Programa de Pós-Graduação em Letras

Melhor Pós-Graduação do Brasil - Letras, nota 7.

 

A área de LINGUÍSTICA compromete-se com análise e descrição de sistemas e do uso da língua, em duas linhas de pesquisa: (a) Teoria e Análise Linguística: estuda descrição da interface sintático-semântica e pragmática nos aspectos formais, cognitivos e comunicativos da linguagem; da análise formal de aspectos fonológicos do Português e de estudos comparativos de sistemas e subsistemas fonológicos; (b) Teorias e Uso da Linguagem: estuda a linguagem verbal a partir da relação entre perspectivas teóricas e empíricas da estrutura linguística referentes a texto e discurso, aquisição da linguagem pela criança e variação linguística.

A área de TEORIA DA LITERATURA volta-se a questões relativas a aspectos teórico-críticos da produção e recepção literárias, sistema literário, formação de leitores, literatura infantil e juvenil, pesquisa sobre fontes primárias, recuperação e história da literatura. Nessa área, há duas linhas de pesquisa: (a) Teorias Críticas da Literatura: investiga e avalia pressupostos teóricos que fundamentam o fato literário, reflete sobre relações que a literatura estabelece com outros campos e sistemas culturais; (b) Literatura, História e Memória: investiga a literatura como fenômeno histórico e de expressão identitária, específico de espaços determinados ou vinculados a universo mais amplo.

A área de ESCRITA CRIATIVA, com ênfase interdisciplinar, tem uma linha de pesquisa específica: Leitura, Criação e Sistema Literário. Investiga a gênese de textos literários e não literários, sua relação com outras linguagens, a inclusão do escritor no sistema literário, apoiada em teorias críticas da literatura e em documentos de escritores sobre o processo de criação. Seu foco volta-se à criação literária e seus fundamentos estéticos, à crítica genética, às relações entre literaturas e outras mídias, produção de roteiros teatrais e fílmicos e criação de textos não literários. Os acervos literários e documentais do DELFOS – Espaço de Documentação e Memória Cultural – estão à disposição para investigação e aulas in locosobre o processo criativo dos escritores através do manuseio e da análise dos manuscritos, correspondências, fotografias e anotações registradas em livros e outros materiais que integram o Espaço.

As três áreas têm em comum uma linha de pesquisa – Fundamentos Linguístico-Literários da Linguagem – que dá suporte ao estudo do significado nos textos literários e não literários. Visa ao estudo teórico do campo mais abrangente no qual se inserem as três áreas – a linguagem – e reúne projetos que têm interfaces com a sociedade atual, entre os quais os voltados ao ensino. Essa linha comum proporciona o estabelecimento de estudos interdisciplinares, que trazem resultados positivos à área de Letras.