Desenvolvimento de tecnologias e processos inovadores em saúde

Projeto de Cooperação 4

Coordenadora: Maria Martha Campos 

theme1-project4Na última década, os avanços alcançados em tecnologia e inovação beneficiaram de forma marcante diversos setores da sociedade. Entretanto, ainda são necessários muitos esforços para implementar novos modelos tecnológicos e inovadores, contemplando diferentes aspectos da saúde humana. Diante desse cenário, torna-se clara a necessidade de formar equipes multidisciplinares com visão ampla para a solução de problemas reais em saúde, buscando parcerias estratégicas no exterior, partindo de colaborações internacionais pré-estabelecidas com centros de pesquisas reconhecidos por sua excelência na área de tecnologias e inovação em saúde.

Tais colaborações devem ser voltadas ao treinamento e aperfeiçoamento de recursos humanos, com a geração de conhecimentos e produtos tecnológicos, almejando a transferência dos resultados à sociedade. Estrategicamente, o presente projeto de pesquisa está voltado ao desenvolvimento de tecnologias e processos inovadores em saúde, com foco na avaliação de produtos nanotecnológicos, soluções em saúde com emprego de tecnologias da informação, utilização de células-tronco em diferentes áreas terapêuticas, além do aperfeiçoamento de métodos diagnósticos.

Como exemplos, destacam-se: a caracterização de produtos restauradores nanotecnológicos, com fins estéticos em Odontologia; a investigação do potencial de toxicidade de materiais nanoparticulados utilizados em medicina; o desenvolvimento de tecnologias informatizadas para o reconhecimento de expressões faciais, como método auxiliar ao diagnóstico de transtornos afetivos; a utilização de aplicativos de smartphone para a avaliação de quedas em idosos; a aplicação de inteligência artificial para a análise de prontuários eletrônicos; o emprego de estratégias de planejamento virtual para a correção cirúrgica de deformidades faciais; a utilização de células-tronco para o tratamento de lesões nervosas e sepse; além da caracterização de marcadores e modelos para a investigação de processos neurodegenerativos.

Para alcançar as metas propostas, destacam-se as parcerias com o Centro Hospitalar Universitário de Montpellier (França), renomada pelas pesquisas em regeneração tecidual; a Universidade Roseman de Ciências da Saúde, localizada em Henderson, Nevada, Estados Unidos, pelos estudos avançados em nanotecnologia e; a Universidade de Groningen, em Groningen, Holanda, por seu reconhecimento no desenvolvimento de pesquisas básicas e clínicas em tecnologias para a saúde.


Veja outros projetos do Tema 1