Disciplinas

Agronegócio e Inovação
COD Carga Horária Descrição
72504-03 45 Visão sistêmica das cadeias agroindustriais. Filiére, complexos agroindustriais, cadeias de produção agroindustrial, clusters, sistemas agroindustriais, cadeia de suprimentos, alianças e redes. Inovação e competitividade. Fatores e mecanismos institucionais, competitivos e organizacionais associados à inovação e ao desenvolvimento tecnológico na agroindústria. Características e dinâmica da inovação nas cadeias agroindustriais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Análise Multivariada
COD Carga Horária Descrição
7251B-03 45 Álgebra de matrizes e vetores. Operações com matrizes e vetores. Determinantes de uma matriz quadrada. Matriz Inversa. Análise de variância multivariada. Modelo linear geral multivariado. Análise de Covariância Multivariada. Classificação por função linear discriminante. Grupos de Funções Lineares Discriminantes. Influência pela matriz de covariância. Testes de hipóteses por uma matriz de covariância. Testes de Independência de Grupos de Variáveis. Correlação Canônica. Componentes Principais. Análise Fatorial. Análise de Agrupamento. Escalonamento Multidimensional
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Capitalismo, Estado e Sociedade
COD Carga Horária Descrição
19401-03 45 Pontuação teórico-histórica sobre o capitalismo nacional e internacional; capitalismo na contemporaneidade e globalização; Teorias de Estado e seus vínculos com o capitalismo; as mudanças do papel do Estado frente a uma sociedade de mercado; sociedade e transformações societárias no século XXI.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Desenvolvimento Econômico
COD Carga Horária Descrição
52531-03 45 Desenvolvimento e subdesenvolvimento (conceito e indicadores de desenvolvimento, estrutura de uma economia subdesenvolvida, estrangulamentos do desenvolvimento); - Desenvolvimento segundo os grandes economistas (Abordagem clássica e neoclássica, Karl Marx e as crises capitalistas, A abordagem da teoria da demanda efetiva); - Desenvolvimento na visão schumpeteriana (fluxo circular, inovações, empresário e crédito, teoria do desenvolvimento derivado, abordagens neo-shumpeterianas).
Professor Tempo de Casa Lattes
IZETE PENGO BAGOLIN 14 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Desenvolvimento Econômico II
COD Carga Horária Descrição
52521-03 45 Complexos industriais e redes de inovação. Agricultura e desenvolvimento econômico. Rent-seeking, corrupção, governança e desenvolvimento econômico. Teoria evolucionária e abordagem institucional. Desindustrialização e comércio externo. Financiamento do desenvolvimento econômico. Abordagens recentes da teoria do desenvolvimento econômico.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Desenvolvimento Regional
COD Carga Horária Descrição
52532-03 45 Desenvolvimento econômico e urbanização (espaço geográfico e custos econômicos; externalidades e economias de aglomeração, papel das cidades no desenvolvimento econômico); Localização da atividade econômica (localização das atividades no espaço nacional, localização das atividades no espaço urbano, transformação dos espaços econômicos); desenvolvimento econômico regional (pólos de crescimento: a região como objeto de análise, modelo da base econômica, fatores do crescimento regional); e disparidades regionais (mobilidade dos fatores, políticas regionais e políticas de desenvolvimento local, desigualdades regionais no Brasil).
Professor Tempo de Casa Lattes
ADELAR FOCHEZATTO 27 anos e 1 mês Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Desenvolvimento Regional II
COD Carga Horária Descrição
42510-03 45 Formação dos sistemas urbanos: lugares centrais, hierarquias e redes urbanas; Infraestruturas coletivas e o desenvolvimento regional; Serviços e desenvolvimento regional: turismo, setor público e organizações locais; Teoria de inovação de base territorial: meios inovadores, regiões inteligentes e sistemas regionais de inovação Abordagens recentes da teoria do desenvolvimento regional.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Desenvolvimento e Meio Ambiente
COD Carga Horária Descrição
52515-03 45 Debate crescimento, desenvolvimento e meio ambiente. A extensão da esfera das atividades econômicas. Espaços privados versus espaços públicos e conflitos de uso. Economia e debate sobre natureza e recursos naturais em diferentes abordagens: Economia Ambiental, Economia Ecológica, Economia Institucional, Economia da Proximidade, Economia da Funcionalidade. Implicações diversas da questão ambiental (padrões de produção, consumo, comércio, inovação, pesquisa, energia, etc.)
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Econometria Espacial
COD Carga Horária Descrição
42511-03 45 Teoria da Análise Espacial - Análise Exploratória Espacial - Modelos de Econometria Espacial (modelo de erro e modelo de defasagem).
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Econometria I
COD Carga Horária Descrição
52517-03 45 Uma revisão de estatística e de álgebra matricial; - Mínimos quadrados ordinários (modelos de regressão simples, modelos de regressão múltipla); - Estimação e inferência estatística; - Escolha de formas funcionais; - Interpretando e comparando modelos de regressão; - Multicolinearidade e heteroscedasticidade; - Uso de variáveis binárias (Dummy, Logit e Probit).
Professor Tempo de Casa Lattes
AUGUSTO MUSSI ALVIM 15 anos e 6 meses Link
HELIO RADKE BITTENCOURT 18 anos e 1 mês Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Econometria II
COD Carga Horária Descrição
52519-03 45 Como principais pontos a serem estudados em séries de tempo têm-se: modelos ARIMA e modelos multivariados; séries não estacionárias e testes de raiz unitária; cointegração em VAR; testes de causalidade e funções impulso-resposta; modelos ARCH e GARCH; e modelos de equações simultâneas. Esta disciplina capacita os alunos a usar as ferramentas disponíveis no software E-Views.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Econometria III
COD Carga Horária Descrição
42514-03 45 Definição, conceitos e aplicações dos modelos de dados de painel. - Vantagens e desvantagens da utilização destes modelos. - Especificações. - Modelos de Efeitos Fixos e Efeitos Aleatórios. - Estimação, exemplos e aplicações de painel de dados. - Painéis estáticos e Painéis Dinâmicos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Economia Brasileira
COD Carga Horária Descrição
52533-03 45 Uma caracterização panorâmica dos principais períodos da história econômica contemporânea do Brasil. Síntese do pensamento econômico e evolução da conjuntura econômica brasileira.
Professor Tempo de Casa Lattes
CARLOS NELSON DOS REIS 35 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Economia Internacional
COD Carga Horária Descrição
52530-03 45 Teoria Clássica do Comércio internacional: O Modelo de Ricardo - comércio internacional e vantagens comparativas. Modelo de comércio internacional com dois fatores de produção. O Modelo de Heckscher-Ohlin. Nova teoria do comércio internacional. Variedade, retornos crescentes de escala e comércio internacional. Aplicação empírica ¿ o modelo gravitacional.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Economia Matemática I
COD Carga Horária Descrição
52518-03 45 Sistemas de equações lineares. Redução de Gauss-Jordan. Matrizes e determinantes. Posto da matriz. Álgebra de Vetores. Independência linear. Diferenciais. Derivadas. Gradientes. Funções implícitas. Formas quadráticas e matrizes definidas. Otimização não condicionada. Otimização condicionada.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Economia Matemática II
COD Carga Horária Descrição
42503-03 45 Otimização de funções com restrições: condições de primeira ordem, de segunda ordem e qualificação das restrições. Dualidade. Cálculo integral. Equações de diferenças. Equações diferenciais. Retratos de fase. Autovalores e auto vetores. Sistemas de equações de diferenças e diferenciais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Economia da Educação
COD Carga Horária Descrição
7251C-03 45 A disciplina de Economia da Educação tem como objetivo empregar os instrumentos econômicos na abordagem dos problemas levantados pela Educação, quer do ponto de vista do tomador individual de decisão, quer do ponto de vista do planejador de política pública. A economia foca sobre os incentivos criados pela política, permitindo-nos prever as consequências intencionais ou não suas intenções. O curso investiga questões relacionadas a educação combinando teoria econômica e literatura empírica.
Professor Tempo de Casa Lattes
MARCO TULIO ANICETO FRANCA 7 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Economia do Trabalho
COD Carga Horária Descrição
72505-03 45 Introdução à economia do trabalho; oferta de trabalho: modelos estáticos e dinâmicos; demanda por trabalho; diferenciais compensatórios de salários; teoria do capital humano e da sinalização; teoria econômica da discriminação; teoria do desemprego.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Empreendedorismo Digital nos Negócios
COD Carga Horária Descrição
1946U-02 30 Esta disciplina tem como principal objetivo a apresentação dos principais conceitos associados ao empreendedorismo digital e à transformação de conhecimento científico em desenvolvimento para a sociedade. Serão abordados os seguintes pontos: Empreendedorismo, startups, modelo de negócio, lean startup, mínimo produto viável, ecossistemas de inovação como locus do processo empreendedor, legislação na área de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), além de casos reais de transformação de conhecimento científico em inovação e desenvolvimento por meio do
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Administração Estratégica MESTRADO Não Obrigatória
Administração Estratégica DOUTORADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Estratégia, Organizações e Sociedade A linha de pesquisa Estratégia, Organizações e Sociedade investiga fenômenos complexos relacionados às organizações do Primeiro (Governo), Segundo (Empresas Privadas) e Terceiro (ONGs) Setores, buscando contribuir para a sua competitividade e perenidade, bem como com o desenvolvimento local, seja ele social, ambiental ou econômico. As principais áreas de conhecimento estudadas na linha são: 1) sustentabilidade corporativa, 2) inovação e empreendedorismo, 3) tecnologia, projetos e conhecimento e 4) governo e sociedade.
Marketing A linha de pesquisa Marketing está orientada ao entendimento das estratégias, processos e impactos do Marketing no desempenho das organizações, bem como à compreensão do comportamento do consumidor em diferentes contextos de mercado.
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Equilíbrio Geral Computável - Modelos e Técnicas
COD Carga Horária Descrição
72511-03 45 Teoria do Equilíbrio Geral; Matriz de Contabilidade Social; Matiz Insumo Produto; Matriz de Contabilidade Social Regional; Matrizes de Insumo-Produto Regionais; Modelos de Equilíbrio Geral Computável; Parâmetros nos Modelos de Equilíbrio Geral Computável; Softwares aplicados; Aplicações empíricas na economia internacional; Aplicações empíricas na economia nacional; Aplicações empíricas na economia regional.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Estatística Econômica I
COD Carga Horária Descrição
72506-03 45 Probabilidade: probabilidade condicional e independência, Teorema de Bayes, espaços amos-trais e de probabilidade, variáveis aleatórias, distribuições de probabilidades, Teorema Central do Limite; estimação; testes de hipótese; análise de regressão simples.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
História do Pensamento Econômico
COD Carga Horária Descrição
42509-03 45 Apresentação do pensamento econômico a partir dos autores clássicos até a contribuição de Keynes. Nos autores clássicos investiga-se o pensamento de Smith, Ricardo e Malthus. A seguir investiga-se análise marxiana do desenvolvimento capitalista. Mill e a origens do pensamento neoclássico são investigados, com ênfase em Marshall. Por fim, analisa-se a contribuição de Schumpeter e de Keynes ao pensamento econômico.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Macroeconomia I
COD Carga Horária Descrição
52520-03 45 Escopo da macroeconomia do desenvolvimento (Agénor e Montiel, cap. 1) Monetarismo, estruturalismo e economias em desenvolvimento; Estrutura econômica e macroeconomia. II - Contas agregadas e restrições orçamentárias dos agentes econômicos (Agénor, cap. 8) Produção, renda e despesa; Matriz de contabilidade social; Identidades da renda nacional; Restrições orçamentárias; Modelos macroeconômicos. III - Estrutura de produção em uma economia aberta (Agénor e Montiel, p. 63-99) Modelo Mundell-Fleming; Modelo de ?economia dependente?; Modelo com três bens; Estrutura do mercado de trabalho; Estrutura dos mercados financeiros. IV - Consumo, poupança e investimento (Agénor, cap. 1) Consumo: abordagem keynesiana, a hipótese da renda permanente, o modelo do ciclo-de-vida, outros determinantes; Investimento: o acelerador flexível, custo do capital, incerteza e irreversibilidade, outros determinantes. V - Sistema financeiro, demanda de moeda e política monetária (Agénor, cap. 2) Sistema financeiro; Instrumentos diretos e indiretos de política monetária; Racionamento de crédito; Demanda de moeda. VI - Déficit fiscal, dívida pública e a conta corrente (Agénor, cap. 3) Estrutura das finanças públicas; A restrição orçamentária do governo; Política fiscal; Desequilíbrio fiscal e déficit externo; Consistência, sustentabilidade e restrição de solvência; Dívida pública e austeridade fiscal. VII Gerenciamento da taxa de câmbio e o setor externo (Ágenor, cap. 4) Natureza dos regimes cambiais; Credibilidade da política cambial; Taxas de câmbio, competitividade e a balança comercial; Desvalorização e produto com insumos importados.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Macroeconomia II
COD Carga Horária Descrição
52535-03 45 Relacionamentos macroeconômicos e estrutura de mercado; Comportamento das famílias: consumo e poupança (abordagem keynesiana, abordagem intertemporal: ciclo de vida e renda permanente; o comportamento das famílias em condições de incerteza); Comportamento das famílias: demanda de moeda; Comportamento das empresas: as técnicas de produção e investimento; Setor público; Setor externo da economia (regimes cambiais; balanço de pagamentos; variação das reservas internacionais; funcionalidade macroeconômica; mobilidade de capitais; situações de equilíbrio e de desequilíbrio externo); e Políticas macroeconômicas no curto prazo (fiscal; monetária; cambial; comercial; combinação de políticas).
Professor Tempo de Casa Lattes
ADALMIR ANTONIO MARQUETTI 28 anos e 1 mês Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Macroeconomia III
COD Carga Horária Descrição
42515-03 45 Macroeconomia e Desenvolvimento Econômico. Matriz de consistência macroeconômica. Modelo macroeconômico para economias em desenvolvimento. Dinâmica do ajustamento macroeconômico e crescimento. Política Fiscal e a Sustentabilidade da Dívida Pública. Política monetária, inflação e crescimento econômico. Desemprego.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Microeconomia I
COD Carga Horária Descrição
52516-03 45 A disciplina cobre a visão de equilíbrio parcial da microeconomia tradicional e tópicos de abordagens alternativas. 1. Teoria do Consumidor Preferências Efeitos renda e substituição Curva de Demanda 2. Teoria da firma Produção Custos Oferta de curto e de longo prazos Abordagens alternativas da firma 3. Estruturas de Mercado 3.1. Concorrência Perfeita Pressupostos Equilíbrio no curto e no longo prazo Impacto de impostos e de políticas de controle de preços 3.2. Monopólio Pressupostos Equilíbrio de curto e longo prazo Poder de Monopólio Discriminação de preços Perda de peso morto e eficiência Monopólios contestáveis 3.3. Concorrência Monopolística Pressupostos Equilíbrio de curto e longo prazo Eficiência Modelo de Chamberlin 3.4. Oligopólio Conceitos e pressupostos Modelos de duopólio Cartel e liderança de preços Formação de preços com mark-up Formação de preços dos fatores de produção Oligopólio e Teoria dos jogos Oligopólio e progresso técnico 4. Microeconomia e Organização industrial
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Microeconomia II
COD Carga Horária Descrição
52534-03 45 Estruturas de mercado: mercados competitivos, monopólio, concorrência monopolista e oligopólio. Incerteza: utilidade esperada e aversão ao risco. Teoria dos jogos: equilíbrio de Nash, jogos repetidos, e jogos sequenciais. Economia do bem-estar: funções de bem-estar e taxação ótima. Bens públicos.
Professor Tempo de Casa Lattes
CARLOS EDUARDO LOBO E SILVA 12 anos e 6 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Microeconomia III
COD Carga Horária Descrição
42516-03 45 Escopo e metodologia da microeconomia heterodoxa. Organização estrutural da atividade econômica. A empresa de negócios: a natureza da empresa de negócios, estrutura de produção, custos e preços. O mercado e a empresa de negócios: estrutura da demanda de mercado e preço de mercado.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Microenonometria
COD Carga Horária Descrição
72507-03 45 Relações causais; erro de medida e variáveis omitidas; MQO em dois estágios; sistemas de equações aparentemente não relacionadas (SUR); modelos lineares para dados em painel: efeitos aleatórios e efeitos fixos, primeiras diferenças, LSDV; GMM; Modelos de escolha discreta; modelos de censura tobit; seleção amostral: procedimento de Heckman; Modelos de pseudo painel: coortes, tempo e idade; modelos de duração: funções risco.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Modelos Econômicos Quantitativos
COD Carga Horária Descrição
42513-03 45 Esta disciplina apresenta três tópicos alternativos como opções para os alunos. Tópico 1 - Otimização dinâmica: A natureza da otimização dinâmica. Os componentes e métodos de otimização dinâmica. Os casos de planejamento com horizonte finito e infinito. O problema fundamental do controle ótimo. Função Hamiltoniana. O princípio do máximo. Problemas com vários estados e variáveis de controle. As condições de transversalidade. Controle ótimo com restrições. Tópico 2 - Modelos Computáveis de Equilíbrio Geral: Os alunos aprenderão os aspectos teóricos e de implementação de modelos CEG tais como: a) Definição do sistema de equações do modelo. b) Montagem de um banco de dados. c) Estimação dos coeficientes e parâmetros. d) Método de solução. e) Calibragem. f) Fechamento. g) Implementação. h) Utilização. Um aspecto a ser considerado neste tópico são os modelos CEG aplicáveis à análise da política comercial como a referente à incidência de impostos e ao comércio internacional. Tópico 3 - Tópicos Especiais em Pesquisa Operacional: Revisão de programação linear e não linear. Teoria da dualidade. Análise de sensibilidade. Técnicas de otimização aplicadas a sistemas agroindustriais. Modelos de decisão da firma incluindo o risco. Modelagem do setor agrícola. Análise de políticas econômicas direcionadas ao setor agrícola. Programação multiperiódica. Análise envoltória de dados.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas
COD Carga Horária Descrição
72514-03 45 O curso apresentará ao estudante diversas metodologias para o monitoramento e avaliação de políticas públicas. Em relação ao primeiro, o modelo lógico desenvolvido pelo IPEA e o seu emprego como instrumento para sistematização dos trabalhos de monitoramento governamentais. Para o segundo, será apresentado metodologias econométricas comumente empregadas na avaliação de impacto de políticas públicas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Métodos de Análise Regional
COD Carga Horária Descrição
42502-03 45 Modelos econômicos e modelos estocásticos. Método estrutural-diferencial: estrutura e competitividade regional. Medidas de especialização e de localização. Indicadores regionais e desigualdades inter-regionais. Análise insumo-produto e análise inter-regional. Análise de complexos industriais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Nova Geografia Econômica
COD Carga Horária Descrição
72508-03 45 Introdução aos modelos teóricos da Nova Geografia Econômica, com especial ênfase nos seguintes tópicos: (1) fundamentos da geografia econômica, (2) formação de cidades, (3) sistemas urbanos e (4) localização da atividade econômica.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Novas Tecnologias para O Desenv. Sustent.
COD Carga Horária Descrição
42508-03 45 Informar e discutir, do ponto de vista econômico e ambiental, as novas tecnologias para o desenvolvimento sustentável, principalmente com relação ao uso de energia e suas consequências para o meio ambiente. Estudo dos recursos energéticos, combustíveis fósseis (carvão, óleo e gás natural); Segurança energética: exemplos dos Estados Unidos e o caso do Brasil; O aquecimento global e as mudanças climáticas: teoria e consequências para a economia mundial; Protocolo de Quioto, mecanismos de desenvolvimento limpo e créditos de carbono; Redução da emissão de gases de efeito estufa por sequestro geológico de carbono; Aspectos econômicos do armazenamento geológico de carbono; Perspectivas futuras: programas de emissão zero e a economia do Hidrogênio.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Organização Industrial
COD Carga Horária Descrição
42506-03 45  A empresa diversificada (preços e lucros): racionalidade e maximização. Mercados: concorrência e monopólio; contestabilidade e oligopólio. Escala, escopo, diversificação e finanças. - Jogos não-cooperativos; formação do preço e seleção de outras variáveis estratégicas: propaganda e corrida de patentes. Desenho de mecanismo e aspectos evolucionários da rivalidade. - Chamberlin e o grupo. Concorrência, cooperação, cadeias de valor, arranjos produtivos e redes. Inovação e incerteza: concorrência e o equilíbrio na visão austríaca. - Falhas de mercado, falhas de instituições e falhas comunitárias. - Regulamentação da empresa privada: constitucionalismo versus modelo austríaco. - Organização Industrial e Desenvolvimento Econômico: curvas de aprendizado, crescimento da firma e a base regional. A lei do preço único.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Planejamento e Politicas Publicas
COD Carga Horária Descrição
72509-03 45 Planejamento econômico. O ciclo de políticas públicas. Orçamento público. Plano plurianual. Avaliação de políticas públicas. Tipologias e metodologias de avaliação de políticas públicas. Índices e indicadores de resultado. Monitoramento de políticas públicas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Pobreza e Desenvolvimento humano
COD Carga Horária Descrição
72510-03 45 Origem e significado da Abordagem do Desenvolvimento Humano. Mensuração: Metodologia e problemas enfrentados. Críticas e avanços dos indicadores de desenvolvimento existentes. Aspectos conceituais da pobreza (absoluta, relativas, unidimensional, multidimensional, objetiva e subjetiva). Dificuldades na mensuração da pobreza. Análise de experiências investigativas e políticas de enfrentamento pobreza.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Projetos de Pesquisa em Economia
COD Carga Horária Descrição
22507-03 45 Propiciar ao estudante os conhecimentos sobre os métodos de pesquisa em economia, fornecendo-lhe os instrumentos necessários para realizar pesquisas e, particularmente, elaborar a dissertação de mestrado e a tese de doutorado. No curso são discutidos o significado de um trabalho científico, a sua estrutura e as etapas de sua realização, possibilitando que o aluno aprenda a pensar e escrever de maneira científica.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Regional Economics Seminars – Real
COD Carga Horária Descrição
1946X-01 15 Seminários são experiências eficazes de aprendizagem para os alunos. Especificamente, os seminários de Economia Regional são organizados por professores do REAL e da PUCRS com a participação de pesquisadores internacionais e estudantes de mestrado e doutorado, discutindo sobre economia regional e temas relacionados.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Tópicos Avançados em Desenvolvimento e Meio Ambiente
COD Carga Horária Descrição
7251E-03 45 A complexidade da relação entre desenvolvimento e meio ambiente; economia circular; valores e meio ambiente; compreensão e posicionamento da sociedade sobre a temática ambiental; serviços ecossistêmicos e sustentabilidade; desigualdade e pressão ambiental; pobreza e meio ambiente; mudança climática.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.
Tópicos de Dinâmicas
COD Carga Horária Descrição
72515-03 45 O objetivo desta disciplina é aprofundar o instrumental matemático necessário para os alunos terem uma maior facilidade de compreensão e desenvolvimento de modelos econômicos dinâmicos. Estuda-se a dinâmica econômica e o cálculo integral; as equações em diferenças e os sistemas de equações em diferenças; as equações diferenciais, os sistemas de equações diferenciais e os diagramas de fase; o problema fundamental do cálculo de variação em otimização dinâmica e as condições de transversalidade; a introdução ao controle ótimo.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Desenvolvimento Econômico MESTRADO Não Obrigatória
Desenvolvimento Econômico DOUTORADO Não Obrigatória
Economia Regional MESTRADO Não Obrigatória
Economia Regional DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Crescimento, Inovação e Equidade Esta linha de pesquisa volta-se a investigação dos aspectos macro e microeconômicos associados ao Desenvolvimento. No que tange aos aspectos macroeconômicos investiga as relações entre o crescimento, as inovações e as transformações no mercado de trabalho. Contempla também a discussão recente sobre a qualidade do crescimento e/ou crescimento pró-pobre bem como o debate na literatura sobre a equidade e os problemas decorrentes da desigualdade econômica. Em termos microeconômicos, busca analisar como a promoção da cultura da inovação e do empreendimento pode melhorar a competitividade das empresas e incrementar a geração de renda e riqeuza na sociedade. Busca compreender também a dinâmica e o funcionamento do mercado de trabalho com ênfase na oferta e demanda por mão-de-obra e discriminação salarial, economia da saúde, da pobreza e indicadores de desenvolvimento.
Aglomeração Produtiva, Agronegócio e Meio Ambiente A linha de pesquisa tem como premissa o estudo da aglomeração produtiva, do agronegócio e do meio ambiente, bem como as interações entre estes. As pesquisas desta linha procuram investigar as causas e consequências da especialização setorial (ou funcional) dos centros urbanos em relação às estratégias das firmas e ao seu potencial de crescimento e desenvolvimento e também como o agronegócio e o meio ambiente podem ser analisados do ponto de vista da dinâmica econômica regional. Além destas questões, a localização das atividades, o processo de crescimento e desenvolvimento das aglomerações econômicas têm trazido ao centro do debate atual a discussão sobre como estimular a trajetória de desenvolvimento regional de maneira sustentável, compreendendo os novos atores e funções envolvidas nas questões da economia do meio-ambiente.