Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Curso de Ciências Aeronáuticas

1. Dados do Curso
Curso: Ciências Aeronáuticas Currículo Vigente: 4711
CARGA HORÁRIA 2790
CRÉDITOS 168
DURAÇÃO 6 semestres
TURNO
VAGAS Vagas 1° semestre 60
Vagas 2° semestre
DISCIPLINAS ELETIVAS: total de carga horária no curso 120
ATIVIDADES COMPLEMENTARES: total de horas no curso 105
ESTÁGIO: Carga horária total do Estágio 0
ATOS LEGAIS DO CURSO
Ato de aprovação do currículo em vigor (PUCRS) Resolução nº 16 Data 27/10/2011
Ato do último reconhecimento do curso (MEC) Portaria nº 279 D.O.U 04/07/2016
Diretrizes Curriculares Nacionais vigentes D.O.U
2. Perfil do Egresso

O profissional formado deve ser um piloto de alto nível de proficiência, em conformidade com os requisitos da autoridade aeronáutica, atuando em âmbito técnico e gerencial, de forma a ser capaz de prever, reconhecer e agir, rápida e adequadamente, diante das mudanças constantes em todos os segmentos da aviação e da sociedade.

 O egresso do Curso deverá ser capaz de assimilar novas tecnologias, identificar implicações sociais, econômicas, políticas e diplomáticas; decidir sobre aspectos técnicos e administrativos; ser responsável pelo bom clima de trabalho e relacionamento interpessoal, e conduzir a aeronave com segurança e eficácia, otimizando os recursos existentes.

O Curso de Ciências Aeronáuticas deve ensejar como perfil do graduado, capacidade e aptidão para:

  • Compreender as questões científicas, técnicas, sociais e econômicas de alto nível.
  • Atuar em âmbito técnico, gerencial e segurança operacional, de forma a ser capaz de prever, reconhecer e agir, rápida e adequadamente, diante das mudanças constantes em todos os segmentos da aviação civil e da sociedade.
  • Assumir plenamente o comando, observados os níveis graduais do processo de tomada de decisão.
  • Desenvolver gerenciamento sistêmico, de pessoal, qualitativo e adequado, revelando a assimilação de novas informações e conhecimentos.
  • Apresentar flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos do campo de atuação de um Bacharel em Ciências Aeronáuticas.
  • Analisar problemas sistêmicos ou de pessoal e propor ações corretivas.
  • Implantar sistemas de gestão e controle da Segurança da Aviação Civil atendendo a requisitos de legislações nacionais e internacionais.
  • Construir conhecimentos a partir de pesquisa, contribuindo para o desenvolvimento e a inovação tecnológica e promovendo a elevação da cultura e da competitividade no segmento da Aviação Civil Nacional.
  • Compreender o contexto empresarial nacional e internacional do segmento da aviação civil de forma a permitir uma ação efetiva, eficiente e eficaz no seu âmbito de atuação.
  • Apresentar uma visão estratégica empresarial, competência para planejar e gerenciar projetos na área de administração, incorporando uma atitude empreendedora e inovadora de gestão em seu âmbito de atuação.
  • Empreender, através de análise crítica, a antecipação e promoção de transformações das organizações nacionais e internacionais da aviação civil.
  • Liderar grupos de pesquisas para promover a inovação e o desenvolvimento em sua área de atuação.

A Graduação de Bacharel em Ciências Aeronáuticas – Piloto de Linha Aérea, da PUCRS, deve possibilitar ao egresso os conhecimentos que revelem, pelo menos, as seguintes competências e habilidades:

  • Conduzir aeronaves de grande porte com segurança e eficácia, otimizando os recursos existentes. Para tanto, devem ser desenvolvidas habilidades de coordenação motora, precisão e exatidão, concentração, raciocínio lógico, abstrato e espacial, rapidez de percepção e atenção difusa;
  • Comunicar-se, em inglês, de forma adequada e proficiente com os órgãos de controle do tráfego aéreo e com autoridades aeronáuticas civis internacionais, segundo níveis e requisitos definidos por órgãos nacionais e internacionais que constituem os respectivos sistemas de aviação civil;
  • Identificar as implicações sociais, econômicas, políticas e diplomáticas concernentes às suas decisões e ações;
  • Avaliar, ser capaz de se adaptar e utilizar as novas tecnologias usadas em aviões comerciais de grande porte utilizadas em rotas internacionais;
  • Assumir a responsabilidade pelo gerenciamento do voo em todos os aspectos e pela manutenção de um bom ambiente de trabalho. Para tanto, devem ser desenvolvidas suas habilidades de administrar recursos humanos, técnicos e materiais;
  • Exercer papel de liderança, trabalhar em equipe, gerenciar crises e suportar pressões dentro de padrões típicos do contexto profissional, compreendendo o processo como um todo;

Representar adequadamente a empresa e o país, devendo, para tanto, desenvolver sua habilidade de interagir positivamente com autoridades representativas do segmento aeronáutico civil nacional e internacional, comunicar-se eficazmente, ter capacidade analítica e ética.

3. Forma de Acesso ao Curso

O acesso aos cursos de graduação da Universidade dá-se mediante processo seletivo, com fundamento no Regimento Geral da PUCRS, cabendo à Câmara de Graduação e Pós-Graduação fixar as normas do referido processo.

Os candidatos aos cursos da PUCRS podem valer-se das seguintes modalidades de acesso: Concurso Vestibular, Vestibular Complementar, transferência, ingresso mediante diploma de curso superior ou PROUNI. Existe, também, a possibilidade de ingresso como estudante-convênio, dentro do limite de vagas estabelecido no respectivo convênio. A mudança de curso por reopção do aluno pode ser concedida, na existência de vaga, pelo Diretor da Faculdade a que está vinculado o curso pretendido.

O detalhamento das normas para o Concurso Vestibular é publicado por meio de edital, do qual se destacam os seguintes tópicos:

As inscrições ao Concurso Vestibular são oferecidas a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente, ou a portadores de diploma de conclusão de curso superior oficial ou reconhecido.

O critério que orienta a seleção dos candidatos é a verificação de capacidades e habilidades intelectuais, nos níveis de conhecimento, compreensão, aplicação e análise. A prova de Língua Portuguesa consta de questões objetivas e de uma questão de redação. As demais provas são objetivas, com questões de múltipla escolha sobre conteúdos específicos. Todas as provas visam verificar as capacidades e habilidades intelectuais do candidato, sendo que, a cada candidato, numa dada disciplina, corresponde um escore bruto e um escore padronizado.

Devido à determinação expressa na Portaria MEC nº 391, de 7 de fevereiro de 2002, candidatos que obtiverem grau zero na redação estarão automaticamente eliminados do Concurso Vestibular. Assim sendo, o mínimo que o candidato deve obter para concorrer a uma vaga na Universidade é a nota 1.

Para cada candidato é calculada a média aritmética ponderada dos seus escores padronizados, considerando-se, para isso, os pesos indicados em tabela constante no Manual do Candidato, que variam de acordo com o curso escolhido. A classificação, visando ao preenchimento das vagas de um curso, é baseada na ordem decrescente das médias obtidas pelos candidatos. Se ocorrer algum empate e não houver possibilidade de aproveitar todos os envolvidos, o desempate será efetuado mediante o emprego da média harmônica dos escores padronizados.

Encerrado o prazo estabelecido para as matrículas de 1ª chamada do Concurso Vestibular e constatado o não comparecimento de candidatos classificados, serão chamados outros candidatos relacionados em lista de espera condicionada às vagas existentes, levando-se em conta os mesmos critérios de classificação já expressos.

No caso de existência de vagas remanescentes após concluído todo o processo de matrículas relativo ao Concurso Vestibular, será realizado Vestibular Complementar, independente, constituído de prova única de redação.

O preenchimento das vagas referente ao Programa Universidade para Todos (PROUNI), instituído pela Lei nº 11.096/2005, é feito com base na classificação do ENEM, fornecida pelo Ministério da Educação.

4. Sistema de avaliação do processo de ensino e aprendizagem

De acordo com o Regimento Geral da PUCRS, o sistema de avaliação define-se conforme extrato do artigo descrito abaixo:

Art. 68.  O aproveitamento escolar do aluno em uma disciplina, no semestre, é expresso por um grau de 0 (zero) a 10,0 (dez), com uma casa decimal, denominado G1. § 1o  A forma de obtenção do grau G1 é definida no projeto pedagógico do curso e no plano de ensino de cada disciplina. § 2o  O grau G1 é expressão da aprendizagem obtida por meio de instrumentos e procedimentos como um conjunto de verificações, exercícios, trabalhos teórico-práticos, projetos e/ou atividades, relatórios, de acordo com as peculiaridades da disciplina. § 3o  O docente responsável pela disciplina deve apresentar aos alunos, no primeiro dia de atividades letivas de cada semestre, os critérios e as modalidades de instrumentos de avaliação e a forma de cálculo para obtenção do grau G1, juntamente com o cronograma da disciplina. § 4o  Os critérios de avaliação e a forma de cálculo de obtenção do grau G1 não podem ser alterados durante o semestre.

5. Estágio Curricular

Sendo a atividade aérea regulamentada pela Autoridade Aeronáutica de acordo com tratados internacionais e considerando que a mesma implica em criteriosas normas de execução, além de elevados custos operacionais e de riscos inerentes à condução de centenas de vidas humanas, uma prática profissional convencional, como os estágios oferecidos em diferentes cursos acadêmicos tornam-se inviável aos pilotos aprendizes, aos quais não é legalmente permitido estagiar pilotando, por exemplo, grandes aeronaves de linhas aéreas regulares, sem que estejam formalmente capacitados e habilitados. Desta forma, na prática aeronáutica, a atividade auxiliar da operação só pode ser executada por profissionais “prontos” e contratados, ou seja, por pilotos legalmente autorizados, que compartilham o gerenciamento a bordo e adquirem experiência atuando primeiramente na função de co-pilotos.

A prática profissional desenvolvida no Curso de Ciências Aeronáuticas consiste na realização de práticas de pilotagem em treinadores sintéticos de voo (simuladores), totalizando 165 horas de atividades constituídas de exercícios que envolvam desde a familiarização com a(s) aeronave(s) simulada(s) para o treinamento até o adequado preparo para situações de maior complexidade e de emergências aeronáuticas, ministradas em equipamentos sofisticados e com o atendimento exclusivo por parte de cada instrutor para um (01) ou dois (02) alunos separadamente. São oferecidas três atividades distintas de práticas de voo em simulador, devidamente detalhadas na “Norma de Práticas de Voo em Simulador”: Prática de Voo em Simulador –IFR/Mono (60 horas), Prática de Voo em Simulador –IFR/Multi/LOFT (60 horas) e Prática de Voo em Simulador -JET (45 horas). Estas atividades buscam desenvolver no aluno a capacidade para voar por instrumentos aeronaves monomotoras (IFR/Mono), para voar por instrumentos aeronaves multimotoras (IFR/Multi), para operar aeronaves multimotoras com o conceito de equipe (LOFT) e para operar jatos comerciais de alta performance e complexidade tecnológica (Glass Cockpit).

Além das atividades descritas, os alunos do Curso de Ciências Aeronáuticas, que tenham ingressado no Curso sem a formação prática de voo correspondente à qualificação requerida para a obtenção da Habilitação de Piloto Comercial/IFR-Avião, realizam formação prática de voo real em aviões de treinamento, acumulando, aproximadamente, 160 horas de voo até o final do curso. As Licenças de Piloto Privado-Avião e de Piloto Comercial/IFR/Multi-Avião são requisitos externos ao Curso de Ciências Aeronáuticas, exigidos para a matrícula em determinadas disciplinas e atividades curriculares do Curso.

Para os alunos que ingressaram no Curso sem a formação prática de voo, o CCA desenvolveu e disponibiliza seu próprio programa de voo (PVPUCRS), de realização opcional, como alternativa à formação prática de voo convencional, realizada diretamente em aeroclubes ou escolas de aviação. O Programa assegura uma qualificação diferenciada de alto nível de proficiência de voo, devendo ser realizado segundo a “Norma de Práticas de Voo da Faculdade de Ciências Aeronáuticas”.

Ainda, como atividades práticas profissionais, externas à Universidade, os alunos realizam visitas a aeroclubes, escolas de aviação e empresas aéreas, em especial a parques de manutenção, com vistas a conhecerem processos e rotinas de trabalhos de manutenção de aeronaves e conhecerem componentes, partes de sua estrutura e de seus sistemas embarcados. As atividades práticas de voo simulado e em avião, que constituem o Programa de Prática de Voo da PUCRS – PVPUCRS estão regulamentadas pela Norma Geral de práticas de voo do Curso de Graduação em Ciências Aeronáuticas, aprovada pelo Colegiado da Faculdade de Ciências Aeronáuticas e assinado por seu presidente. A Norma Geral de práticas de voo constitui o anexo B deste Projeto Pedagógico.

6. Curriculo Completo
Nome da Disciplina
Carga Horária
Nível
Cert. de Conhec. Teo. de Pil. Privado - Avião
60
1

Disciplina em implantação

Física para Aeronáutica I
90
1

Disciplina em implantação

Geografia Aplicada
30
1

Disciplina em implantação

História da Aviação
60
1

Disciplina em implantação

Matemática para Ciências Aeronáuticas
60
1

Disciplina em implantação

Medicina Aeroespacial
45
1

Disciplina em implantação

Organização do Transporte Aéreo
45
1

Disciplina em implantação

Tecnicas de Pilotagem - Pc/ Vfr
15
1

Disciplina em implantação

Ética e Cidadania
60
1

Disciplina em implantação

Conhecimentos Técnicos de Aeronaves
60
2

Disciplina em implantação

Física para Aeronáutica II
90
2

Disciplina em implantação

Inglês Aplic. a Aviação I - Intermediário
60
2

Disciplina em implantação

Navegação Aérea
75
2

Disciplina em implantação

Regulamento de Tráfego Aéreo Nacional
60
2

Disciplina em implantação

Teoria de Voo de Baixa Velocidade
60
2

Disciplina em implantação

Cert. de Conhec. Teo. de Pil. Com. / Ifr - Avião
60
3

Disciplina em implantação

Direito Aeroespacial
30
3

Disciplina em implantação

Eletiva em Ciências Aeronáuticas (e)
120
3

Disciplina em implantação

Fraseologia Aeronáutica Nacional
30
3

Disciplina em implantação

Inglês Aplic. a Aviação II - Intermediário
60
3

Disciplina em implantação

Licença de Piloto Privado - Avião
60
3

Disciplina em implantação

Meteorologia Aeronáutica I
60
3

Disciplina em implantação

Sistema de Invest. e Prev. de Acidentes
60
3

Disciplina em implantação

Sistemas de Aeronaves
75
3

Disciplina em implantação

Teoria de Voo Alta Velocidade
30
3

Disciplina em implantação

Técnicas de Pilotagem - Pc/ Ifr
30
3

Disciplina em implantação

Emergência, Segurança e Sobrevivência
60
4

Disciplina em implantação

Fraseologia Aeronáutica Internacional
30
4

Disciplina em implantação

Humanismo e Cultura Religiosa
60
4

Disciplina em implantação

Inglês Aplic a Aviac. III/ Pré-Avançado
30
4

Disciplina em implantação

Marketing Aplic. ao Transporte Aéreo
30
4

Disciplina em implantação

Meteorologia Aeronáutica II
30
4

Disciplina em implantação

Motores Aeronáuticos
30
4

Disciplina em implantação

Prat. de Voo em Simul. - Ifr/ Mono (60 H)
60
4

Disciplina em implantação

Psicologia Aeronáutica
30
4

Disciplina em implantação

Segurança de Voo para Pilotos
60
4

Disciplina em implantação

Tráfego Aéreo Internacional
45
4

Disciplina em implantação

Aviônica
60
5

Disciplina em implantação

Comunicação Aeronáutica
30
5

Disciplina em implantação

Estrutura e Manutenção de Aeronaves
30
5

Disciplina em implantação

Gerenc. de Recursos de Equipes - Crm
60
5

Disciplina em implantação

Gestão Aplicada à Aviação
30
5

Disciplina em implantação

Legislação Aeronáutica
30
5

Disciplina em implantação

Licença de Piloto Comercial - Avião
60
5

Disciplina em implantação

Performance, Peso e Balanc. de Aeronaves
60
5

Disciplina em implantação

Prat de Voo em Sim - Ifr/ Multiloft (6o H)
60
5

Disciplina em implantação

Procedimentos Operacionais de Cockpit
30
5

Disciplina em implantação

Terminologia Técnica Aeronáutica
60
5

Disciplina em implantação

Trabalho de Conclusão de Curso I
15
5

Disciplina em implantação

Técnicas de Pilotagem - Pc/ Multi
30
5

Disciplina em implantação

Atividades Complementares (105 H)
105
6

Disciplina em implantação

Familiarização com Aeronaves Comerciais
30
6

Disciplina em implantação

Filosofia e Estrut. de Operações de Voo
30
6

Disciplina em implantação

Formação do Instrutor de Voo
60
6

Disciplina em implantação

Fraseologia Aeronáutica - Voo Simulado
45
6

Disciplina em implantação

Inglês Aplicado A Aviação IV - Avançado
30
6

Disciplina em implantação

Planejamento do Transporte Aéreo
30
6

Disciplina em implantação

Prat. de Voo em Sim. de Voo - Jet (45 H)
45
6

Disciplina em implantação

Regulamentos de Tráfego Aéreo
30
6

Disciplina em implantação

Sist. de Gestão de Seguranca Operacional
60
6

Disciplina em implantação

Trabalho de Conclusão de Curso II
15
6

Disciplina em implantação

Técnica de Operação de Jato
45
6

Disciplina em implantação

Dados atualizados até 26/11/2020