Confira 6 curiosidades sobre a Biblioteca Central Ir. José Otão

Espaço está comemorando 45 anos de história no Campus da PUCRS

29/11/2023 - 11h28

Foto: Clarissa Jesinska Selbach

No mês em que a Universidade completa 75 anos, um dos espaços mais essenciais também faz aniversário: a Biblioteca Central Ir. José Otão está completando 45 anos de história. Originada a partir do acervo do Colégio Rosário em 1940, a Biblioteca se mudou para o Campus da PUCRS em 1967. Pouco mais de uma década depois, passou a ocupar uma área de dez mil metros quadrados no centro do Campus, no atual prédio 16 da Universidade, tendo sido oficialmente inaugurada no dia 29 de novembro de 1978. 

Conheça mais sobre a história da Biblioteca 

Repleta de livros, revistas, periódicos e muitos outros materiais físicos e digitais, e tendo sido palco de diversas exposições culturais e científicas, a Biblioteca da PUCRS constitui um dos mais importantes espaços acadêmicos do Brasil e da América Latina. Confira seis curiosidades sobre esse ambiente tão especial e querido pela comunidade universitária:

1) O material mais antigo

O livro mais antigo da Biblioteca é do ano de 1563: Loukianou Apanta, escrito por de Samósata Luciano, é um livro de filosofia e literatura grega, com texto em latim e grego. 

2) A evolução para o digital

Hoje em dia, a Biblioteca conta com as tecnologias de autoempréstimo e autodevolução de materiais por meio da leitura de código de barras e de etiquetas de radiofrequência (RFID), entre vários outros recursos. Mas sabia que nem sempre foi assim? Antes da automação das bibliotecas, os bibliotecários elaboravam fichas catalográficas, que eram datilografadas ou impressas individualmente em papéis mais espessos, e as organizavam em extensos ficheiros, constituindo assim os catálogos físicos do acervo. Também eram utilizadas fichas para registrar o empréstimo dos livros. O catálogo de fichas em papel foi utilizado até 1994, quando foi finalizada a migração para o sistema informatizado Aleph. 

3) Expansão da Biblioteca

A Biblioteca passou por várias transformações até alcançar a imponência e magnitude que tem hoje. Entre 2006 e 2008, ocorreu a reforma para ampliação do prédio, que originalmente tinha dez mil metros quadrados, para 21 mil metros quadrados. Essa ampliação ocorreu por meio da integração de uma torre de 14 pavimentos à estrutura já existente. Durante esse período, os serviços da Biblioteca seguiram funcionando normalmente, com algumas adaptações.   

4) Do impresso ao eletrônico

Nem só de livros no tradicional formato de capa dura vive a Biblioteca da PUCRS: além deles, a Biblioteca possui os mais diversos tipos de materiais no acervo, como livros em Braille, livros falados em CD, disco de vinil, livros em miniaturas, livros eletrônicos, bases de dados, periódicos impressos e eletrônicos, cartazes e álbum de fotos de cinema, entre outros. 

5) Encontre o que procura

Em busca de um material específico, mas não sabe o título dele? Sem problemas! No OMNIS, além de pesquisar pelo título de uma obra, é possível fazer a busca por autor, assunto e até mesmo por personagens fictícios! Confira no vídeo! 

6) Espaço acessível

No segundo andar da Biblioteca há um espaço aberto a toda a comunidade, com recursos e serviços de tecnologia assistiva voltada a pessoas com deficiência visual. Alguns dos recursos disponíveis são: 

  • computadores com softwares para leitura de tela utilizando sintetizadores de voz;
  • scanner para digitalização de textos;
  • conversão de texto escrito para texto falado;
  • acervo de livros falados;
  • fones de ouvido para audição dos livros falados e de textos.

 

Acesse o site de aniversário da Biblioteca

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por PUCRS (@pucrs)


Leia Mais Veja todas