7 TED Talks para se desenvolver academicamente

Confira dicas de palestras indicadas pela coordenadora do curso de Administração, Naira Libermann

04/12/2023 - 10h57

Gabriela Prioli é jornalista, apresentadora de TV e comentarista política. / Foto: Yvã Santos

Algumas pessoas têm mais facilidade para aprender por meio da audição. Outros precisam enxergar o conteúdo para gravar na memória. E ainda tem outro grupo que utiliza a sinestesia, ou seja, os movimentos. Por isso, conteúdos audiovisuais podem ser grandes aliados na hora dos estudos, reunindo esses diferentes recursos e sendo capazes de ampliar os conhecimentos de forma multidisciplinar.  

Nesse sentido, os TED Talks, modelo de conferências curtas que se popularizou para disseminar ideias, podem ser uma maneira de se desenvolver academicamente para além dos tradicionais livros e aulas. Para a coordenadora do curso de Administração da PUCRS, Naira Libermann, os TED Talks “exploram ideias inovadoras e desafiam o status quo, o que pode inspirar estudantes a pensar de forma criativa, fora da caixa e a buscar soluções para os desafios do mundo real”. Confira sete palestras indicadas pela professora! 

1) “Menos emoção e mais razão”, de Gabriela Prioli (2020)  

A apresentadora de televisão e advogada Gabriela Prioli se tornou reconhecida nacionalmente como comentarista de política. Em seu TED Talk, que pode ser acompanhado no YouTube, ela explica por que acredita que precisamos usar mais a razão do que as emoções quando precisamos analisar a realidade e tomar decisões nas nossas vidas. 

2) “Como ouvir quando a vida se desfaz”, de Julian Treasure (2020) 

Neste TED Talk, disponível no YouTube, o renomado palestrante Julian Treasure explora a importância da escuta ativa e oferece dicas sobre como melhorar as habilidades de audição. Dessa maneira, é possível aprimorar o desempenho em sala de aula e, ao mesmo tempo, as relações interpessoais, momentos no qual a escuta é fundamental.  

3) “O poder da vulnerabilidade”, por Brené Brown (2010)  

Disponível no site do TED, a conferência da pesquisadora da Universidade do Texas e podcaster Brené Brown estuda a conexão humana. Mais especificamente, Brené fala sobre a capacidade dos humanos em ter empatia, pertencer e amar. Para isso, ela partilha uma visão profunda das suas pesquisas, que a levaram a uma busca pessoal pelo autoconhecimento, assim como a compreensão da humanidade. Conforme a palestrante, “vulnerabilidade é quando as pessoas têm coragem de serem imperfeitas”.  

Chimamanda Ngozi Adichie é uma escritora nigerina de ficção e não-ficção. / Foto: Reprodução/TED

4) “Círculo Dourado”, de Simon Sinek (2009)  

A palestra Círculo Dourado, disponível no site do TED, fala sobre como os líderes se destacam ao comunicar os “porquês” envolvidos em suas ações. Ele mostra como essas grandes figuras são capazes de inspirar a ação e o propósito em quem os acompanha. Além de ter criado esse conceito, conhecido também em inglês como Golden Circle, Simon Sinek é considerado especialista em desenvolvimento de lideranças, sendo conhecido pela sua atuação no fortalecimento de lideranças e empresas. Essa metodologia pode ser utilizada em diferentes frentes do cotidiano, seja no trabalho e até mesmo na elaboração de apresentações acadêmicas, por exemplo.  

5) “O perigo da história única”, por Chimamanda Adichie (2009) 

Chimamanda Adichie é uma escritora nigeriana conhecida por incentivar o protagonismo de mulheres africanas. Em seu TED Talk, disponibilizado no YouTube, ela questiona os principais perigos de desenvolver uma história única: afinal, a escrita é tradicionalmente branca, masculina e ocidental. Nessa perspectiva, Chimamanda conta como ela encontrou sua autêntica voz cultural, apesar de não se reconhecer na História ao longo de grande parte da sua vida, em virtude da invisibilização das minorias sociais.  

6) “O que os sapos em água fervente podem nos ensinar sobre pensar de novo”, por Adam Grant (2021)  

Em seu TED Talk, disponibilizado no site do TED, o psicólogo organizacional Adam Grant se pergunta por que os seres humanos são tão lentos a reagir em situações de crises iminentes, como pandemias que poderiam ser prevenidas ou o próprio aquecimento do planeta. Ele alega que relutamos a repensar nesses casos. Com isso, ele pega casos reais pra refletir sobre como ter visões fechadas sobre nossos objetivos, hábitos e identidades pode estreitar nossos caminhos. Dessa forma, ele elabora maneiras de ampliar os horizontes e se preparar para refletir em novas oportunidades.  

7) “Simple hacks for life with Parkinson’s”, de Mileha Soneji (2016)  

Mileha Soneji é uma designer de produtos indiana focada no desenvolvimento de produtos voltados para pessoas com deficiência. Ela acredita que soluções simples, com a inovação voltada nos seres humanos, podem ser a melhor escolha mesmo em situações complicadas como o caso da doença de Parkinson. É essa a ideia defendida na palestra que está disponível no YouTube.


Leia Mais Veja todas