Excelência em pesquisa faz da PUCRS uma instituição líder no campo da ciência no Brasil

Impacto nacional e internacional das publicações científicas e a formação continuada de pesquisadores são destaques da Universidade

06/07/2023 - 10h58

A PUCRS é excelência em pesquisa em diversas áreas do conhecimento. / Foto: Camila Cunha

No Campus da PUCRS a pesquisa está presente de maneira transversal em todos os lugares: na Biblioteca, no Living 360, no Museu de Ciências de Tecnologia, no Parque Tecnológico, nas salas de aula, nos laboratórios de ensino e pesquisa, nos Institutos, no Hospital São Lucas. Docentes e pesquisadores conduzem pesquisas de alto nível junto dos seus alunos/as de iniciação científica, mestrado e doutorado, além de uma centena de pós-doutorandos. Os resultados dessas pesquisas têm sido publicados em periódicos científicos nacionais e internacionais, têm transformado as jornadas de estudantes da graduação e pós-graduação e o mais importante: transbordado o conhecimento produzido para impactar diferentes setores da sociedade.  

No dia 8 de julho celebramos o Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador, data que marca a importância do protagonismo de pesquisadores e pesquisadoras e das pesquisas realizadas no País. Por mais um ano consecutivo considerada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) como a melhor pós-graduação stricto sensu do Brasil na Avaliação Quadrienal (2017-2022), a PUCRS comemora a data olhando para a dimensão da pesquisa em sua atuação e o impacto científico e social gerado. 

“A excelência da pesquisa da PUCRS é reconhecida nacional e internacionalmente. Mérito dos nossos pesquisadores. O esforço de todos nós tem sido aproximar ainda mais nossa produção científica das demandas da sociedade. E nossos resultados mostram que temos tido êxito também neste desafio”, destaca o professor Carlos Eduardo Lobo e Silva, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação. 

A professora Maria Martha Campos, diretora de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, ressalta que a data é também um momento que faz lembrar de como os trabalhos de pesquisa científica podem transformar vidas:

“Oito de julho representa um momento ímpar para lembrar da relevância da ciência e da pesquisa científica na formação qualificada de recursos humanos, passando pela graduação até a pós-graduação. A PUCRS tem a pesquisa de excelência como um dos seus diferenciais, permeando os percursos formativos dos discentes, independentemente do nível de formação. Esse dia nos faz lembrar de como os trabalhos de pesquisa científica podem mudar nossas vidas”.  

Pela avaliação da CAPES, a PUCRS tem a melhor Pós-Graduação Stricto Sensu do Brasil. / Foto: Giordano Toldo

Qualidade na formação e impacto social 

Por meio do conhecimento e aprofundamento de diversos estudos, a ciência é fundamental para a evolução da humanidade em áreas como saúde, tecnologia, energia, comunicação, sustentabilidade, política, esporte e muitas outras. No último ciclo avaliativo da CAPES a PUCRS atingiu seu melhor desempenho histórico: se manteve como a melhor pós-graduação do Brasil entre as instituições de ensino superior com mais de 10 Programas de Pós-Graduação (PPGs), com um conceito médio igual a 6, indicativo de excelência internacional. Dos 22 PPGs, 95% alcançaram as notas 5, 6 ou 7.    

Leia mais: Conheça as pesquisas desenvolvidas na PUCRS 

A excelência das pesquisas produzidas na PUCRS pode ser observada por meio de diferentes parâmetros. Entre eles o de que mais de 100 docentes/pesquisadores possuem bolsa de produtividade ou de desenvolvimento tecnológico concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), um reflexo da alta qualidade das produções científicas e da formação continuada de pesquisadores nas mais diferentes áreas do conhecimento. Entre os bolsistas de produtividade, aproximadamente 50% possuem bolsas em nível 1, atribuídas para pesquisadores com destacada produção científica. 

Outro fator que destaca a instituição no campo da pesquisa é a análise de dados que envolvem não apenas o número de artigos científicos, mas também o impacto que tais publicações são capazes de gerar. Uma busca na plataforma InCites (Web of Sciences, Clarivate) demonstra o aumento continuado do número de trabalhos científicos publicados em periódicos internacionais, de acordo com a avaliação das publicações vinculadas à PUCRS nos últimos 15 anos. Como destaque, a maior parte dos trabalhos publicados por docentes-pesquisadores da Instituição figura em periódicos classificados em percentis superiores, reforçando a qualidade das pesquisas. 

A PUCRS tem pesquisa em diversas áreas do conhecimento. Na foto, estão Lucas Viscardi, Marina Feijó, Anna Martha Fontanari e Angelo Brandelli do grupo de pesquisa que desenvolve estudos sobre políticas de saúde voltadas para HIV/AIDS. / Foto: Matheus Gomes

Leia também: PUCRS conquista melhor média na Avaliação da CAPES entre instituições com mais de 10 PPGS 

De forma interessante e combinada, o incremento do número de publicações foi acompanhado do crescimento das citações, um indicativo da relevância das pesquisas conduzidas na PUCRS. Desde 2005 observa-se uma tendência de crescimento, fazendo com que a porcentagem de citações ultrapasse os níveis observados globalmente, demonstrando a força e a excelência das pesquisas da instituição. 

Crescimento constante e excelência consolidada 

Nas últimas seis avaliações da Capes, a PUCRS teve crescimento constante, passando de 4,24 (triênio 2001-2003) para 4,48 (triênio 2004-2006) e, na sequência, conquistando 5,00 (triênio 2007-2009), 5,21 (triênio 2010-2012) e 5,42 (triênio 2013-2016), chegando ao resultado atual de 6 (quadriênio 2017-2020). Com 50% dos programas com evolução de conceito, o resultado divulgado em 2022 é o melhor desempenho da Universidade e consolida o crescimento constante na avaliação. 

Saiba mais: Confira outros rankings que destacam a atuação da Universidade 


Leia Mais Veja todas