Produção Audiovisual

Tipo de curso Curso Superior de Tecnologia
Modalidade presencial
Tempo de curso 5 semestres
Vestibular verão
Turno Tarde
Vagas Anuais 45

Mais informações

Apresentação

O curso de Produção Audiovisual da PUCRS, chamado carinhosamente de TECCINE, é um curso tecnólogo, dividido em cinco semestres. Além desenvolverem seus conhecimentos em disciplinas relacionadas às funções de uma equipe audiovisual e em outras ligadas à reflexão cinematográfica, os estudantes encontram nos cinco Laboratórios de Realização um ambiente calcado na vivência de uma produtora que desenvolve filmes e outros projetos.

Como uma incubadora, estes laboratórios foram responsáveis por fomentar o nascimento de diversas iniciativas impactantes no cenário do audiovisual gaúcho e brasileiro. Produtoras diversas foram (e são) formadas essencialmente por egressos do curso e tiveram seus trabalhos exibidos em festivais nacionais e internacionais, como Berlim e Roterdã, E MUITOS DESTES PREMIADOS. Ao mesmo tempo, os Laboratórios já produziram inúmeros curtas, três longas-metragens, uma série.

Contando com um corpo docente de professores com larga experiência no cinema, o TECCINE tem formado também realizadores independentes e profissionais destacados em diversas funções: em 2021, uma egressa estreou seu primeiro longa-metragem no Festival de Sundance e um alumni foi o responsável pela direção de fotografia de uma série original produzida pela Netflix.

Desde 2018, os alunos também têm aproveitado a infraestrutura do Tecnopuc Tecna. Além de aulas específicas de Imagem e Som, os filmes realizados nos Laboratórios de Realização IV e V são finalizados no Tecnopuc Tecna. Lá os futuros diretores, diretores de fotografia e sound designers utilizam estações de alta tecnologia para a pós-produção de imagem e trabalham o som dos filmes na mais moderna sala de mixagem do Brasil (com tecnologia Dolby Atmos).

Criado em 2004, o curso se destaca pelo projeto pedagógico inovador, sendo uma referência no ensino de cinema no Brasil.

 

Objetivos do curso

1. Formar profissionais capacitados para atuarem no conjunto de atividades essenciais à realização de obras audiovisuais;

2. Fornecer as bases teóricas e práticas necessárias à compreensão do mercado audiovisual, levando em conta suas especificidades artísticas e técnicas, o histórico do seu desenvolvimento; as suas interseções com diferentes linguagens e mídias; as competências exigidas e as possíveis formas de interferência neste mercado;

3. Qualificar – técnica e culturalmente – os iniciantes neste setor de atividade, facilitando as condições de inserção no mercado profissional em níveis regional, nacional e internacional. Ao mesmo tempo, oferecer esta qualificação a profissionais já atuantes no mercado, como atualização.

 

Formação profissional

O Curso Superior Tecnológico em Produção Audiovisual, dá ênfase aos trabalhos práticos e técnicos, sem deixar de abordar os fundamentos teóricos e culturais de realização cinematográfica, formando profissionais especializados na criação e produção de obras ficcionais e documentários.

 

Coordenador

 

Exercício e filmes

Em 5 semestres (1800 horas/aula), cada turma produzirá 24 filmes e vídeos. Cada aluno participará de, no mínimo, 5 trabalhos, tendo a oportunidade de exercer as funções de roteirista, diretor, produtor, editor, fotógrafo e técnico de som.

 

Currículos do curso

  • Decreto de Reconhecimento: Portaria nº 52/06 (D.O.U. de 24/08/2006)
  • Duração Mínima: 5 semestres

A principal característica do curso é a sistematização de trabalhos práticos ao longo dos cinco semestres, nos Laboratórios de Realização. Com a orientação de 2 ou 3 professores, os alunos trabalham em 4 núcleos de produção para o desenvolvimento de 24 projetos de produção, em 16 mm e vídeo digital, de ficção e documentário. As disciplinas do curso estão divididas em três grandes grupos:

1. Disciplinas culturais – que se referem ao mundo audiovisual contemporâneo, mas não estão restritas a ele – fornecerão uma base de conhecimentos culturais para o aluno compreender o cinema, o vídeo e suas derivações como aspectos contemporâneos de um processo histórico, desvendando seu passado e prospectando seu futuro;

2. Disciplinas de linguagem estão voltadas para as articulações e interseções específicas do cinema e do audiovisual, contemplando as matrizes das expressões através de imagens e sons combinadas pela via da montagem/edição.

3. Disciplinas de realização contemplam os estudos dos ofícios da produção, com ênfase nas técnicas de roteiro, produção, direção, fotografia, som e montagem/edição, integrando atividades práticas da realização de obras audiovisuais pelos alunos sob orientação dos professores.

Os diversos componentes curriculares são as bases para uma formação crítica e reflexiva do espaço audiovisual, articulada com as habilidades técnicas e de linguagem, necessárias à criação e à produção de filmes e vídeos, de forma a capacitar o aluno não só a atuar profissionalmente, mas também a identificar as suas potencialidades e talentos para o exercício de funções específicas e ainda para buscar formação complementar.

SEM COD Disciplina CH
1 23604-02 Gramática da Narrativa Visual 30
1 23605-02 História da Arte 30
1 23643-02 Histórias do Cinema: das Origens Ao Neorrealismo 30
1 23647-04 Imagem: Fundamentos 60
1 23609-04 Laboratório de Realização I 60
1 23644-04 Metodologias de Produção 60
1 23646-04 Montagem: Fundamentos 60
1 23645-04 Roteiro: Fundamentos 60
1 23602-02 Tecnologias Audiovisuais 30
2 23612-04 Documentario 60
2 23649-02 Histórias do Cinema: Cinemas Novos 30
2 23652-04 Imagem: Suportes Eletrônicos e Luz Artificial 60
2 23618-04 Laboratório de Realização II 60
2 23654-04 Montagem: Linguagem, GÊNEROS E FORMATOS 60
2 23650-04 Produção: Projetos e Formatos 60
2 23651-04 Roteiro: Adaptação e Não Ficção 60
2 23653-04 Áudio: Fundamentos 60
3 23624-02 Direção 30
3 23621-04 Dramaturgia 60
3 23632-02 História do Cinema Brasileiro 30
3 11521-04 Humanismo e Cultura Religiosa 60
3 23657-04 Imagem: Recursos e Efeitos 60
3 23637-04 Laboratório de Realização III 60
3 23658-02 Montagem: Finalização, Recursos e Processos 30
3 23655-02 Produção Executiva 30
3 23656-02 Roteiro: Práticas de Escritura 30
3 23659-04 Áudio: Prática e Estética 60
4 23610-02 Análise Fílmica 30
4 23641-04 Disciplinas Eletivas 60
4 23630-08 Laboratório de Realização IV 120
4 23640-02 Mercado Audiovisual 30
4 23661-03 Projeto Experimental: Imagem, Audio, Montagem 45
4 23660-03 Projeto Experimental: Roteiro, Produção, Direção 45
4 23635-02 Teorias e Estética do Cinema 30
5 23636-08 Laboratório de Realização V 120

Como ingressar

Para iniciar o Curso de Produção Audiovisual é necessário realizar o Concurso Vestibular da PUCRS, edição de verão.

A PUCRS oferece também a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência, ingresso de diplomado e reopção.

 

Como ingressar

Os Laboratórios de Realização
O Curso de Produção Audiovisual tem como eixo integrador os Laboratórios de Realização. No percurso de cinco semestres, os alunos participam de pelo menos cinco obras. Tudo inicia no Laboratório de Realização I, com filmes mudos de um minuto, utilizando filme em 35mm. No segundo laboratório, realizam-se documentários. Já no terceiro semestre, o foco é na dramaturgia, com curtas rodados no Campus da PUCRS. No quarto semestre, os alunos realizam curtas-metragens com duas diárias de gravação. E no Laboratório de Realização V, são realizados filmes com três diárias de filmagem.

Todos os laboratórios contam com equipamentos do curso, eletricista especialmente contratado, além de supervisores de imagem, pós-produção e mixagem. Além disso, todos os projetos são acompanhados por professores, que funcionam como consultores das realizações.

Nos Laboratórios, os alunos aprendem a trabalhar em equipe, exercem diferentes funções, criam parcerias artísticas e se preparam para o mercado. A cada semestre, muitas produções são finalizadas, exibidas e debatidas.

Filmes ou séries, ficções ou documentários, cinema autoral ou comercial, dramas, comédias, terror, distopia e tantos etcétras. O audiovisual é cheio de caminhos. E todos podem ser percorridos no TECCINE.

 

Mercado Audiovisual

Atualmente o Rio Grande do Sul permanece entre os principais polos de produção audiovisual do Brasil, ao lado de Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco e Minas Gerais. Levantamentos do Governo do Estado, visando a implantação da RS Film Comission (2015), indicaram que o Rio Grande do Sul mantém a posição de terceiro polo produtor, considerando os lançamentos de filmes de longa-metragem. Entre 1997 e 2017, foram lançados 77 filmes, segundo dados da ANCINE.

Neste período, filmes, vídeos, programas e conteúdos diversos para televisão (aberta e por assinatura) produzidos no Rio Grande do Sul conquistaram o reconhecimento da crítica e passaram a circular em diferentes janelas de exibição nos mercados nacional e internacional.

Dados do IBGE indicam que, a partir de 2014, a participação da indústria audiovisual no PIB ultrapassa a marca dos 25 bilhões de reais, respondendo pela geração de mais de 300 mil postos de trabalho e mais de 2000 agentes econômicos registrados. Em 2018, somente os lançamentos de filmes nacionais responderam pela venda de 24 milhões de ingressos nas salas, correspondendo a uma receita de 290 milhões de reais, com 185 lançamentos no circuito exibidor. Em 2014, o Rio Grande do Sul registrava mais de 1500 empresas do setor audiovisual, gerando cerca de 12.600 empregos formais e movimentando mais de 380 milhões de reais em remuneração profissional.

Contemporaneamente ligado à indústria criativa e à produção de conteúdo, o Mercado Audiovisual está em permanente expansão.

 

O que é um curso superior de tecnologia?

O Ministério da Educação, nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Tecnológico, estabeleceu que:

“Cursos Superiores de Tecnologia são cursos superiores de graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente, abrangendo os diversos setores da economia. Os graduados nos Cursos Superiores de Tecnologia denominam-se ‘tecnólogos’ e são profissionais de nível superior, especializados em segmentos de uma ou mais áreas profissionais com predominância de uma delas.”

“Os Tecnólogos possuem formação direcionada para aplicação, desenvolvimento e difusão de tecnologias, com formação em gestão de processos de produção de bens e serviços e capacidade empreendedora, em sintonia com o mundo do trabalho. A organização curricular dos Cursos de Tecnologia funda-se nos princípios de flexibilidade, interdisciplinaridade e contextualização.”

O Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual da PUCRS, portanto, é de Graduação, fornecendo a seus alunos todas as vantagens dos diplomados de Terceiro Grau, inclusive a possibilidade de ingresso regular em cursos de Pós-Graduação.