Apresentação

No mês de maio de 2003, estabeleceu-se oficialmente o Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular (Mestrado e Doutorado), recomendado pelo conselho técnico-científico (OF/CRC/CAPES Nº 396/2002).

O Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular vivenciou consideráveis avanços nos últimos anos, consolidando sua característica de forte produção intelectual qualificada, e desenvolvendo de forma acentuada outros aspectos, como a participação discente nas publicações e a internacionalização de seus grupos de pesquisa. Este processo de melhoria em todos os indicadores se refletiu na evolução do conceito do PPGBCM. O triênio que compreendeu os anos de 2010 a 2012 foi um período de importantes progressos, no qual o PPGBCM demonstrou um considerável crescimento e amadurecimento, tendo resultado na obtenção de conceito 6 na avaliação trienal da Pós-Graduação da CAPES, se posicionando entre os melhores PPGs do país na subarea de Biologia Geral da área de Ciências Biológicas I da CAPES.

Desenvolver, no âmbito de equipes integradas por docentes e discentes do PPG, pesquisas científicas avançadas com foco nas seis linhas que compõem o Programa:

(i) Biologia Molecular da Interação Droga-Alvo;

(ii) Caracterização Celular e Molecular em Microbiologia e Parasitologia;

(iii) Estrutura e Metabolismo Celular;

(iv) Genética, Genômica e Bioinformática

(v) Imunologia Celular e Molecular; e

(vi) Neurobiologia Celular e Molecular.

Formar recursos humanos qualificados para atuação em pesquisa de alto nível com foco nas seis linhas do PPG, incluindo o fomento à nucleação de novos grupos de investigação atuantes nestas áreas, tanto no Brasil como no exterior, a partir dos egressos do Programa.

Formar recursos humanos qualificados para praticar a docência em todos os níveis de ensino, e particularmente na graduação e pós-graduação, com capacidade de atuar em qualquer área no âmbito da Biologia Celular e Molecular.

Promover, fomentar e articular ações que resultem em benefícios à sociedade além do contexto acadêmico estrito, incluindo projetos de extensão nas áreas de saúde e ensino fundamental, parcerias com museus e outros veículos de divulgação científica, bem como desenvolvimento de produtos e serviços inovadores que possam ser transferidos ao setor industrial e/ou aplicados no setor tecnológico.

Formar profissionais com níveis avançados de qualificação, capacitados em nível internacional para o desenvolvimento de pesquisas científicas inovadoras e para atividades de docência e formação de recursos humanos em diferentes áreas da Biologia Celular e Molecular.

Conceito Capes: 6
Mestrado: 24 créditos
Doutorado: 36 créditos
Mestrado: mínimo de 12 e máximo de 30 meses
Doutorado: mínimo de 24 e máximo de 54 meses