cavidade oral, com foco no manejo dos pacientes pediátricos.
Odontologia Restauradora e Reabilitadora Esta linha de pesquisa está focada no desenvolvimento de novas tecnologias e abordagens voltadas para a reabilitação oral estética e funcional, utilizando metodologias laboratoriais e clínicas de avaliação. Inclui também novas abordagens para a correção ortodôntica, ortopédica e cirúrgica das deformidades orofaciais, buscando melhorar o diagnóstico e o manejo dos pacientes portadores dessas condições.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Aspectos biológicos no envelhecimento Estudo das características biológicas básicas que participam do processo de envelhecimento nos níveis molecular, celular, bioquímico, genético e evolutivo, bem como a sua interação com os fatores ambientais em modelos animais e em seres humanos.
Aspectos clínicos e emocionais no envelhecimento Estudo do envelhecimento normal e patológico, enfocando as principais doenças e disfunções que acometem os idosos, o impacto das mesmas na qualidade de vida, autonomia e independência dos idosos, os aspectos preventivos, clínicos, terapêuticos e sociais das síndromes geriátricas.
Aspectos socioculturais, demográficos e bioéticos no envelhecimento Estudo sobre a influência social, cultural e demográfica no envelhecimento, os mitos em relação à velhice, a percepção do envelhecimento em diferentes culturas e sociedades, a feminilização da velhice, a aposentadoria, a institucionalização, as políticas sociais voltadas aos idosos, a perspectiva do envelhecimento ativo, bem como o estudo das inter-relações existentes entre a Ética, a Moral e o Direito (privacidade e confidencialidade, finitude, alocação de recursos escassos, respeito à pessoa e tomada de decisão, abuso de idosos e pesquisa com idosos).
Envelhecimento e Saúde Pública Visa estudar epidemiologicamente a saúde dos idosos, incluindo os longevos, para conhecer suas condições de vida, saúde e atenção à saúde recebida e percebida por esta faixa populacional. Busca-se a avaliação dos serviços de atenção básica e secundária de saúde, criar instrumentos de monitoramento do acesso, das rotinas de atendimento e da atenção prestada aos idosos e longevos nos serviços de saúde pública. Inclui ainda investigação da história natural das doenças e condições relacionadas à saúde, prevenção e vigilância em saúde, considerando variáveis sócio-demográficas, indicadores de saúde, estilo de vida, capacidade funcional, competências psicossociais e qualidade de vida.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Neurociências Células tronco e doenças neurodegenerativas Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Epilepsia Clínica e Experimental: impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Neuroinflamação e neuroimunologia Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Sono na infância e adolescência.
Respirologia Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Estresse e desenvolvimento Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Biomarcadores em Doenças respiratórias
Infectologia Avaliação do impacto das imunizações em saúde pública Epidemiologia das infecções virais respiratórias Epidemiologia da tuberculose em pediatria Avaliação das estratégias de diagnóstico e tratamento da tuberculose em pediatria
Epidemiologia Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Ciências de Dados em Saúde
Nutrição Aleitamento materno Comportamento alimentar infantil Saúde mental da criança e do adolescente Dificuldades alimentares Educação alimentar e nutricional Nutrição nas enfermidades da criança e do adolescente
Imunologia Resposta imune frente a infecções respiratórias Resposta imune a vacinas Resposta imune a tumores pediátricos
Avaliação e intervenções psicológicas em saúde mental Esta linha de pesquisa concentra estudos relacionados a desfechos em saúde mental a partir de diferentes teorias e métodos em Psicologia Clínica. Tem como objetivo a compreensão de processos psicológicos e construção e adaptação de instrumentos e intervenções com enfoque psicoterapêutico e psicoeducativo.
Processos Psicossociais: Práticas e contextos Esta linha de pesquisa concentra os estudos sobre fenômenos psicossociais e processos de vulnerabilização em diferentes contextos, tais como educação, saúde pública, trabalho, política e justiça. Objetiva desenvolver estratégias para a avaliação e intervenção com indivíduos, grupos e organizações a partir de abordagens teórico-metodológicas que articulam diferentes perspectivas da Psicologia Social e outros campos de conhecimento.
Cognição, Cérebro e Comportamento Esta linha de pesquisa concentra os estudos básicos e aplicados da cognição e suas implicações comportamentais e neurobiológicas. Busca-se investigar processos neurocognitivos e psicobiologicos e a relação destes com comportamento, desenvolvimento, aprendizagem e saúde mental. As abordagens de investigação envolvem modelos teóricos, experimentais e instrumentos da neuropsicologia, da neurobiologia e da neurociência.
Bem-estar, saúde e qualidade de vida Esta linha de pesquisa concentra os estudos que utilizam uma abordagem interdisciplinar sobre a relação entre a saúde mental e o estilo de vida, entendido como o conjunto de comportamentos relacionados à alimentação, atividade física, sono, espiritualidade, bem-estar financeiro, bem-estar ocupacional e relações sociais. A linha visa a construção de conhecimento básico e aplicado para avaliação e intervenção na prevenção e promoção da qualidade de vida e seus diferentes domínios.
BIOINFORMÁTICA APLICADA
COD Carga Horária Descrição
73163-03 45 Apresentação da Bioinformática como ciência interdisciplinar; apresentação de conceitos sobre singularidade tecnológica; noções de algoritmos; introdução aos conceitos de programação; instalação do Python; uso de ambiente integrado de desenvolvimento; implementação de equações em Python; estratégias de programação; conceitos de Biologia molecular relevantes para Bioinformática; manipulação de strings; desenvolvimento de programas para manipulação de strings; leitura e escrita de arquivos em Python; controle de fluxo; procura por motivos sequenciais; bases de dados biológicos; GenBank; Protein Data Bank; BioPython; programação orientada a objeto; expressões regulares; discussão de projetos de pesquisa em Bioinformática.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
BIOLOGIA CELULAR: AVANÇOS E APLICAÇÕES
COD Carga Horária Descrição
196J3-02 30 Esta disciplina tem como objetivo capacitar o pós-graduando em relação aos avanços do conhecimento em biologia de células eucarióticas, incluindo fontes de informação e a capacidade crítica para avaliar potenciais aplicações.
Professor Tempo de Casa Lattes
CARLOS ALEXANDRE SANCHEZ FERREIRA 22 anos e 6 meses Link
ELIANE ROMANATO SANTAREM 21 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
BIOLOGIA DE TUMORES
COD Carga Horária Descrição
73157-02 30 Instruir e atualizar o pós-graduando quanto a aspectos relevantes da biologia de tumores, do desenvolvimento as terapias.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
BIOQUÍMICA DE PROCESSOS FISIOLÓGICOS E PATOLÓGICOS
COD Carga Horária Descrição
73164-02 30 Estudo das estruturas e funcionalidade dos principais compostos biológicos no contexto de processos fisiológicos e patológicos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Bases Farmacológicas e Toxicológicas da Terapia
COD Carga Horária Descrição
19505-02 30 A disciplina visa ampliar os conhecimentos na área de farmacologia e toxicologia, com particular ênfase em aspectos bioquímicos e moleculares que influenciam a ação dos fármacos. Para tanto, serão abordados aspectos de farmacologia geral, como farmacocinética e farmacodinâmica. Esses aspectos serão estudados tanto no nível de ciência básica como aplicada à clínica, buscando integrar estas duas áreas do conhecimento farmacológico. Será abordada a relação dose/resposta e as fases da intoxicação: exposição, toxicocinética, toxicodinâmica e clínica.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Biofísica Molecular Computacional
COD Carga Horária Descrição
7311C-04 60 Introdução à biofísica molecular computacional. Modelos moleculares. Métodos de simulação computacional. Bases teóricas do método da dinâmica molecular. Formas de funções potenciais. Potenciais geométricos harmônicos e torcional. Potencial de van de Waals. Potencial eletrostático. Métodos de otimização de geometrias moleculares. Simulações com solventes implícitos e explícitos por dinâmica molecular. Geração de trajetórias dinâmicas. Dinâmica de polipeptídios e proteínas. Análises de mudanças conformacionais local e global em polipeptídios e proteínas. Ciência de dados aplicada a simulações computacionais. Aplicações de biofísica molecular computacional. Enovelamento de miniproteínas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Biologia Celular Vegetal: Estratégias Adaptativas
COD Carga Horária Descrição
73161-03 45 Caracterização das células vegetais. Correlação entre os mecanismos celulares/moleculares com estratégicas do vegetal a diferentes agentes bióticos de estresse. Estratégias biotecnológicas para minimizar os estresses bióticos. Conteúdo desenvolvido de forma teórica.
Professor Tempo de Casa Lattes
LEANDRO VIEIRA ASTARITA 23 anos e 6 meses Link
ELIANE ROMANATO SANTAREM 21 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade MESTRADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Ecologia e Conservação A linha de pesquisa congrega projetos com foco nas relações ecológicas entre organismos, bem como sua relação com seu ambiente, incluindo estudos de autoecologia, ecofisiologia, comportamento, dinâmica populacional e ecologia de comunidades, além de projetos que visam a embasar cientificamente estratégias para a conservação da biodiversidade.
Sistemática e Evolução A linha de pesquisa congrega projetos relacionados à evolução da biodiversidade, incluindo estudos de sistemática filogenética (utilizando dados morfológicos e moleculares, incluindo filogenômica), taxonomia, morfologia comparada, biogeografia, genética evolutiva e genômica comparativa..
Ciência de Dados Aplicada à Biodiversidade A linha de pesquisa congrega projetos com foco no uso de grandes quantidades de informação (‘big data’) e no desenvolvimento de metodologias inovadoras de mineração e análise de dados (p.ex. empregando aprendizado de máquina) a fim de investigar problemas relacionados à caracterização, monitoramento e conservação da biodiversidade.
Ecologia Aplicada, Meio Ambiente e Sustentabilidade A linha de pesquisa congrega projetos que visam a aplicar dados ecológicos, análises de componentes da biodiversidade e/ou estudos interdisciplinares para resolver problemas com impacto socioambiental e/ou econômico mais direto. Isto inclui estudos nas áreas de ecotoxicologia e microbiologia ambiental com foco na caracterização, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, bem como no desenvolvimento de métodos agrícolas mais sustentáveis a partir do uso de componentes da biodiversidade nativa do Brasil. Inclui também projetos que visam a desenvolver produtos inovadores a partir de fontes de biodiversidade e/ou que buscam integrar análises da biodiversidade em modelos de desenvolvimento econômico regional com foco em sustentabilidade ambiental.
Biologia Molecular: Avanços e Aplicações
COD Carga Horária Descrição
196MZ-02 30 Capacitar o pós-graduando a compreender e aplicar os conteúdos fundamentais e avançados inerentes à biologia molecular, aos mecanismos genéticos básicos (DNA, Genes, RNA e Proteína) e à biotecnologia.
Professor Tempo de Casa Lattes
MAURICIO REIS BOGO 24 anos e 11 meses Link
LUIZ AUGUSTO BASSO 18 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Citometria de Fluxo
COD Carga Horária Descrição
19513-02 30 Conceitos teóricos básicos e avançados de citometria de fluxo. Compreensão do funcionamento de equipamentos, aplicações usuais como imunofenotipagem, ciclo celular, morte celular, detecção de proteínas fosforiladas, quantificação de citocinas, medidas de função mitocondrial e análise de resultados.
Professor Tempo de Casa Lattes
FLORENCIA MARIA BARBE TUANA 5 anos e 10 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
DESCOBERTA E DESENVOLVIMENTO DE DROGAS IN SILICO
COD Carga Horária Descrição
73138-02 30 Objetos moleculares e objetivos do desenho molecular, representação molecular, formatos usados para representação molecular (pequenas moléculas e proteínas), bases de dados moleculares e funcionais, interação proteína ligante, bases moleculares termodinâmicas da interação proteína-ligante, função escore empirica, algoritmos de docking molecular, screening virtual de drogas, regras de Lipinski e Veber para seleção de potenciais drogas, desenvolvimento de drogas anti-HIV, desenvolvimento de drogas anti-câncer, desenvolvimento de drogas anti-bacterianas e discussão de projetos de desenvolvimento de drogas baseado em estrutura.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS: ASPECTOS CELULARES E MOLECULARES
COD Carga Horária Descrição
73129-02 30 Esta disciplina tem por função proporcionar um entendimento das bases celulares e moleculares de patologias relacionadas à morte neuronal, e dos eventos que levam à neurodegeneração, discutindo a vulnerabilidade seletiva de populações neuronais. Além disso, abordar modelos animais e possíveis alvos de intervenção terapêutica.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Desenvolvimento de Fármacos, Vacinas e Métodos Diagnósticos para o Combate À Covid - 19
COD Carga Horária Descrição
1968N-04 60 Estudo e discussão de tópicos relacionados a estratégias de tratamento da COVID-19. Prospecção de compostos com atividade anti-SARS-CoV-2, reposicionamento de compostos antivirais e imunomoduladores para o tratamento da COVID-19. Desenvolvimento de novas vacinas para a prevenção do contágio com o vírus SARS-CoV-2 e outros coronavírus. Comparação dos métodos diagnósticos disponíveis e desenvolvimento de novos métodos diagnósticos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Dinâmicas e Politicas da Pesquisa Cientifica
COD Carga Horária Descrição
7311B-02 30 A presente disciplina tem como objetivo estimular discussões sobre as políticas de pesquisa no Brasil, incluindo os mecanismos de avaliação da CAPES e de cientometria. Também se propõe a discutir as formas de obtenção de fomentos para a ciência, com vistas a abordar diferentes modalidades dos Editais. Ademais, uma das propostas da disciplina é discutir a carreira científica no Brasil e no exterior e as possibilidades de inserção no mercado. Serão ainda contempladas discussões sobre as distinções entre áreas de concentração, bem como diferenças regionais, entre outros temas controversos em ciência. Será abordado o processo de revisão por pares, tanto de projetos, quanto de trabalhos científicos submetidos a revistas indexadas. Parte das aulas será voltada para a discussão de aspectos éticos em pesquisa, incluindo temas como plagiarismo, coautoria, publicação de resultados negativos, entre outros. Será realizada atividade de treinamento nos quesitos de avaliação de trabalhos de conclusão, incluindo dissertações e teses.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
CTBMF MESTRADO Não Obrigatória
CTBMF DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Cognição Humana MESTRADO Não Obrigatória
Cognição Humana DOUTORADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora MESTRADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora DOUTORADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade MESTRADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade DOUTORADO Não Obrigatória
Endodontia MESTRADO Não Obrigatória
Endodontia DOUTORADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica MESTRADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica DOUTORADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção MESTRADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial MESTRADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial DOUTORADO Não Obrigatória
Pediatria MESTRADO Não Obrigatória
Pediatria DOUTORADO Não Obrigatória
Prótese Dentária MESTRADO Não Obrigatória
Prótese Dentária DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Social MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Social DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Ecologia e Conservação A linha de pesquisa congrega projetos com foco nas relações ecológicas entre organismos, bem como sua relação com seu ambiente, incluindo estudos de autoecologia, ecofisiologia, comportamento, dinâmica populacional e ecologia de comunidades, além de projetos que visam a embasar cientificamente estratégias para a conservação da biodiversidade.
Sistemática e Evolução A linha de pesquisa congrega projetos relacionados à evolução da biodiversidade, incluindo estudos de sistemática filogenética (utilizando dados morfológicos e moleculares, incluindo filogenômica), taxonomia, morfologia comparada, biogeografia, genética evolutiva e genômica comparativa..
Ciência de Dados Aplicada à Biodiversidade A linha de pesquisa congrega projetos com foco no uso de grandes quantidades de informação (‘big data’) e no desenvolvimento de metodologias inovadoras de mineração e análise de dados (p.ex. empregando aprendizado de máquina) a fim de investigar problemas relacionados à caracterização, monitoramento e conservação da biodiversidade.
Ecologia Aplicada, Meio Ambiente e Sustentabilidade A linha de pesquisa congrega projetos que visam a aplicar dados ecológicos, análises de componentes da biodiversidade e/ou estudos interdisciplinares para resolver problemas com impacto socioambiental e/ou econômico mais direto. Isto inclui estudos nas áreas de ecotoxicologia e microbiologia ambiental com foco na caracterização, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, bem como no desenvolvimento de métodos agrícolas mais sustentáveis a partir do uso de componentes da biodiversidade nativa do Brasil. Inclui também projetos que visam a desenvolver produtos inovadores a partir de fontes de biodiversidade e/ou que buscam integrar análises da biodiversidade em modelos de desenvolvimento econômico regional com foco em sustentabilidade ambiental.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Aspectos biológicos no envelhecimento Estudo das características biológicas básicas que participam do processo de envelhecimento nos níveis molecular, celular, bioquímico, genético e evolutivo, bem como a sua interação com os fatores ambientais em modelos animais e em seres humanos.
Aspectos clínicos e emocionais no envelhecimento Estudo do envelhecimento normal e patológico, enfocando as principais doenças e disfunções que acometem os idosos, o impacto das mesmas na qualidade de vida, autonomia e independência dos idosos, os aspectos preventivos, clínicos, terapêuticos e sociais das síndromes geriátricas.
Aspectos socioculturais, demográficos e bioéticos no envelhecimento Estudo sobre a influência social, cultural e demográfica no envelhecimento, os mitos em relação à velhice, a percepção do envelhecimento em diferentes culturas e sociedades, a feminilização da velhice, a aposentadoria, a institucionalização, as políticas sociais voltadas aos idosos, a perspectiva do envelhecimento ativo, bem como o estudo das inter-relações existentes entre a Ética, a Moral e o Direito (privacidade e confidencialidade, finitude, alocação de recursos escassos, respeito à pessoa e tomada de decisão, abuso de idosos e pesquisa com idosos).
Envelhecimento e Saúde Pública Visa estudar epidemiologicamente a saúde dos idosos, incluindo os longevos, para conhecer suas condições de vida, saúde e atenção à saúde recebida e percebida por esta faixa populacional. Busca-se a avaliação dos serviços de atenção básica e secundária de saúde, criar instrumentos de monitoramento do acesso, das rotinas de atendimento e da atenção prestada aos idosos e longevos nos serviços de saúde pública. Inclui ainda investigação da história natural das doenças e condições relacionadas à saúde, prevenção e vigilância em saúde, considerando variáveis sócio-demográficas, indicadores de saúde, estilo de vida, capacidade funcional, competências psicossociais e qualidade de vida.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Neurociências Células tronco e doenças neurodegenerativas Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Epilepsia Clínica e Experimental: impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Neuroinflamação e neuroimunologia Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Sono na infância e adolescência.
Respirologia Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Estresse e desenvolvimento Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Biomarcadores em Doenças respiratórias
Infectologia Avaliação do impacto das imunizações em saúde pública Epidemiologia das infecções virais respiratórias Epidemiologia da tuberculose em pediatria Avaliação das estratégias de diagnóstico e tratamento da tuberculose em pediatria
Epidemiologia Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Ciências de Dados em Saúde
Nutrição Aleitamento materno Comportamento alimentar infantil Saúde mental da criança e do adolescente Dificuldades alimentares Educação alimentar e nutricional Nutrição nas enfermidades da criança e do adolescente
Imunologia Resposta imune frente a infecções respiratórias Resposta imune a vacinas Resposta imune a tumores pediátricos
Avaliação e intervenções psicológicas em saúde mental Esta linha de pesquisa concentra estudos relacionados a desfechos em saúde mental a partir de diferentes teorias e métodos em Psicologia Clínica. Tem como objetivo a compreensão de processos psicológicos e construção e adaptação de instrumentos e intervenções com enfoque psicoterapêutico e psicoeducativo.
Processos Psicossociais: Práticas e contextos Esta linha de pesquisa concentra os estudos sobre fenômenos psicossociais e processos de vulnerabilização em diferentes contextos, tais como educação, saúde pública, trabalho, política e justiça. Objetiva desenvolver estratégias para a avaliação e intervenção com indivíduos, grupos e organizações a partir de abordagens teórico-metodológicas que articulam diferentes perspectivas da Psicologia Social e outros campos de conhecimento.
Cognição, Cérebro e Comportamento Esta linha de pesquisa concentra os estudos básicos e aplicados da cognição e suas implicações comportamentais e neurobiológicas. Busca-se investigar processos neurocognitivos e psicobiologicos e a relação destes com comportamento, desenvolvimento, aprendizagem e saúde mental. As abordagens de investigação envolvem modelos teóricos, experimentais e instrumentos da neuropsicologia, da neurobiologia e da neurociência.
Bem-estar, saúde e qualidade de vida Esta linha de pesquisa concentra os estudos que utilizam uma abordagem interdisciplinar sobre a relação entre a saúde mental e o estilo de vida, entendido como o conjunto de comportamentos relacionados à alimentação, atividade física, sono, espiritualidade, bem-estar financeiro, bem-estar ocupacional e relações sociais. A linha visa a construção de conhecimento básico e aplicado para avaliação e intervenção na prevenção e promoção da qualidade de vida e seus diferentes domínios.
Docking Screens For Drug Discovery
COD Carga Horária Descrição
196B1-02 30 Buscas por Docagem para Descoberta de Fármacos Alvos proteicos, cristalografia de proteínas, como programas de docagem funcionam, SAnDReS: uma ferramenta Computacional para docagem, energia eletrostática em complexos proteína-ligante, potencial de van der Waals em complexos proteína-ligante, ligações de hidrogênio em complexos proteína-ligante, simulação de dinâmica molecular com NAMD2, docagen com AutoDock4, Molegro Virtual Docker para docagem, docagem com GemDock, docagen com SwissDock, simulações de docagem molecular com ArgusLab, modelagem por homologia de alvos proteicos com MODELLER, aprendizado de máquina para prever afinidade de ligação, explorando o espaço de funções escores, projetos em desenho de fármacos com métodos computacionais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Drug Discovery For Sars - Cov - 2
COD Carga Horária Descrição
1968P-02 30 Alvos proteicos em SARS-CoV-2, cristalografia de proteínas, como programas de docagem funcionam, SAnDReS: uma ferramenta Computacional para docagem, energia eletrostática em complexos proteína-ligante, potencial de van der Waalsl em complexos proteína-ligante, ligações de hidrogênio em complexos proteína-ligante, simulação de dinâmica molecular com NAMD2, docagen com AutoDock4, Molegro Virtual Docker para docagem, docagem com GemDock, docagen com SwissDock, simulações de docagem molecular com ArgusLab, modelagem por homologia de alvos proteicos com MODELLER, aprendizado de máquina para prever afinidade de ligação, explorando o espaço de funções escores, projetos em desenho de fármacos com métodos computacionais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
ESPECTOMETRIA DE MASSAS APLICADAS A SISTEMAS BIOLOGICOS
COD Carga Horária Descrição
73152-04 60 Assuntos relacionados a técnica analítica de espectroscopia de massas enfocando aplicações a sistemas biológicos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
ESTUDO DAS INTERAÇÕES PROTEINA-LIGANTE
COD Carga Horária Descrição
13157-02 30 O reconhecimento proteína-ligante. Os tipos de interações. Métodos analíticos para estudos supramoleculares. Métodos quantitativos das energias de ligação.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Fisiopatologia da Proteólise
COD Carga Horária Descrição
1935N-02 30 Processos mediados por proteólise limitada apresentam importantes repercussões fisiopatológicas. O estudo de proteases, dos processos em que elas atuam e como estes são regulados tem um carácter multidisciplinar, envolvendo conhecimentos em bioquímica, biofísica e fisiologia dos sistemas envolvidos. A disciplina abordará conceitos fundamentais sobre enzimas proteolíticas e seus inibidores, e destaque especial será dado a patologias envolvendo proteólise limitada, de acordo com os tópicos a seguir: i. Enzimas proteolíticas: aspectos gerais ii. Inibidores de proteases: classes iii. Coagulação e fibrinólise iv. Sistema complemento v. Prohormônio convertases e oligopeptidases vi. Convertases e peptídeos amiloide vii. Caspases e apoptose viii. Proteassoma e ubiquitinação xi. Proteólise no desenvolvimento embrionário
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Fundamentos e Aplicações da Citometria de Fluxo
COD Carga Horária Descrição
19501-02 30 A disciplina visa proporcionar aos alunos o aprendizado dos conceitos teóricos e práticos básicos de citometria de fluxo; como funcionamento e manutenção, aplicação em técnicas usuais como imunofenotipagem, ciclo celular, morte celular, detecção de proteínas fosforiladas, quantificação de citocinas, entre outras.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
GENÉTICA FORENSE
COD Carga Horária Descrição
73165-04 60 Desenvolvimento de habilidade e competências para a elaboração, interpretação, discussão e condução de pesquisas no genoma humano com a finalidade de identificação molecular individual para a sua aplicação na investigação forense.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Genômica Comparativa
COD Carga Horária Descrição
73196-02 30 Análise comparativa de genomas, com ênfase em genomas nucleares de eucariotos. Mapeamento comparativo de genomas. Estrutura de genomas e suas consequências funcionais. Arquitetura genômica e variação no número de cópias de segmentos genômicos. Evolução da estrutura de genomas em diferentes organismos. Métodos atuais para sequenciamento, montagem e anotação de genomas eucarióticos. Análises evolutivas empregando dados em escala genômica; filogenômica e genômica populacional.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade MESTRADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Ecologia e Conservação A linha de pesquisa congrega projetos com foco nas relações ecológicas entre organismos, bem como sua relação com seu ambiente, incluindo estudos de autoecologia, ecofisiologia, comportamento, dinâmica populacional e ecologia de comunidades, além de projetos que visam a embasar cientificamente estratégias para a conservação da biodiversidade.
Sistemática e Evolução A linha de pesquisa congrega projetos relacionados à evolução da biodiversidade, incluindo estudos de sistemática filogenética (utilizando dados morfológicos e moleculares, incluindo filogenômica), taxonomia, morfologia comparada, biogeografia, genética evolutiva e genômica comparativa..
Ciência de Dados Aplicada à Biodiversidade A linha de pesquisa congrega projetos com foco no uso de grandes quantidades de informação (‘big data’) e no desenvolvimento de metodologias inovadoras de mineração e análise de dados (p.ex. empregando aprendizado de máquina) a fim de investigar problemas relacionados à caracterização, monitoramento e conservação da biodiversidade.
Ecologia Aplicada, Meio Ambiente e Sustentabilidade A linha de pesquisa congrega projetos que visam a aplicar dados ecológicos, análises de componentes da biodiversidade e/ou estudos interdisciplinares para resolver problemas com impacto socioambiental e/ou econômico mais direto. Isto inclui estudos nas áreas de ecotoxicologia e microbiologia ambiental com foco na caracterização, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, bem como no desenvolvimento de métodos agrícolas mais sustentáveis a partir do uso de componentes da biodiversidade nativa do Brasil. Inclui também projetos que visam a desenvolver produtos inovadores a partir de fontes de biodiversidade e/ou que buscam integrar análises da biodiversidade em modelos de desenvolvimento econômico regional com foco em sustentabilidade ambiental.
IMUNOLOGIA
COD Carga Horária Descrição
73123-04 60 Capacitar o pós-graduando a compreender e aplicar conhecimentos sobre imunologia e as diferentes estratégias de vacinação utilizadas até hoje.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL NA CIÊNCIA
COD Carga Horária Descrição
196UB-02 30 Orientações gerais sobre os direitos de propriedade intelectual e sua aplicação prática no empreendedorismo e na inovação tecnológica com abordagem de diferentes campos na pesquisa da biologia celular e molecular. Análise da proteção intelectual como estratégia no planejamento do projeto de pesquisa. Procura de patentes nos bancos de dados, como Scifinder, Web of Science, Google Patent, WIPO, Espacenet
Professor Tempo de Casa Lattes
ANDRE ARIGONY SOUTO 25 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Integrity in Scientific Writing and Presentation
COD Carga Horária Descrição
19518-04 60 Os principais objetivos deste curso são melhorar as habilidades dos alunos associadas à redação de artigos científicos para periódicos de alta qualidade e aquelas necessárias para apresentações orais em reuniões científicas. As aulas serão baseadas na discussão de tópicos relacionados a habilidades de escrita, incluindo estrutura do manuscrito, objetivos e estratégias de escrita. Aspectos éticos das práticas científicas em relação à autoria, conflito de interesses e análise e preparação de dados também são discutidos. Aspectos fundamentais da apresentação oral e como organizar e dar palestras eficazes também serão discutidos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade MESTRADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Ecologia e Conservação A linha de pesquisa congrega projetos com foco nas relações ecológicas entre organismos, bem como sua relação com seu ambiente, incluindo estudos de autoecologia, ecofisiologia, comportamento, dinâmica populacional e ecologia de comunidades, além de projetos que visam a embasar cientificamente estratégias para a conservação da biodiversidade.
Sistemática e Evolução A linha de pesquisa congrega projetos relacionados à evolução da biodiversidade, incluindo estudos de sistemática filogenética (utilizando dados morfológicos e moleculares, incluindo filogenômica), taxonomia, morfologia comparada, biogeografia, genética evolutiva e genômica comparativa..
Ciência de Dados Aplicada à Biodiversidade A linha de pesquisa congrega projetos com foco no uso de grandes quantidades de informação (‘big data’) e no desenvolvimento de metodologias inovadoras de mineração e análise de dados (p.ex. empregando aprendizado de máquina) a fim de investigar problemas relacionados à caracterização, monitoramento e conservação da biodiversidade.
Ecologia Aplicada, Meio Ambiente e Sustentabilidade A linha de pesquisa congrega projetos que visam a aplicar dados ecológicos, análises de componentes da biodiversidade e/ou estudos interdisciplinares para resolver problemas com impacto socioambiental e/ou econômico mais direto. Isto inclui estudos nas áreas de ecotoxicologia e microbiologia ambiental com foco na caracterização, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, bem como no desenvolvimento de métodos agrícolas mais sustentáveis a partir do uso de componentes da biodiversidade nativa do Brasil. Inclui também projetos que visam a desenvolver produtos inovadores a partir de fontes de biodiversidade e/ou que buscam integrar análises da biodiversidade em modelos de desenvolvimento econômico regional com foco em sustentabilidade ambiental.
Metodos e Analises em Sistem. Biologicos
COD Carga Horária Descrição
73121-04 60 Capacitar o pós-graduando a compreender e aplicar as técnicas de laboratório que são utilizadas nas pesquisas biológicas e a seleção, a organização e a análise de dados resultantes de pesquisa científica.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Microbiologia Ambiental
COD Carga Horária Descrição
19503-02 30 Estudo das comunidades microbianas de diferentes ecossistemas, abordando a sua composição, tópicos avançados sobre as interações envolvendo espécies de procariotos, eucariotos e vírus, bem como métodos de estudo e o seu potencial biotecnológico.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade MESTRADO Não Obrigatória
Ecologia e Evolução da Biodiversidade DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Ecologia e Conservação A linha de pesquisa congrega projetos com foco nas relações ecológicas entre organismos, bem como sua relação com seu ambiente, incluindo estudos de autoecologia, ecofisiologia, comportamento, dinâmica populacional e ecologia de comunidades, além de projetos que visam a embasar cientificamente estratégias para a conservação da biodiversidade.
Sistemática e Evolução A linha de pesquisa congrega projetos relacionados à evolução da biodiversidade, incluindo estudos de sistemática filogenética (utilizando dados morfológicos e moleculares, incluindo filogenômica), taxonomia, morfologia comparada, biogeografia, genética evolutiva e genômica comparativa..
Ciência de Dados Aplicada à Biodiversidade A linha de pesquisa congrega projetos com foco no uso de grandes quantidades de informação (‘big data’) e no desenvolvimento de metodologias inovadoras de mineração e análise de dados (p.ex. empregando aprendizado de máquina) a fim de investigar problemas relacionados à caracterização, monitoramento e conservação da biodiversidade.
Ecologia Aplicada, Meio Ambiente e Sustentabilidade A linha de pesquisa congrega projetos que visam a aplicar dados ecológicos, análises de componentes da biodiversidade e/ou estudos interdisciplinares para resolver problemas com impacto socioambiental e/ou econômico mais direto. Isto inclui estudos nas áreas de ecotoxicologia e microbiologia ambiental com foco na caracterização, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, bem como no desenvolvimento de métodos agrícolas mais sustentáveis a partir do uso de componentes da biodiversidade nativa do Brasil. Inclui também projetos que visam a desenvolver produtos inovadores a partir de fontes de biodiversidade e/ou que buscam integrar análises da biodiversidade em modelos de desenvolvimento econômico regional com foco em sustentabilidade ambiental.
Métodos Laboratoriais e Modelos Experimentais Aplicados À Pesquisa
COD Carga Horária Descrição
196J1-04 60 Esta disciplina busca auxiliar na construção do conhecimento sobre as principais técnicas aplicadas à pesquisa e utilizadas em laboratório, o uso de modelos experimentais como ferramenta de pesquisa em diferentes contextos, além dos fundamentos básicos da organização e análise de dados resultantes da pesquisa científica.
Professor Tempo de Casa Lattes
JARBAS RODRIGUES DE OLIVEIRA 50 anos e 6 meses Link
MARCIO VINICIUS FAGUNDES DONADIO 21 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Pediatria MESTRADO Não Obrigatória
Pediatria DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Neurociências Células tronco e doenças neurodegenerativas Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Epilepsia Clínica e Experimental: impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Neuroinflamação e neuroimunologia Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Sono na infância e adolescência.
Respirologia Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Estresse e desenvolvimento Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Biomarcadores em Doenças respiratórias
Infectologia Avaliação do impacto das imunizações em saúde pública Epidemiologia das infecções virais respiratórias Epidemiologia da tuberculose em pediatria Avaliação das estratégias de diagnóstico e tratamento da tuberculose em pediatria
Epidemiologia Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Ciências de Dados em Saúde
Nutrição Aleitamento materno Comportamento alimentar infantil Saúde mental da criança e do adolescente Dificuldades alimentares Educação alimentar e nutricional Nutrição nas enfermidades da criança e do adolescente
Imunologia Resposta imune frente a infecções respiratórias Resposta imune a vacinas Resposta imune a tumores pediátricos
PSICOIMUNOLOGIA E EMOÇÕES
COD Carga Horária Descrição
196UA-02 30 Discutir aspectos básicos e avançados das interações neuroimunoendócrinas na saúde e na doença humana. Apresentar as vias neurais, hormonais e celulares da comunicação neuroimunoendócrina. Discutir o impacto do estresse crônico e trauma precoce no sistema imune. Discutir o papel das citocinas no comportamento doentio. Descrever o papel da inflamação na etiologia dos transtornos do humor. Analisar as funções do sistema imune no desenvolvimento do sistema nervoso central. Apresentar o papel dos leucócitos no comportamento humano complexo (memória, interação social). Explicar o efeito placebo e suas vias neuroimunoendócrinas.
Professor Tempo de Casa Lattes
MOISES EVANDRO BAUER 24 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Pharmacotherapy Of Neurological And Psychiatric Disorders
COD Carga Horária Descrição
1932A-01 15 A neurofarmacologia é o estudo do efeito das drogas no cérebro. Os seminários exploram os conceitos e as pesquisas atuais em neurociência cognitiva, incluindo percepção, estrutura e organização cerebral, cognição, memória e a base funcional de certas doenças neurológicas e psiquiátricas humanas. (por exemplo, esquizofrenia, depressão e narcolepsia). O objetivo deste curso é proporcionar aos alunos a oportunidade de adquirir o conhecimento teórico e aplicado da neurofarmacologia que lhes permitirá avançar no desenvolvimento de uma carreira em neurofarmacologia, seja em uma instituição acadêmica, em um instituto de pesquisa ou no setor industrial / de negócios.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Biotecnologia Farmacêutica MESTRADO PROFISSIONAL Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica MESTRADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Pediatria MESTRADO Não Obrigatória
Pediatria DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Aspectos biológicos no envelhecimento Estudo das características biológicas básicas que participam do processo de envelhecimento nos níveis molecular, celular, bioquímico, genético e evolutivo, bem como a sua interação com os fatores ambientais em modelos animais e em seres humanos.
Aspectos clínicos e emocionais no envelhecimento Estudo do envelhecimento normal e patológico, enfocando as principais doenças e disfunções que acometem os idosos, o impacto das mesmas na qualidade de vida, autonomia e independência dos idosos, os aspectos preventivos, clínicos, terapêuticos e sociais das síndromes geriátricas.
Aspectos socioculturais, demográficos e bioéticos no envelhecimento Estudo sobre a influência social, cultural e demográfica no envelhecimento, os mitos em relação à velhice, a percepção do envelhecimento em diferentes culturas e sociedades, a feminilização da velhice, a aposentadoria, a institucionalização, as políticas sociais voltadas aos idosos, a perspectiva do envelhecimento ativo, bem como o estudo das inter-relações existentes entre a Ética, a Moral e o Direito (privacidade e confidencialidade, finitude, alocação de recursos escassos, respeito à pessoa e tomada de decisão, abuso de idosos e pesquisa com idosos).
Envelhecimento e Saúde Pública Visa estudar epidemiologicamente a saúde dos idosos, incluindo os longevos, para conhecer suas condições de vida, saúde e atenção à saúde recebida e percebida por esta faixa populacional. Busca-se a avaliação dos serviços de atenção básica e secundária de saúde, criar instrumentos de monitoramento do acesso, das rotinas de atendimento e da atenção prestada aos idosos e longevos nos serviços de saúde pública. Inclui ainda investigação da história natural das doenças e condições relacionadas à saúde, prevenção e vigilância em saúde, considerando variáveis sócio-demográficas, indicadores de saúde, estilo de vida, capacidade funcional, competências psicossociais e qualidade de vida.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Neurociências Células tronco e doenças neurodegenerativas Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Epilepsia Clínica e Experimental: impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Neuroinflamação e neuroimunologia Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Sono na infância e adolescência.
Respirologia Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Estresse e desenvolvimento Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Biomarcadores em Doenças respiratórias
Infectologia Avaliação do impacto das imunizações em saúde pública Epidemiologia das infecções virais respiratórias Epidemiologia da tuberculose em pediatria Avaliação das estratégias de diagnóstico e tratamento da tuberculose em pediatria
Epidemiologia Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Ciências de Dados em Saúde
Nutrição Aleitamento materno Comportamento alimentar infantil Saúde mental da criança e do adolescente Dificuldades alimentares Educação alimentar e nutricional Nutrição nas enfermidades da criança e do adolescente
Imunologia Resposta imune frente a infecções respiratórias Resposta imune a vacinas Resposta imune a tumores pediátricos
Princípios de Biologia Molecular
COD Carga Horária Descrição
63416-02 30 Conhecer os principais conceitos teóricos e práticos da área de biologia molecular, aplicada a área da saúde, focando nos principais temas científicos atuais de terapias utilizando biologia molecular.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
CTBMF MESTRADO Não Obrigatória
CTBMF DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Cognição Humana MESTRADO Não Obrigatória
Cognição Humana DOUTORADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora MESTRADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora DOUTORADO Não Obrigatória
Endodontia MESTRADO Não Obrigatória
Endodontia DOUTORADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica MESTRADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica DOUTORADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção MESTRADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial MESTRADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial DOUTORADO Não Obrigatória
Pediatria MESTRADO Não Obrigatória
Pediatria DOUTORADO Não Obrigatória
Prótese Dentária MESTRADO Não Obrigatória
Prótese Dentária DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Social MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Social DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Aspectos biológicos no envelhecimento Estudo das características biológicas básicas que participam do processo de envelhecimento nos níveis molecular, celular, bioquímico, genético e evolutivo, bem como a sua interação com os fatores ambientais em modelos animais e em seres humanos.
Aspectos clínicos e emocionais no envelhecimento Estudo do envelhecimento normal e patológico, enfocando as principais doenças e disfunções que acometem os idosos, o impacto das mesmas na qualidade de vida, autonomia e independência dos idosos, os aspectos preventivos, clínicos, terapêuticos e sociais das síndromes geriátricas.
Aspectos socioculturais, demográficos e bioéticos no envelhecimento Estudo sobre a influência social, cultural e demográfica no envelhecimento, os mitos em relação à velhice, a percepção do envelhecimento em diferentes culturas e sociedades, a feminilização da velhice, a aposentadoria, a institucionalização, as políticas sociais voltadas aos idosos, a perspectiva do envelhecimento ativo, bem como o estudo das inter-relações existentes entre a Ética, a Moral e o Direito (privacidade e confidencialidade, finitude, alocação de recursos escassos, respeito à pessoa e tomada de decisão, abuso de idosos e pesquisa com idosos).
Envelhecimento e Saúde Pública Visa estudar epidemiologicamente a saúde dos idosos, incluindo os longevos, para conhecer suas condições de vida, saúde e atenção à saúde recebida e percebida por esta faixa populacional. Busca-se a avaliação dos serviços de atenção básica e secundária de saúde, criar instrumentos de monitoramento do acesso, das rotinas de atendimento e da atenção prestada aos idosos e longevos nos serviços de saúde pública. Inclui ainda investigação da história natural das doenças e condições relacionadas à saúde, prevenção e vigilância em saúde, considerando variáveis sócio-demográficas, indicadores de saúde, estilo de vida, capacidade funcional, competências psicossociais e qualidade de vida.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Neurociências Células tronco e doenças neurodegenerativas Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Epilepsia Clínica e Experimental: impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Neuroinflamação e neuroimunologia Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Sono na infância e adolescência.
Respirologia Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Estresse e desenvolvimento Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Biomarcadores em Doenças respiratórias
Infectologia Avaliação do impacto das imunizações em saúde pública Epidemiologia das infecções virais respiratórias Epidemiologia da tuberculose em pediatria Avaliação das estratégias de diagnóstico e tratamento da tuberculose em pediatria
Epidemiologia Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Ciências de Dados em Saúde
Nutrição Aleitamento materno Comportamento alimentar infantil Saúde mental da criança e do adolescente Dificuldades alimentares Educação alimentar e nutricional Nutrição nas enfermidades da criança e do adolescente
Imunologia Resposta imune frente a infecções respiratórias Resposta imune a vacinas Resposta imune a tumores pediátricos
Avaliação e intervenções psicológicas em saúde mental Esta linha de pesquisa concentra estudos relacionados a desfechos em saúde mental a partir de diferentes teorias e métodos em Psicologia Clínica. Tem como objetivo a compreensão de processos psicológicos e construção e adaptação de instrumentos e intervenções com enfoque psicoterapêutico e psicoeducativo.
Processos Psicossociais: Práticas e contextos Esta linha de pesquisa concentra os estudos sobre fenômenos psicossociais e processos de vulnerabilização em diferentes contextos, tais como educação, saúde pública, trabalho, política e justiça. Objetiva desenvolver estratégias para a avaliação e intervenção com indivíduos, grupos e organizações a partir de abordagens teórico-metodológicas que articulam diferentes perspectivas da Psicologia Social e outros campos de conhecimento.
Cognição, Cérebro e Comportamento Esta linha de pesquisa concentra os estudos básicos e aplicados da cognição e suas implicações comportamentais e neurobiológicas. Busca-se investigar processos neurocognitivos e psicobiologicos e a relação destes com comportamento, desenvolvimento, aprendizagem e saúde mental. As abordagens de investigação envolvem modelos teóricos, experimentais e instrumentos da neuropsicologia, da neurobiologia e da neurociência.
Bem-estar, saúde e qualidade de vida Esta linha de pesquisa concentra os estudos que utilizam uma abordagem interdisciplinar sobre a relação entre a saúde mental e o estilo de vida, entendido como o conjunto de comportamentos relacionados à alimentação, atividade física, sono, espiritualidade, bem-estar financeiro, bem-estar ocupacional e relações sociais. A linha visa a construção de conhecimento básico e aplicado para avaliação e intervenção na prevenção e promoção da qualidade de vida e seus diferentes domínios.
Prática em Software de Pesquisa Médica
COD Carga Horária Descrição
63348-04 60 O domínio de ferramentas de informática é fundamental para realização de pesquisa na área da saúde. O objetivo desta disciplina é explorar, de maneira prática, softwares importantes na área de pesquisa médica. O foco será em recursos online, planilhas, programas gráficos, programas de estatística, processadores de texto, e de manejo de referências bibliográficas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
CTBMF MESTRADO Não Obrigatória
CTBMF DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Cognição Humana MESTRADO Não Obrigatória
Cognição Humana DOUTORADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora MESTRADO Não Obrigatória
Dentística Restauradora DOUTORADO Não Obrigatória
Endodontia MESTRADO Não Obrigatória
Endodontia DOUTORADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Estomatologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica MESTRADO Não Obrigatória
Gerontologia Biomédica DOUTORADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção MESTRADO Não Obrigatória
Materiais Dentários - em extinção DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial MESTRADO Não Obrigatória
Ortodontia e Ortopedia Facial DOUTORADO Não Obrigatória
Pediatria MESTRADO Não Obrigatória
Pediatria Doutorado Interinstitucional Não Obrigatória
Pediatria DOUTORADO Não Obrigatória
Prótese Dentária MESTRADO Não Obrigatória
Prótese Dentária DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Clínica DOUTORADO Não Obrigatória
Psicologia Social MESTRADO Não Obrigatória
Psicologia Social DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Aspectos biológicos no envelhecimento Estudo das características biológicas básicas que participam do processo de envelhecimento nos níveis molecular, celular, bioquímico, genético e evolutivo, bem como a sua interação com os fatores ambientais em modelos animais e em seres humanos.
Aspectos clínicos e emocionais no envelhecimento Estudo do envelhecimento normal e patológico, enfocando as principais doenças e disfunções que acometem os idosos, o impacto das mesmas na qualidade de vida, autonomia e independência dos idosos, os aspectos preventivos, clínicos, terapêuticos e sociais das síndromes geriátricas.
Aspectos socioculturais, demográficos e bioéticos no envelhecimento Estudo sobre a influência social, cultural e demográfica no envelhecimento, os mitos em relação à velhice, a percepção do envelhecimento em diferentes culturas e sociedades, a feminilização da velhice, a aposentadoria, a institucionalização, as políticas sociais voltadas aos idosos, a perspectiva do envelhecimento ativo, bem como o estudo das inter-relações existentes entre a Ética, a Moral e o Direito (privacidade e confidencialidade, finitude, alocação de recursos escassos, respeito à pessoa e tomada de decisão, abuso de idosos e pesquisa com idosos).
Envelhecimento e Saúde Pública Visa estudar epidemiologicamente a saúde dos idosos, incluindo os longevos, para conhecer suas condições de vida, saúde e atenção à saúde recebida e percebida por esta faixa populacional. Busca-se a avaliação dos serviços de atenção básica e secundária de saúde, criar instrumentos de monitoramento do acesso, das rotinas de atendimento e da atenção prestada aos idosos e longevos nos serviços de saúde pública. Inclui ainda investigação da história natural das doenças e condições relacionadas à saúde, prevenção e vigilância em saúde, considerando variáveis sócio-demográficas, indicadores de saúde, estilo de vida, capacidade funcional, competências psicossociais e qualidade de vida.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas
Neurociências Células tronco e doenças neurodegenerativas Epigenética e Mecanismos Moleculares do Estresse no Desenvolvimento Epilepsia Clínica e Experimental: impacto das epilepsias no SNC em desenvolvimento Neuroinflamação e neuroimunologia Neuropsicobiologia do Desenvolvimento Sono na infância e adolescência.
Respirologia Asma: epidemiologia, genética e estudo de mecanismos básicos Avaliação funcional e reabilitação em doenças respiratórias crônicas Estresse e desenvolvimento Fibrose Cística e doenças crônicas pulmonares Prematuridade: impacto no desenvolvimento pulmonar e resposta imune Biomarcadores em Doenças respiratórias
Infectologia Avaliação do impacto das imunizações em saúde pública Epidemiologia das infecções virais respiratórias Epidemiologia da tuberculose em pediatria Avaliação das estratégias de diagnóstico e tratamento da tuberculose em pediatria
Epidemiologia Epidemiologia clínica aplicada à saúde da criança Ciências de Dados em Saúde
Nutrição Aleitamento materno Comportamento alimentar infantil Saúde mental da criança e do adolescente Dificuldades alimentares Educação alimentar e nutricional Nutrição nas enfermidades da criança e do adolescente
Imunologia Resposta imune frente a infecções respiratórias Resposta imune a vacinas Resposta imune a tumores pediátricos
Avaliação e intervenções psicológicas em saúde mental Esta linha de pesquisa concentra estudos relacionados a desfechos em saúde mental a partir de diferentes teorias e métodos em Psicologia Clínica. Tem como objetivo a compreensão de processos psicológicos e construção e adaptação de instrumentos e intervenções com enfoque psicoterapêutico e psicoeducativo.
Processos Psicossociais: Práticas e contextos Esta linha de pesquisa concentra os estudos sobre fenômenos psicossociais e processos de vulnerabilização em diferentes contextos, tais como educação, saúde pública, trabalho, política e justiça. Objetiva desenvolver estratégias para a avaliação e intervenção com indivíduos, grupos e organizações a partir de abordagens teórico-metodológicas que articulam diferentes perspectivas da Psicologia Social e outros campos de conhecimento.
Cognição, Cérebro e Comportamento Esta linha de pesquisa concentra os estudos básicos e aplicados da cognição e suas implicações comportamentais e neurobiológicas. Busca-se investigar processos neurocognitivos e psicobiologicos e a relação destes com comportamento, desenvolvimento, aprendizagem e saúde mental. As abordagens de investigação envolvem modelos teóricos, experimentais e instrumentos da neuropsicologia, da neurobiologia e da neurociência.
Bem-estar, saúde e qualidade de vida Esta linha de pesquisa concentra os estudos que utilizam uma abordagem interdisciplinar sobre a relação entre a saúde mental e o estilo de vida, entendido como o conjunto de comportamentos relacionados à alimentação, atividade física, sono, espiritualidade, bem-estar financeiro, bem-estar ocupacional e relações sociais. A linha visa a construção de conhecimento básico e aplicado para avaliação e intervenção na prevenção e promoção da qualidade de vida e seus diferentes domínios.
SEMINÁRIO INTEGRADOR I
COD Carga Horária Descrição
196P5-02 30 Esta disciplina constitui-se pela apresentação de seminários científicos por pesquisadores, docentes ou pós-graduandos das diversas áreas básicas e aplicadas das Ciências Biológicas, com ênfase na Biologia Celular e Molecular. Após a apresentação do tema, segue-se um período em que é desejável que seja realizada uma discussão com a participação dos alunos. OBJETIVOS: • Proporcionar aos estudantes o contato com as diversas temáticas de pesquisa no âmbito do PPGBCM, promovendo desta forma, a integração dos conhecimentos; • Proporcionar aos estudantes a oportunidade de conhecer diversas áreas da pesquisa científica de relevância relacionadas à Biologia Celular e Molecular através da apresentação de seminários por pesquisadores de Instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais; • Desenvolver as habilidades de visão crítica e participação em discussões científicas.
Professor Tempo de Casa Lattes
LEANDRO VIEIRA ASTARITA 23 anos e 6 meses Link
SILVIA DIAS DE OLIVEIRA 21 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Scientific Writing and Communication
COD Carga Horária Descrição
73177-04 60 This course will cover the following topics: Scientific writing in English. Structure, language and strategies for production of scientific papers. The process of paper submission and response to reviewers. Techniques for oral presentation of scientific papers in English.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Seminário Integrador II
COD Carga Horária Descrição
196P6-02 30 Esta disciplina constitui-se pela apresentação de seminários científicos por pesquisadores, docentes ou pós-graduandos das diversas áreas básicas e aplicadas das Ciências Biológicas, com ênfase na Biologia Celular e Molecular. Após a apresentação do tema, segue-se um período em que é desejável que seja realizada uma discussão com a participação dos alunos. OBJETIVOS: • Proporcionar aos estudantes o contato com as diversas temáticas de pesquisa no âmbito do PPGBCM, promovendo desta forma, a integração dos conhecimentos; • Proporcionar aos estudantes a oportunidade de conhecer diversas áreas da pesquisa científica de relevância relacionadas à Biologia Celular e Molecular através da apresentação de seminários por pesquisadores de Instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais; • Desenvolver as habilidades de visão crítica e participação em discussões científicas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
TOPICOS MOLECULARES EM BACTERIOLOGIA
COD Carga Horária Descrição
73154-02 30 Capacitação do pós-graduando para a discussão de bacteriologia em nível molecular, incluindo tópicos de citologia, fisiologia e genética bacteriana, bem como para a compreensão das interações bacterianas com seu hospedeiro relevantes para o entendimento da patogenicidade.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
TOPICOS MOLECULARES EM PARASITOLOGIA
COD Carga Horária Descrição
73151-02 30 A disciplina tratará dos aspectos moleculares da interação parasito-hospedeiro, utilizando-se de modelos para estudar características próprias da vida parasitária, mecanismos de controle de virulência, e estratégias de diagnóstico e imunização em parasitologia.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Tópicos Avançados em Biociências I
COD Carga Horária Descrição
19515-01 15 Estudo e discussão de temas atuais na área de biociências, que apresentem destacada relevância científica, tecnológica e/ou social. Compreensão dos tópicos selecionados por meio da leitura e discussão de artigos científicos e/ou realização de experimentos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Tópicos Avançados em Biociências II
COD Carga Horária Descrição
19516-01 15 Estudo e discussão de temas atuais na área de biociências, que apresentem destacada relevância científica, tecnológica e/ou social. Compreensão dos tópicos selecionados por meio da leitura e discussão de artigos científicos e/ou realização de experimentos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Tópicos Avançados em Biociências III
COD Carga Horária Descrição
19517-02 30 Estudo e discussão de temas atuais na área de biociências, que apresentem destacada relevância científica, tecnológica e/ou social. Compreensão dos tópicos selecionados por meio da leitura e discussão de artigos científicos e/ou realização de experimentos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Tópicos Avançados em Biociências IV
COD Carga Horária Descrição
196EJ-01 15 Estudo e discussão de temas atuais na área de biociências, que apresentem destacada relevância científica, tecnológica e/ou social. Compreensão dos tópicos selecionados por meio da leitura e discussão de artigos científicos e/ou realização de experimentos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Tópicos Avançados em Biociências V
COD Carga Horária Descrição
196EK-01 15 Estudo e discussão de temas atuais na área de biociências, que apresentem destacada relevância científica, tecnológica e/ou social. Compreensão dos tópicos selecionados por meio da leitura e discussão de artigos científicos e/ou realização de experimentos
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Vacinas e Imunoterapias na Covid - 19
COD Carga Horária Descrição
196EI-02 30 Conceitos teóricos básicos e avançados sobre as estratégias imunológicas atuais para o combate a COVID-19. Resposta imune humoral, celular e geração de memória imunológica contra SARS-COV-2 e suas variantes. Desenho e utilização de diferentes tipos de vacinas, plasma convalescente, anticorpos monoclonais e imunoterapias. Estratégias enfocadas em indivíduos imunocompetentes, imunossuprimidos, imunossenescentes
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Venenos e Toxinas Naturais: das Moléculas aos casos clínicos
COD Carga Horária Descrição
63444-02 30 O estudo dos venenos animais (répteis, antrópodes, moluscos) e toxinas naturais (microbianas e de plantas) tem natureza multidisciplinar, abordando desde aspectos estruturais das moléculas tóxicas, passando por seus mecanismos de ação e como esses se manifestam nos pacientes, até o tratamento dos casos clínicos. Outra vertente do estudo dessas moléculas é o desenho de novas drogas terapêuticas com base em toxinas, a partir do conhecimento de suas interações com alvos celulares. Nesse contexto,a disciplina propõe abordar os principais grupos de proteínas e peptídeos tóxicos encontrados em venenos animais, bem como toxinas produzidas por plantas e bactérias. Serão abordados aspectos moleculares e mecanismos de ação dos principais grupos de toxinas proteicas e peptídicas, bem como discussão de casos clínicos representando cada tipo de veneno/toxina. Os grupos de toxinas a serem abordados são: 1. fosfolipases de venenos de serpentes e artrópodes: hemotoxinas, neurotoxinas e miotoxinas; 2. toxinas que interferem com proteínas G: ADP-ribosilases (toxinas da cólera e toxina pertussis) shiga toxins; 3. toxinas clostridiais e antrax zinco - metaloproteinases (toxinas tetânicas e botulínicas); 4. toxinas que interferem na síntese proteica: RNA N-glicosidases (ricina e abrina) ADP-ribolisases (toxina diftérica, pseudômonas exotoxina A); 5. toxinas que afetam canais iônicos, serpentes (A-bungatoxina, three-fingers, fosfolitases) artrópodes (tityustoxina, A-latrotoxina, charabtoxina, etc.) moluscos (conotoxinas).
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Biologia Celular e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Biologia Celular e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Cirúrgica DOUTORADO Não Obrigatória
Clínica Médica MESTRADO Não Obrigatória
Clínica Médica DOUTORADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular MESTRADO Não Obrigatória
Farmacologia Bioquímica e Molecular DOUTORADO Não Obrigatória
Nefrologia MESTRADO Não Obrigatória
Nefrologia DOUTORADO Não Obrigatória
Neurociências MESTRADO Não Obrigatória
Neurociências DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estrutura e Metabolismo Celular Desenvolve conhecimentos relacionados à estrutura, sinalização e funcionamento celular. O estudo de aspectos bioquímicos, morfológicos e fisiológicos permite o aprofundamento das questões relacionadas aos mecanismos celulares em diferentes situações.
Imunologia Celular e Molecular Desenvolve estudos dos mecanismos celulares e moleculares de respostas imunes em modelos experimentais e populações humanas com foco em imunologia de tumores, imunossenescência, neuroimunologia e doenças auto-imunes.
Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia Desenvolve análises fenotípicas e genotípicas de isolados bacterianos e virais e a identificação de moléculas envolvidas na interface parasita-hospedeiro. Desenvolve estudos epidemiológicos de dinâmica de transmissão e investigação da reatividade cruzada.
Genética, Genômica e Bioinformática Desenvolve estudos nas áreas de genética, genômica, biologia molecular e bioinformática, bem como a realização de diagnósticos moleculares e a análise de variantes gênicas polimórficas na saúde humana, estudos filogenéticos e anotação de genomas.
Neurobiologia Celular e Molecular Desenvolve estudos sobre a função neuronal nos níves celulares e moleculares, através de abordagens neuroquímicas, farmacológicas, neuroanatômicas e neurofisiológicas.
Biologia Molecular da Interação Droga/Alvo Desenvolvimento de clonagem, expressão e superexpressão de enzimas, bem como estudos cinéticos em estado estacionário e pré-estacionário. Informações sobre a estrutura tridimensional de enzimas alvos servem de bases para a proposição de novos fármacos.
Obesidade e Síndrome Metabólica Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.
Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.
Cirurgia Videolaparoscópica Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.
Diálise extra-renal e transplante Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.
Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.
Biologia molecular, imunologia e células tronco Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.
Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.
Cardiologia/Terapia Celular Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio
Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.
Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.
O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.
Epidemiologia Clínica Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Imagem funcional e molecular do corpo A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.
Epidemiologia e Saúde Ambiental Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.
Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.
Inovações Tecnológicas na Área da Saúde Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.
Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.
Desenvolvimento de Drogas Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.
Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação
Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.
Neurologia/Células tronco Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.
Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.
Neuroimagem da Cognição Humana Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).
Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.
Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.
Epilepsia Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.
Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas