11/11/2020 - 17h47

Aplicativo criado pela Conceptu ganha prêmio internacional

App Laudelina, nomeado em homenagem a criadora da primeira associação de trabalhadoras domésticas no Brasil, disponibiliza informações e serviços gratuitos a trabalhadoras domésticas

O aplicativo Laudelina, desenvolvido pela Conceptu Protótipos e Sistemas, startup instalada no Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), que oferece informações e serviços gratuitos a trabalhadoras domésticas, foi reconhecido pela premiação Equals in Tech Awards. A cerimônia aconteceu em Genebra, na Suíça, e premiou cinco iniciativas de diferentes países que promovem igualdade de gênero no acesso a internet, habilidades digitais e liderança tecnológica.

A Themis – Gênero Justiça Direitos Humanos, organização que idealizou o aplicativo, contou com o desenvolvimento por parte da Conceptu, e com o apoio da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas. Através do aplicativo, as trabalhadoras domésticas podem acessar um manual sobre os seus direitos, calculadoras de salário, benefícios e rescisão contratual, uma lista de instituições de proteção de diferentes cidades do Brasil, além de uma rede de contatos de trabalhadoras de uma mesma região, possibilitando a troca de informações, o fortalecimento de uma rede de apoio, e facilitando a organização das trabalhadoras, inclusive sindicalmente.

O nome do aplicativo é uma homenagem a Laudelina de Campos Melo, ativista do movimento negro que criou, em 1936, na cidade de Campinas, São Paulo, a primeira associação de trabalhadoras domésticas no Brasil. Por décadas os direitos da categoria foram muito limitados, sendo que apenas em 2013, com a Emenda Constitucional 72, e em 2015, com a Lei Complementar 150, direitos básicos como o limite da jornada de trabalho e o pagamento de horas extras foram regulamentados.

“O aplicativo Laudelina é um dos resultados de nossos esforços para ampliar o acesso das mulheres à justiça, através da tecnologia. É um importante passo para que outros parceiros se somem à Themis nessa iniciativa e possibilitem a ampliação e a multiplicação dessa importante ferramenta”, celebrou Marcia Soares, integrante do conselho diretor da Themis.

O Equals in Tech Awards é oferecido por uma coalizão formada por instituições como ONU Mulheres, ITU, GSMA, Universidade das Nações Unidas e Centro de Comércio Internacional. No total, 340 iniciativas de 70 países se inscreveram para a premiação, que conta com outras quatro categorias.

Compartilhe

Leia Mais Veja todas

Últimas Notícias

Veja todas notícias