06/01/2021 - 15h43

Cateter de alto fluxo é desenvolvido por impressoras 3D no Ideia e Tecnopuc FabLab

O dispositivo é destinado aos pacientes que não conseguem manter a respiração por meio do cateter simples

Desenvolvido nos últimos meses, o cateter de alto fluxo foi projetado para proporcionar uma entrega maior de oxigênio aos pacientes com Covid-19. O objetivo do dispositivo é evitar que os pacientes necessitem da ajuda de aparelhos mais intensivos para respirar. O equipamento, que foi produzido em sua etapa final por meio das impressoras 3D do Tecnopuc Fablab, sob a gestão do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico da PUCRS (Ideia), é indicado para pacientes que não conseguem manter a oxigenação por cateter simples e que estão internados na enfermaria, fora das Unidades de Terapia Intensiva (UTI). 

Segundo Giovani Gadonski, professor e Agente de Inovação da Escola de Medicina da PUCRS e idealizador do projeto, pacientes que precisariam de respiração artificial dispensaram os aparelhos por conta do cateter de alto fluxo. Com o dispositivo, Gadonski conta que alguns ficaram menos tempo internados, sendo desnecessária a intubação orotraqueal. Os casos incluem aqueles que foram internados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Além das impressoras do Tecnopuc FabLab, o projeto contou com a participação do Ideia. “‘O IDEIA foi fundamental na organização e realização do projeto, bem como o Tecnopuc FabLab para a confecção do dispositivo que foi feito na impressora 3D, de maneira ágil e rápida”, afirma Gadonski.

A proposta do cateter surgiu a partir da provocação de Gadonski, de acordo com Eduardo Giugliani, diretor do Ideia. “Ele teve conhecimento deste dispositivo através de um artigo internacional e teve a percepção que o desenvolvimento da peça poderia auxiliar no enfrentamento a Covid-19, principalmente no caso de pacientes em fases pré internação em UTIs de atendimento mais intensivo. O professor consultou o IDEIA e uma equipe de análise e desenvolvimento foi montada”.

Desde o lançamento da iniciativa, de acordo com Giugliani, outros hospitais tomaram conhecimento do dispositivo e estão entrando em contato com o IDEIA e TECNOPUC. ”Já compartilhamos o design do projeto e o programa usado na prototipagem da peça. O IDEIA está se colocando inteiramente à disposição, e essa iniciativa pode ser muito positiva para a mitigação do avanço da doença em pacientes ainda em fases preliminares”, explica Giugliani.

Segundo Jorge Audy, Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS  e do Tecnopuc, esta ação do Tecnopuc Fablab e do Ideia estão inseridas nos esforços desenvolvidos pela comunidade do Tecnopuc de auxiliar nas ações mitigadoras dos efeitos da pandemia da Covid19, via disponibilização dos Laboratórios do Tecnopuc (Tecnopuc FabLab, Tecnopuc CriaLab e Tecnopuc UsaLab) para desenvolvimento de soluções para desafios vindos da sociedade e dos nossos pesquisadores, em especial de nossas áreas da saúde (Hospital São Lucas e Instituto do Cérebro). 

Participaram do desenvolvimento do cateter os laboratórios de criatividade e prototipagem, Tecnopuc FabLab, o Laboratório de Mecânica, LabMec, e o Laboratório de Eletrônica, por meio do técnico Luis Fernando de Franceschi Nunes. Além do IDEIA, a engenharia biomédica do Hospital São Lucas da PUCRS participou da elaboração do dispositivo. Entre a prototipagem, elaboração, fabricação, testes de campo e uso efetivo do cateter, foram em torno de 40 dias. O dispositivo encontra-se atualmente em utilização efetiva no Hospital São Lucas da PUCRS, oferecendo resultados muito positivos e promissores. Desde o início da pandemia, o Tecnopuc FabLab está produzindo protetores faciais. Mais de 10 mil já foram confeccionados nas impressoras 3D.


Leia mais:

Startup do Tecnopuc desenvolve tecnologia de descontaminação para Covid-19 em ambientes

Protetores faciais produzidos no Tecnopuc em parceria com o projeto GRUsão entregues nas áreas de saúde da PUCRS

Covid-19: Governo do RS investirá em inciativa de produção de ventiladores

Compartilhe

Leia Mais Veja todas

Últimas Notícias

Veja todas notícias