Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Curso de Sistemas de Informação

1. Dados do Curso
Curso: Sistemas de Informação Currículo Vigente: 4624
CARGA HORÁRIA 3000
CRÉDITOS 170
DURAÇÃO 8 semestres
TURNO noite
VAGAS Vagas 1° semestre 60
Vagas 2° semestre 60
DISCIPLINAS ELETIVAS: total de créditos no curso 120
ATIVIDADES COMPLEMENTARES: total de horas no curso 120
ESTÁGIO: Carga horária total do Estágio 0
ATOS LEGAIS DO CURSO
Ato de aprovação do currículo em vigor (PUCRS) Resolução PROGRAD Nº 04 Data 28/04/2020
Ato do último reconhecimento do curso (MEC) Portaria Nº 919 D.O.U 28/12/2018
Diretrizes Curriculares Nacionais vigentes Resolução CNE/CES Nº 5 D.O.U 17/11/2016
2. Perfil do Egresso

A Escola Politécnica, seguindo a linha apresentada pelas Diretrizes Curriculares para Cursos de Computação do MEC (disponível no site do Ministério da Educação – http://www.mec.gov.br), oferece quatro cursos na área de computação, a saber: Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Software e Sistemas de Informação. Cada um destes cursos caracteriza-se por uma formação comum a todos, complementada por aspectos específicos de cada curso.

 

O Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação tem o foco na integração de soluções de tecnologias da informação e processos de negócio para atender as necessidades de processamento de informações de negócios e outros empreendimentos, possibilitando que estes atinjam seus objetivos de forma efetiva e eficiente.

 

Esta caracterização dos diferentes cursos de computação é descrita pela ACM (Association for Computing Machinery) através de uma caracterização gráfica. Esta representação mostra como cada curso ocupa o espaço de problemas da área de computação (ACMa 2005). O eixo horizontal estende-se desde “Teoria, Princípios e Inovação”, à esquerda, até “Aplicação, Implantação e Configuração”, à direita. Já o eixo vertical inicia em “Hardware e Arquitetura”, embaixo, e termina em “Questões Organizacionais e Sistemas de Informação” no topo. Desta forma, a área demarcada no gráfico representa em que os estudantes de cada curso tipicamente atuarão.

 

A figura 1 apresenta a representação gráfica para o Bacharelado em Sistemas de Informação aqui proposto. Seguindo o que descrevem as DCNs da área de computação, o egresso deste curso foca principalmente nos aspectos de desenvolvimento, aplicação e implantação de infraestrutura, sistemas, metodologias e aplicações, enquanto trata em toda a sua abrangência de questões organizacionais, de sistemas de informação e tecnologia da informação.

 

Figura 1: Distinção entre os cursos de computação,
com destaque sobre Sistemas de Informação e TI (ACMa)

 

Assim, o egresso do bacharelado em Sistemas de Informação se caracteriza por:

  1. Propor soluções que envolvam a aquisição, o planejamento, o desenvolvimento, a implantação e o gerenciamento de infraestrutura de Tecnologia da Informação e Sistemas de Informação para os processos das organizações de forma que elas atinjam efetivamente seus objetivos estratégicos e operacionais. O egresso deve experienciar ao longo do curso situações que propiciem a visão crítica e criativa na identificação e na resolução de problemas, a vivência no desenvolvimento (criação) e gerenciamento de soluções tendo em vista os objetivos estratégicos estabelecidos. Neste contexto, conhecimentos sobre Computação, Sistemas de Informação, Matemática e Administração são utilizados, sendo eles: fundamentos de programação, cálculo e matemática discreta, algoritmos e estruturas de dados, linguagens de programação, sistemas operacionais, interfaces com o usuário, bancos de dados, sistemas distribuídos, engenharia de software, redes de computadores, segurança de sistemas, sistemas de informação, fundamentos da administração, estratégia empresarial, infraestrutura de Tecnologia da Informação, gerenciamento de projetos, entre outros.
  1. Gerenciar projetos de infraestrutura de tecnologia da informação e sistemas de informação. A implantação de uma solução de infraestrutura de TI em uma organização requer a proposição de um projeto onde são definidos escopo, tempo, custo, riscos, pessoas envolvidas, dentre outros. E, neste sentido, cabe ao egresso ser capaz de compreender como devem ser gerenciados estes diferentes aspectos de um projeto de TI, de forma que o resultado do projeto atenda às necessidades da organização. Esta atividade de gerenciamento é geralmente desenvolvida com o apoio de um ferramental adequado (programas de computador e outros recursos) para o controle dos aspectos acima mencionados.
  1. Desenvolver pensamento sistêmico que permita analisar e entender os problemas organizacionais a fim de determinar o escopo e os requisitos, desenvolver, evoluir e administrar os sistemas de informação para uso em processos organizacionais, departamentais e/ou individuais, considerando contextos interdisciplinares. O pensamento sistêmico é uma forma de analisar e uma linguagem para descrever e compreender as forças e inter-relações que modelam o comportamento dos sistemas (SENGE, 1990). Esta abordagem de pensamento sistêmico é fortemente sugerida na análise e entendimento de problemas organizacionais. Como resultado desta prática, requisitos de sistema são identificados, soluções em nível de sistemas são desenvolvidas, a evolução da solução em função da evolução dos requisitos é atendida e o impacto destes nos processos organizacionais é administrado.
  1. Empregar modelos, ferramentas e técnicas, que representem o estado da arte em tecnologia da informação e sistemas de informação para atender as necessidades nas organizações. Ao longo do curso o egresso deve ter passado por várias experiências no emprego de modelos, ferramentas e técnicas para gerência de projetos de sistemas de informação. Ao concluir o curso, este egresso deverá ser capaz de avaliar o que é ou não adequado para adoção em uma determinada organização. Deve ser um profissional que está observando as novas tendências e avaliando a sua adequação ao contexto das organizações onde atua.
  1. Inovar, planejar, implementar e gerenciar a infraestrutura de tecnologia da informação em organizações, baseado nos requisitos de negócio e de sistema identificados e integrando-os ao ambiente já existente do usuário. O egresso deste curso deve ser capaz de observar a organização, suas áreas de negócio e identificar oportunidades de uso da tecnologia da informação de forma integrada ao ambiente organizacional. A partir desta análise, técnicas de planejamento, implementação, implantação e gerenciamento da TI devem ser alinhadas.
  1. Atuar como agente de mudança no contexto organizacional, a partir do entendimento de seus modelos e áreas de negócios. O egresso deste curso deve ser capaz de observar a organização como um todo, entender as suas diversas áreas de negócio e as possíveis intersecções que existem entre estas áreas, e como a tecnologia de informação apoia as ações inerentes às mesmas. Além disso, este egresso deve ser o profissional da organização que está atento ao suporte oferecido em termos de TI na organização, às tendências do mercado de TI, e as possibilidades de melhoria no uso desta na organização.
  1. Antecipar e atender às necessidades da sociedade com uma visão humanística crítica e consistente sobre o impacto de sua atuação profissional. Em sua atuação no mercado este egresso deve ser capaz de perceber o quanto suas atitudes/atividades estão impactando na vida das pessoas/organizações que de alguma forma estão ligadas à sua prática profissional, seja como usuários das tecnologias e sistemas de informação, seja como consumidores dos resultados do uso das mesmas.
  1. Atuar de forma empreendedora, abrangente e cooperativa, na busca de soluções para os desafios das organizações. Na sua atuação profissional, o egresso deve ser capaz de demonstrar um comportamento empreendedor o qual o auxiliará nas grandes decisões e nos grandes desafios da sua carreira, seja por meio da criação de novos empreendimentos ou até mesmo na gestão do risco relacionado à inovação dentro da empresa empregadora. Postura empreendedora e habilidade para combinar e comunicar soluções inovadoras deverão ser características predominantes no egresso do curso.
  1. Entender as responsabilidades e questões éticas, profissionais, legais, de segurança e sociais relacionadas à profissão. Espera-se que o egresso deste curso seja um ser ético, respeitando as convenções que a sociedade apresenta na expectativa de uma conduta adequada no ambiente em que vive e atua. Este profissional deve sempre respeitar as orientações legais da sua área de atuação.

Como já destacado anteriormente, o desenvolvimento de todas as competências supracitadas deve considerar os contextos em que o egresso atuará, sejam organizações de abrangência regional, nacional ou internacional, de forma sempre atenta à evolução das necessidades do seu campo de atuação.

3. Forma de Acesso ao Curso

Os candidatos aos cursos da PUCRS podem valer-se das seguintes modalidades de acesso: Concurso Vestibular, Vestibular Complementar, Transferência, Ingresso mediante diploma de curso superior ou PROUNI. Existe, também, a possibilidade de ingresso como estudante-convênio, dentro do limite de vagas estabelecido no respectivo convênio. A mudança de curso por reopção poderá ser solicitada pelo aluno mediante oferta prevista em edital, e poderá ser concedida, na existência de vaga, pelo Coordenador do curso a que está vinculado o curso pretendido.

 

VEJA AQUI MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AS FORMAS DE ACESSO AO CURSO

4. Sistema de avaliação do processo de ensino e aprendizagem

O sistema de avaliação é estabelecido conforme o Regimento Geral da PUCRS.

 

ESTATUTO E REGIMENTO GERAL

5. Estágio Curricular

O curso não possui Estágio Obrigatório.

6. Curriculo Completo
Nome da Disciplina
Carga Horária
Nível
Cálculo I
60
1

Disciplina em implantação

FUNDAMENTOS APLICADOS DA ADMINISTRAÇÃO
60
1

Disciplina em implantação

Fundamentos da Computação
30
1

Disciplina em implantação

Fundamentos de Programação
90
1

Disciplina em implantação

Introdução a Sistemas de Informação
60
1

Disciplina em implantação

Engenharia de Software
30
2

Disciplina em implantação

Lógica para Computação
60
2

Disciplina em implantação

Matemática Discreta (Si)
30
2

Disciplina em implantação

Modelagem de Negócio
60
2

Disciplina em implantação

Probabilidade e Estatística
60
2

Disciplina em implantação

Programação Orientada a Objetos
60
2

Disciplina em implantação

Arquitetura de Computadores
30
3

Disciplina em implantação

Engenharia de Requisitos
60
3

Disciplina em implantação

Fundamentos de Desenvolvimento de Software
60
3

Disciplina em implantação

Interação Humano - Computador
60
3

Disciplina em implantação

Laboratório de Banco de Dados
30
3

Disciplina em implantação

Planejamento e Gestão Estratégica de TI
60
3

Disciplina em implantação

Disciplina Integradora I
60
4

Disciplina em implantação

Fundamentos de Redes de Computadores
60
4

Disciplina em implantação

Modelagem e Projeto de Banco de Dados
60
4

Disciplina em implantação

Projeto e Desenvolvimento de Software
60
4

Disciplina em implantação

Sistemas Operacionais
60
4

Disciplina em implantação

Gerência de Projetos de TI
60
5

Disciplina em implantação

Gerência de Redes de Computadores
30
5

Disciplina em implantação

Inteligência de Negócio
60
5

Disciplina em implantação

Programação de Software Aplicado
60
5

Disciplina em implantação

Sistemas Distribuídos
60
5

Disciplina em implantação

Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
30
5

Disciplina em implantação

Arquitetura Organizacional Aplicada a SI
60
6

Disciplina em implantação

Disciplina Integradora II
60
6

Disciplina em implantação

Governança Estratégica em TI
60
6

Disciplina em implantação

INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
60
6

Disciplina em implantação

Teoria da Computação
30
6

Disciplina em implantação

Tópicos Avançados em Gestão de Dados
30
6

Disciplina em implantação

Avaliação de Desempenho de Sistemas
30
7

Disciplina em implantação

Disciplina Eletiva
120
7

Disciplina eletiva: o horário da disciplina e o docente que a lecionará, dependera da escolha feita pelo aluno no momento de sua matrícula.

Empreendimentos Empresariais
60
7

Disciplina em implantação

Humanismo e Cultura Religiosa
60
7

Disciplina em implantação

Prática Profissional (360 Horas)
360
7

Disciplina em implantação

Qualidade de Produto
30
7

Disciplina em implantação

Sistemas de Informação Integrados
60
7

Disciplina em implantação

Trabalho de Conclusão I
60
7

Disciplina em implantação

Atividades Complementares (120 Horas)
120
8

Disciplina em implantação

Auditoria e Segurança de Sistemas de Informação
60
8

Disciplina em implantação

Comportamento Organizacional
30
8

Disciplina em implantação

Legislação em Informática
30
8

Disciplina em implantação

Qualidade de Processo
60
8

Disciplina em implantação

Trabalho de Conclusão II
60
8

Disciplina em implantação

Ética e Cidadania
60
8

Disciplina em implantação

Dados atualizados até 27/09/2020