Disciplinas

Horários das disciplinas 2020/2

Para acessar: Clique aqui


Conheça as disciplinas do Programa

 

A prática etnográfica
COD Carga Horária Descrição
51573-04 60 A etnografia como base tradicional na definição do espaço disciplinar da antropologia como campo de conhecimento. Os fundamentos teóricos embasadores dos métodos e técnicas de pesquisa em Antropologia. Questões teórico-metodológicas envolvidas no trabalho de campo. A construção do objeto e da abordagem antropológica.
Professor Tempo de Casa Lattes
LUCIA HELENA ALVES MULLER 20 anos e 7 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Ciências sociais das instituições e organizações econômicas
COD Carga Horária Descrição
61636-04 60 Referências teóricas e conceituais que configuram as instituições, organizações e práticas econômicas como objeto de pesquisa das Ciências Sociais. Abordagens críticas aos pressupostos das teorias de inspiração neoclássica (homo economicus). A economia como construção social. Estudos contemporâneos sobre mercados, empresas, consumo, finanças, moedas, a partir de abordagens sócio-antropológicas
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Corpo e poder
COD Carga Horária Descrição
61638-04 60 Referências teóricas e conceituais para a abordagem das interseções entre gênero/sexualidade, idade, etnia e origem social em processos identitários e políticos contemporâneos. O pensamento foucaultiano, os estudos pós-coloniais e feministas em debates contemporâneos sobre identidades, diferenças, violências e direitos humanos. Sujeitos, individualização e subjetivação na contemporaneidade. Estudos antropológicos e sociológicos sobre os processos de medicalização da existência. Políticas do corpo e ativismos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Eleições e Representação Política
COD Carga Horária Descrição
61629-04 60 A disciplina tem por objetivo investigar algumas das principais dinâmicas políticas constituintes das sociedades democráticas: a representação partidária e o processo eleitoral. A democracia, como processo decisório, os sistemas partidários e eleitorais serão, portanto, objetos primordiais desta investigação. Também farão parte da investigação a análise de carreiras políticas e dos padrões de recrutamento partidário, assim como os elementos essenciais do processo eleitoral: as campanhas e o comportamento do eleitor.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Estado e Direito na Teoria Social Contemporânea
COD Carga Horária Descrição
61626-04 60 A disciplina visa abordar a forma como o fenômeno jurídico, nas suas dimensões normativa e institucional, é tratado por alguns dos principais teóricos sociais contemporâneos. A partir de uma visão geral a respeito das diferentes perspectivas teóricas de abordagem sociológica do Estado e do direito (marxista, weberiana, estrutural-funcionalista), serão discutidos o lugar e as características do Estado e do direito na sociedade contemporânea, seu impacto sobre a realidade social, bem como os processos de transformação em curso. Pretende-se discutir as contribuições de autores como Michel Foucault, Jurgen Habermas, Niklas Luhmann, Anthony Giddens, Pierre Bourdieu e Boaventura de Sousa Santos para a construção de uma teoria social que incorpore o papel e as características do Estado e do direito na conformação do social.
Professor Tempo de Casa Lattes
RODRIGO GHIRINGHELLI DE AZEVEDO 17 anos e 8 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Estratificação e Desigualdades Sociais
COD Carga Horária Descrição
61634-04 60 O curso busca introduzir e debater as principais perspectivas teóricas, questões e trabalhos empíricos desenvolvidos dentro deste que é um dos grandes temas da Sociologia: desigualdades e estratificação social. Num primeiro momento serão discutidas as principais linhas de abordagem sobre o tema - desde a escola funcionalista norte-americana, até os textos fundadores de Marx e Weber ¿ e, também, conceitos fundamentais como: desigualdade de condições, desigualdade de oportunidades, cristalização, rigidez, desigualdades adscritas, desigualdades adquiridas, pobreza absoluta, pobreza relativa etc. Posteriormente será dada atenção aos processos através dos quais as desigualdades se estruturam, com foco nos estudos sobre classe (principalmente em autores como John Goldthorpe e Erik Olin Wright), ocupação (David Grusky, Kim Weeden) e status (Donald Treiman, Blau & Duncan etc). A terceira parte do curso, então, será dedicada a temas mais específicos, como: desigualdade de renda, desigualdades educacionais, mobilidade social, desigualdades de gênero, desigualdades de cor, e percepções sobre as desigualdades. Nesse módulo serão utilizados trabalhos de cunho eminentemente empírico, nacionais e internacionais
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Fundamentos de Teoria Antropológica
COD Carga Horária Descrição
61644-03 45 Estudo sobre a formação e o desenvolvimento da Antropologia social e cultural e seus campos de estudo. A crítica ao etnocentrismo e o relativismo cultural. As principais teorias e conceitos da disciplina e seu instrumental metodológico: a etnografia, o trabalho de campo e a observação participante.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Fundamentos de Teoria Política
COD Carga Horária Descrição
61646-03 45 A disciplina consiste em uma introdução aos fundamentos filosóficos e metodológicos da teoria política. Visa estudar as relações entre teoria e filosofia políticas com a ciência política como disciplina acadêmica. Tem como foco a interseção entre abordagens, filosóficas, psicológicas, normativas e empíricas dos problemas políticos. Seu objetivo é investigar as dimensões mais permanentes da vida política, que vão desde o desenho das instituições e práticas políticas até os termos e conceitos utilizados para interpretá-las. Pretende-se, portanto, fornecer aos estudantes um conjunto abrangente de ferramentas conceituais que possibilitem interpretar questões substantivas e problemas de pesquisa no campo da ciência política.
Professor Tempo de Casa Lattes
TERESA CRISTINA SCHNEIDER MARQUES 6 anos e 8 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Fundamentos de Teoria Sociológica
COD Carga Horária Descrição
61645-03 45 A sociologia enquanto área do conhecimento; clássicos da sociologia: Marx, Durkheim, Weber, Simmel; abordagens compreensiva, estrutural, funcional e sistêmica; perspectivas micro e macro e tentativas de síntese na análise sociológica; questões epistemológicas na pesquisa sociológica; sociologia e os processos de transformação social.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Ideologias Políticas Contemporâneas
COD Carga Horária Descrição
61628-04 60 A disciplina tem por objetivo investigar alguns aspectos da dimensão ideológica do mundo político. A clivagem ideológica esquerda ¿ direita e suas variantes, como a ¿terceira via¿ e o pós-materialismo, serão investigadas a fim de compor um panorama geral das ideologias políticas contemporâneas. Será objeto de estudo, em especial, o caso brasileiro e a problemática dimensão ideológica de seus partidos políticos.
Professor Tempo de Casa Lattes
AUGUSTO NEFTALI CORTE DE OLIVEIRA 3 anos e 3 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Indivíduo e sociedade
COD Carga Horária Descrição
61639-04 60 Estudo das teorias sociológicas e antropológicas que tratam da relação entre indivíduo e sociedade, tais como, Contratualismo, Teoria da Prática, Antropologia da Pessoa, Teoria da Agência, Teoria da Escolha Racional, Interacionismo Simbólico, etc. Exploração analítica, a partir deste aporte teórico, das dicotomias entre individualismo e holismo, igualdade e hierarquia, agência e estrutura
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Infância, família e políticas: abordagem socioantropológica
COD Carga Horária Descrição
61632-04 60 Perspectivas teóricas sobre construção social de problemas sociais, com ênfase nas políticas para infância e juventude. Modos de intervenção na família: atores, leis, discursos e práticas institucionais. Infância e família como construções socioculturais. Direitos humanos e a noção de "melhor interesse da criança" como campo de controvérsias culturais. Sujeitos de direitos, família/parentesco e sensibilidades socioculturais. Estudos contemporâneos sobre ciência, política e moralidades na produção contemporânea da infância e da família. Judicialização e politização das relações familiares, maternidade, paternidade e parentalidade.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Metodologia da Pesquisa em C. Sociais (obrigatória Mestrado)
COD Carga Horária Descrição
31592-03 45 A disciplina aborda aspectos básicos da pesquisa científica e da elaboração do projeto de dissertação, com ênfase especial 1) a questões de ordem lógica e teórica na produção de conhecimento científico e no desenvolvimento dos projetos de investigação, considerando a diversidade de abordagens, temáticas e propósitos de pesquisa e 2) à elaboração do projeto de dissertação como um roteiro de investigação.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Movimentos e organizações sociais
COD Carga Horária Descrição
61630-04 60 As principais abordagens latino-americanas, europeias e norte-americanas sobre os movimentos sociais; fenômenos correlatos com ONGS, redes nacionais e transnacionais de cooperação e organizações filantrópicas; organizações sociais e as políticas públicas; participação política e democracia; movimentos sociais nacionais e transnacionais; cidadania.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Métodos quantitativos em Ciências Sociais
COD Carga Horária Descrição
61642-04 60 Utilização das ferramentas oferecidas pela estatística para a pesquisa social aplicada às diversas áreas de atuação do cientista social. Desenvolver capacidades para a produção e interpretação de instrumentos estatísticos quantitativos utilizados no cotidiano da pesquisa acadêmica e do mercado profissional
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Narrativas biográficas: condução e análise de entrevistas
COD Carga Horária Descrição
61641-04 60 A disciplina será no formato de ¿ateliê¿, especialmente para alunos que já tenham cursado a disciplina ¿Vida cotidiana: interpretações e narrativas¿. Durante o Seminário serão apresentados e discutidos os princípios epistemológicos, teóricos e metodológicos da condução de entrevista narrativa, transcrição e das possibilidades de análise. Ao longo do semestre os participantes conduzirão entrevistas narrativas, que serão discutidas e analisadas em sala com os demais participantes.
Professor Tempo de Casa Lattes
HERMILIO PEREIRA DOS SANTOS FILHO 18 anos e 7 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Política Criminal, Violência e Segurança Pública
COD Carga Horária Descrição
61631-04 60 A disciplina pretende discutir as políticas de segurança pública e justiça criminal, levando em conta as diferentes perspectivas de resposta ao problema da violência e da criminalidade no Brasil. Pretende ainda identificar os dilemas enfrentados no Brasil pelos gestores públicos e agentes jurídicos, considerando o funcionamento e a atuação das forças policiais, do sistema de justiça e do sistema prisional. Pretende-se analisar, nos planos teórico e empírico, as principais tendências contemporâneas de política criminal, levando em conta as dimensões da criminalização primária e secundária, a atuação das polícias e as políticas de prevenção ao delito na última década no Brasil.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Religião e sociedade
COD Carga Horária Descrição
51574-04 60 Estudo sobre os conceitos clássicos da Antropologia e da Sociologia da religião, como igreja, seita, magia, secularização, sagrado e profano, identidade e ethos religiosos. Abordagem, de um ponto de vista histórico, antropológico e sociológico, da relação Igreja¿Estado, da liberdade, da tolerância, do pluralismo e do mercado religiosos, da construção e administração de repertórios simbólicos que estruturam crenças e práticas religiosas. Abordagem das principais transformações pelas quais passou o campo religioso brasileiro no último século.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Seminário de Tese (obrigatória Doutorado)
COD Carga Horária Descrição
61643-04 60 O seminário objetiva orientar os alunos na elaboração de seus projetos de tese. Os temas a serem discutidos serão definidos em função das pesquisas empreendidas pelos alunos de cada turma. Cada um apresentará seu tema e a evolução do projeto, a partir do calendário definido pelo professor da disciplina. A orientação fornecida durante o curso da disciplina será dirigida exclusivamente à elaboração do projeto. A orientação substantiva será fornecida pelo professor orientador de cada aluno. O Objetivo é a elaboração dos projetos para produção das teses de doutorado dos alunos do PPGCS.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Sociedade e Processos Políticos
COD Carga Horária Descrição
61625-04 60 A disciplina parte das contribuições teóricas de Norbert Elias, Pierre Bourdieu e Anthony Giddens para a análise dos processos de centralização do poder/formação do Estado-Nação e de surgimento/estruturação do campo político. Discorre sobre os projetos teóricos destes autores para superar a polaridade entre as perspectivas do individualismo metodológico e do estruturalismo. Para tanto, aborda a noção de processo civilizador, o poder e o mercado de bens simbólicos, gostos de classe e estilos de vida, os conceitos de figuração e de interdependência, de habitus e de campo, a sociogênese da política, a política enquanto profissão e a configuração do mercado político-eleitoral.
Professor Tempo de Casa Lattes
EMIL ALBERT SOBOTTKA 23 anos e 2 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Softwares de apoio à pesquisa social
COD Carga Horária Descrição
61640-04 60 Programas de computador para apoio à pesquisa social; fontes de dados primários e secundários; coleta e organização de bancos eletrônicos de dados; programas para análise de dados quantitativos; testes estatísticos; programas para análise de dados qualitativos; apresentação de resultados de pesquisa; organização automatizada de referências.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Teoria social, cidadania e políticas públicas
COD Carga Horária Descrição
61647-04 60 A disciplina coloca em discussão abordagens em teoria social contemporânea. Busca elucidar sua capacidade de explicitar o conjunto de valores, normas, regras e instituições que constituem a convivência e as interações, com especial atenção para suas implicações para a cidadania e as políticas públicas. Dentre a diversidade de escolas e tradições são priorizados aquelas autoras e autores que, em perspectiva crítica, buscam relacionar diagnóstico de realidade, marcos teóricos consistentes e perspectivas para a transformação social.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Teorias Contemporâneas da Democracia
COD Carga Horária Descrição
313A5-04 60 O presente curso objetiva apresentar uma visão panorâmica acerca do desenvolvimento do debate teórico contemporâneo sobre as concepções de democracia enquanto regime político. Para tanto, destaca as abordagens que se baseiam em estudos empíricos propostas pela ciência política. Assim, serão abordadas questões como: 1) democracia enquanto procedimento; 2) os limites da perspectiva procedimental e as alternativas teóricas propostas; 3) arranjos institucionais democráticos em perspectiva comparada quanto à governabilidade e a accountability; 4) as condições para a emergência de regimes democráticos; e, por fim, 5) o debate sobre a qualidade da democracia.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Tópicos Especiais
COD Carga Horária Descrição
01530-02 30 Ementas com temas variáveis que objetivam a discussão em função das linhas de pesquisa do Programa, visando contemplar as três às áreas do conhecimento: antropologia, ciência política e sociologia.
Professor Tempo de Casa Lattes
MARCOS PAULO DOS REIS QUADROS Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Tópicos Especiais II
COD Carga Horária Descrição
61578-02 30 Ementas com temas variáveis que objetivam a discussão em função das linhas de pesquisa do Programa, visando contemplar as três às áreas do conhecimento: antropologia, ciência política e sociologia.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Educação MESTRADO Não Obrigatória
Educação DOUTORADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Teorias e Culturas em Educação Estuda, desde uma visão analítica e crítica, entrelaçamentos da antropologia, história, filosofia, sociologia com a educação, problematizando condicionantes políticos e culturais na esfera educativa. Articula estudos e pesquisas de cunho teórico e empírico visando à reflexão sobre os fundamentos da experiência humana, da educação bem como diferentes abordagens de formação.
Pessoa e Educação Estuda a educação como um processo amplo implicado no desenvolvimento, formação e auto-formação da pessoa, destacando seus entrelaçamentos com a saúde, a espiritualidade, as histórias de vida. Acolhe estudos e pesquisas interdisciplinares que potencializam a dimensão pedagógica da experiência humana em suas interações com os aspectos biológicos, psicossociais, biográficos, culturais dos sujeitos e das subjetividades na sociedade contemporânea.
Formação, Políticas e Práticas em Educação Investiga a educação e os processos educacionais em diferentes espaços formativos, nas perspectivas sociopolíticas, históricas e culturais, visando a uma análise crítica de políticas, práticas de formação e planejamento educacional em diferentes contextos. Estuda a prática pedagógica nos diversos graus e modalidades de ensino, proporcionando elementos para tomada de decisões relativas às transformações na sociedade e no processo educativo.
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Tópicos Especiais III
COD Carga Horária Descrição
61600-02 30 Ementas com temas variáveis que objetivam a discussão em função das linhas de pesquisa do Programa, visando contemplar as três às áreas do conhecimento: antropologia, ciência política e sociologia.
Professor Tempo de Casa Lattes
ANDREIA MENDES DOS SANTOS 5 anos e 7 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Educação MESTRADO Não Obrigatória
Educação DOUTORADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Teorias e Culturas em Educação Estuda, desde uma visão analítica e crítica, entrelaçamentos da antropologia, história, filosofia, sociologia com a educação, problematizando condicionantes políticos e culturais na esfera educativa. Articula estudos e pesquisas de cunho teórico e empírico visando à reflexão sobre os fundamentos da experiência humana, da educação bem como diferentes abordagens de formação.
Pessoa e Educação Estuda a educação como um processo amplo implicado no desenvolvimento, formação e auto-formação da pessoa, destacando seus entrelaçamentos com a saúde, a espiritualidade, as histórias de vida. Acolhe estudos e pesquisas interdisciplinares que potencializam a dimensão pedagógica da experiência humana em suas interações com os aspectos biológicos, psicossociais, biográficos, culturais dos sujeitos e das subjetividades na sociedade contemporânea.
Formação, Políticas e Práticas em Educação Investiga a educação e os processos educacionais em diferentes espaços formativos, nas perspectivas sociopolíticas, históricas e culturais, visando a uma análise crítica de políticas, práticas de formação e planejamento educacional em diferentes contextos. Estuda a prática pedagógica nos diversos graus e modalidades de ensino, proporcionando elementos para tomada de decisões relativas às transformações na sociedade e no processo educativo.
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Tópicos Especiais IV
COD Carga Horária Descrição
1916R-04 60 Ementas com temas variáveis que objetivam a discussão em função das linhas de pesquisa do Programa, visando contemplar as três às áreas do conhecimento: antropologia, ciência política e sociologia.
Professor Tempo de Casa Lattes
FERNANDA BITTENCOURT RIBEIRO 24 anos e 7 meses Link
ANGELO BRANDELLI COSTA 4 anos e 7 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.
Vida cotidiana: interpretações e narrativas
COD Carga Horária Descrição
61635-04 60 A partir da sociologia compreensiva, a disciplina aborda as contribuições teóricas mais representativas para a análise da vida cotidiana, destacando-se as interpretações do mundo da vida, o processo de construção social da realidade, os cenários de construção de conhecimento do senso comum, bem como análises de narrativas biográficas. Serão analisadas durante o semestre as principais obras de representantes das escolas selecionadas, em especial Alfred Schütz, análises teóricas contemporâneas apoiadas nessas interpretações, assim como trabalhos empíricos recentes baseados nessas abordagens, com ênfase especial à pesquisa com narrativas biográficas
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Organizações, Cultura e Democracia MESTRADO Não Obrigatória
Organizações, Cultura e Democracia DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Instituições políticas e Democracia O objetivo da linha de pesquisa é investigar as principais instituições políticas a partir de perspectivas teóricas e empíricas. As instituições representativas do Estado nacionais, subnacionais e internacionais (poderes Executivos e Legislativos), os vínculos entre Estado e Sociedade (Partidos Políticos, Eleições, Sociedade Civil), os Poderes Judiciários (em âmbito nacional e local) e a política externa do Brasil, constituirão objetos centrais de investigação. Ainda será investigado o comportamento político tanto no âmbito das instituições políticas (elites políticas) quanto da população em geral, considerando tanto formas tradiconais de participação, como a eleitoral, quanto formas alternativas, como os mecanismos de democracia direta e/ou deliberativa.
Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Cidadania Estuda a organização de sociedades modernas na perspectiva do desenvolvimento da cidadania e da democracia, e as políticas públicas com foco em seu marco legal, sua implementação e suas implicações; analisa os conflitos e a formação de novas clivagens sociais; investiga a trajetória dos movimentos e das organizações sociais e os potenciais de transformação da sociedade; busca integrar a pesqusia empírica com o desenvolvimento de teoria social.
Cultura, Sociedade e Identidade Estudo das sociedades humanas buscando identificar e explorar analiticamente suas especificidades sócio-antropológicas, seus padrões e normalidades, seus sistemas de pertencimento e classificação identitárias; análise de práticas sociais e culturais reveladoras de processos contemporâneos impactantes, tais como processos emergentes de mobilidade sócio-econômica, de domínio dos mercados e da financeirização da vida econômica, de transformações no mundo do consumo, revitalização religiosa e novas práticas terapêuticas, informacionalização midiática da sociedade, surgimento de novos estilos de vida, inovações nas práticas de disciplinamento e controle social; construção das sensibilidades metodológicas necessárias às pesquisas orientadas por essas temáticas.