Um plano urbanístico que destrói a Igreja: O caso da Igreja do Rosário de Campinas-SP

Nesse evento, o Professor Caio Violin, mestrando do Programa de Pós-Graduação em História, da Escola de Humanidades, tem como objetivo apresentar dois anos de pesquisa sobre a origem da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, localizada na cidade de Campinas no interior de São Paulo. Além de investigar e identificar a transferência de local do patrimônio religioso e do próprio espaço, o curso pretende analisar também todo o processo de criação, demolição e reconstrução da nova Igreja. Nesse sentido, a abordagem será feita a partir do Plano de Melhoramento Urbanístico de Campinas da década de 30, além de entender sua relação com o edifício religioso, os agentes sociais envolvidos na sua implantação e o impacto na vida social local. O curso desenvolverá a origem da devoção de Nossa Senhora do Rosário em Portugal, na África e no Brasil. Ao entrar no estudo de caso da cidade de Campinas, será desenvolvido a relação da igreja com a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria, que a partir do ano de 1899, assume a administração completa do imóvel. Por meio de resgates históricos importantes, a partir do livro de crônicas, serão entendidos os processos de ornamentação do prédio, e a pintura das paredes com as técnicas da Arte de Beuron. Portanto, o curso de extensão procura trazer aspectos de uma política de valorização patrimonial e de preservação do patrimonial histórico, resgatando aspectos urbanísticos da antiga e da nova Igreja do Rosário e o impacto de uma demolição e transferência de local do edifício para sociedade.

Inscreva-se

Cronograma

26/10 (Terça-feira) – 19h30 às 21h: A formação do núcleo urbano

03/11 (Quarta-feira) – 20h10 às 21h40: Origem da Devoção de Nossa Senhora do Rosário

09/11 (Terça-feira) – 19h30 às 21h: A Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Campinas

17/11 (Quarta-feira) – 19h30 às 21h: O plano Urbanístico de Campinas

23/11 (Terça-feira) – 19h30 às 21h: A reconstrução

Evento on-line, com emissão de cerificado para inscritos.
Compartilhe