Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Delfos recebe acervo do cartunista SamPaulo

Doação será oficializada pela família no dia 15 de maio

11/05/2017 - 16h00
charges, SamPaulo, documentos pessoais

Foto: Camila Cunha – Ascom/PUCRS

Desenhos publicados ao longo da carreira – e inclusive da infância, livros de referências visuais, fotos e documentos pessoais do chargista Paulo Gomes de Sampaio, o SamPaulo, estão guardados no Delfos – Espaço de Documentação e Memória Cultural, onde ficarão disponíveis para pesquisa. O material foi previamente organizado por iniciativa da viúva, Eneida Sampaio, e da sobrinha Maria Lucia Pereira de Sampaio, filha do também cartunista Sampaio.

Em 2012, Maria Lucia começou um blog para expor o trabalho do tio. “Treze anos após a sua morte, o blog foi um sucesso! Esse foi o grande estímulo para voltarmos a pensar na entrega do acervo para a PUCRS. Consideramos que seria a melhor forma de preservá-lo e, ao mesmo tempo, possibilitar sua consulta”, destaca a arquiteta, que mora em Florianópolis (SC).

No dia 15 de maio, às 14h, os familiares do cartunista serão recebidos no Delfos pelo Reitor Ir. Evilázio Teixeira, pelo coordenador-geral do espaço, Luiz Antonio de Assis Brasil, e pelo coordenador executivo, Ricardo Barberena. Materiais do acervo estarão expostos no local durante o evento.

Biografia

SamPaulo, acervo, charge

Foto: Divulgação

SamPaulo nasceu em Uruguaiana em 1931. Iniciou sua carreira no jornal Clarim, de Porto Alegre, quando adotou o pseudônimo. Trabalhou na Revista do Globo e nos jornais Diário de Notícias, Folha da Tarde, Correio do Povo, Folha da Manhã e Zero Hora. Na TV Piratini, dos Diários Associados, desenhava ao vivo no programa semanal SamPaulo e seus bichões. Criou o Sofrenildo, seu personagem mais famoso, em 1966. Entre seus livros publicados estão De Pedro a Collor, Os pecados da língua (com Paulo Ledur, em quatro volumes) e Sofrenildo, até um dia. Morreu em 1999.

 

Compartilhe

Outras notícias Veja todas as notícias

  • Últimas publicadas
  • Mais lidas