Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Curso de Física: Física Médica

1. Dados do Curso
Curso: Física: Física Médica Currículo Vigente: 9801
CARGA HORÁRIA 2940
CRÉDITOS 176
DURAÇÃO 8 semestres
TURNO
VAGAS Vagas 1° semestre
Vagas 2° semestre
DISCIPLINAS ELETIVAS: total de créditos no curso 360
ATIVIDADES COMPLEMENTARES: total de horas no curso 120
ESTÁGIO: Carga horária total do Estágio 240
ATOS LEGAIS DO CURSO
Ato de aprovação do currículo em vigor (PUCRS) Resolução nº 54 Data 12/09/2019
Ato do último reconhecimento do curso (MEC) Portaria nº 919 D.O.U 28/12/2018
Diretrizes Curriculares Nacionais vigentes Resolução CNE/CES nº 9 D.O.U 11/03/2002
2. Perfil do Egresso

   O Curso de Bacharelado em Física da PUCRS, Linha de Formação: Física Médica, existente na PUCRS desde 1990, está focado na conexão entre o instrumental (teórico e/ou experimental) da Física e a área da saúde. Este profissional atua em conjunto com especialistas de outras áreas, tais como médicos, odontólogos, enfermeiros, tecnólogos, biólogos, engenheiros, químicos e administradores, dentre outros profissionais.

   Do ponto de vista estrutural, o presente projeto propõe uma formação ampla e flexível, que busca desenvolver habilidades e competências necessárias às expectativas atuais, com capacidade de adequação a diferentes perspectivas de atuação futura. Neste sentido, “o formando em Física necessita de qualificações profissionais básicas comuns, que devem corresponder a objetivos claros de formação para todos os cursos de graduação em física, bacharelados ou licenciaturas” (Parecer CNE/CP 1304/2001, p. 4).

   O perfil do egresso do Curso de Bacharelado em Física, Linha de Formação: Física Médica, abrange o domínio de conhecimentos básicos de física e de tópicos específicos da formação, a aplicação desses conhecimentos, a postura profissional frente à área de atuação e o comprometimento com sua formação continuada.

Nessa perspectiva, o egresso do Curso de Bacharelado em Física, Linha de Formação: Física Médica, deve estar apto a:

  • descrever e explicar fenômenos naturais bem como processos, dispositivos e equipamentos tecnológicos em sua área de atuação, em termos de conceitos, teorias e princípios físicos gerais;
  • identificar problemas físicos, experimentais ou teóricos, práticos ou abstratos, formulando e encaminhando soluções baseadas em metodologia científica e instrumental apropriadas;
  • compreender a ciência como conhecimento histórico, desenvolvido em diferentes contextos sociopolíticos, culturais e econômicos;
  • agir com autonomia, iniciativa, responsabilidade e consciência ético-profissional-social-ambiental;
  • estabelecer um bom relacionamento com profissionais da sua área e de outras áreas;
  • manter atualizada sua cultura científica geral e sua cultura técnica profissional específica, buscando formas de educação continuada;
  • utilizar a linguagem matemática para expressão dos fenômenos naturais;
  • empregar a linguagem científica, tanto na forma oral quanto escrita, para comunicar os resultados científicos em relatórios técnicos, artigos, seminários e palestras, entre outros;
  • abordar e resolver problemas teóricos e/ou experimentais por meio de metodologias científicas, sendo capaz de analisar dados e interpretar resultados;
  • propor, elaborar e utilizar modelos físicos, reconhecendo seus domínios de validade;
  • utilizar os recursos das tecnologias da informação e comunicação, dispondo de noções de linguagem computacional;
  • desenvolver autonomia no processo de aprendizagem;
  • reconhecer as relações entre o desenvolvimento da Física com outras áreas do saber, tecnologias e instâncias sociais.

   As competências apontadas anteriormente são desenvolvidas ao longo do Curso de Bacharelado em Física.

   O Bacharel em Física, Linha de Formação: Física Médica, tem sua atuação principal em instituições de saúde, órgãos de vigilância sanitária e empresas de informática, de equipamentos eletromédicos, eletroeletrônicos e de medição. Sua atuação se dá no desenvolvimento de pesquisas básicas e aplicadas em universidades e centros de pesquisas, em empresas de assessoria e consultoria, em programas de garantia da qualidade, na dosimetria das radiações e na proteção radiológica.

   O egresso do Bacharelado em Física, Linha de Formação: Física Médica, deve desenvolver competências específicas do físico-interdisciplinar na área biomédica, tais como: elaborar projetos de pesquisa interdisciplinares; desenvolver metodologias científicas no tratamento de problemas específicos da área da saúde; administrar e organizar equipes multidisciplinares de trabalho; atuar harmonicamente em equipes multiprofissionais; realizar consultorias e assessorias para a aquisição de materiais e equipamentos eletromédicos; elaborar programas de garantia da qualidade de equipamentos emissores de radiação; aplicar técnicas de medição e otimização de dose; identificar e avaliar os parâmetros físicos relevantes para a detecção, processamento e análise de sinais e imagens; elaborar projetos para instalação de equipamentos de terapia e de diagnóstico por imagem e laboratórios destinados ao manuseio de fontes e aparelhos emissores de radiação; realizar e acompanhar rotinas em ambiente hospitalar, tais como, calibração de equipamentos, controle da qualidade, testes para aferição preventiva dos equipamentos e testes de aceitação; manusear com segurança fontes emissoras de radiação ionizante, seladas e não seladas; manter atualizado o seu conhecimento sobre a legislação nacional e orientações internacionais que regem a sua área de atuação profissional; desenvolver processos investigativos que gerem conhecimentos e novas ações e protocolos que contribuam para o aprimoramento das práticas em saúde.

3. Forma de Acesso ao Curso

   Os candidatos aos cursos da PUCRS podem valer-se das seguintes modalidades de acesso: Concurso Vestibular, Vestibular Complementar, Transferência, Ingresso mediante diploma de curso superior ou PROUNI. Existe, também, a possibilidade de ingresso como estudante-convênio, dentro do limite de vagas estabelecido no respectivo convênio. A mudança de curso por reopção poderá ser solicitada pelo aluno mediante oferta prevista em edital, e poderá ser concedida, na existência de vaga, pelo Coordenador do curso a que está vinculado o curso pretendido.

 

VEJA AQUI MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AS FORMAS DE ACESSO AO CURSO

4. Sistema de avaliação do processo de ensino e aprendizagem

O sistema de avaliação é estabelecido conforme o Regimento Geral da PUCRS.

ESTATUTO E REGIMENTO GERAL

5. Estágio Curricular
6. Curriculo Completo
Nome da Disciplina
Carga Horária
Nível
Anatomia Humana Geral
30
1

Disciplina em implantação

Astronomia
60
1

Disciplina em implantação

Cálculo I
60
1

Disciplina em implantação

Física Geral e Experimental I
90
1

Disciplina em implantação

Tópicos de Física Clássica
30
1

Disciplina em implantação

Cálculo II
60
2

Disciplina em implantação

Física Geral e Experimental II
90
2

Disciplina em implantação

Química Geral
60
2

Disciplina em implantação

Tópicos de Física Contemporânea
30
2

Disciplina em implantação

Álgebra Linear e Geometria Analítica
60
2

Disciplina em implantação

Ética e Cidadania
60
2

Disciplina em implantação

Cálculo III
60
3

Disciplina em implantação

Disciplinas Eletivas
360
3

Disciplina em implantação

Fundamentos de Biofísica
30
3

Disciplina em implantação

Fundamentos de Estatística
30
3

Disciplina em implantação

Física Geral e Experimental III
90
3

Disciplina em implantação

Humanismo e Cultura Religiosa
60
3

Disciplina em implantação

Cálculo IV
60
4

Disciplina em implantação

Física Moderna
90
4

Disciplina em implantação

Instrumentação e Medidas
60
4

Disciplina em implantação

Mecânica Analítica
60
4

Disciplina em implantação

Física Quântica
60
5

Disciplina em implantação

Matemática Aplicada
60
5

Disciplina em implantação

Origens e Desenvolvimento da Física
60
5

Disciplina em implantação

Projetos de Pesquisa
30
5

Disciplina em implantação

Teoria Eletromagnética
60
5

Disciplina em implantação

Desenvolvimento de Pesquisa
30
6

Disciplina em implantação

Física Nuclear e de Partículas
60
6

Disciplina em implantação

Física Teórica e Computacional
60
6

Disciplina em implantação

Física das Radiações Ionizantes
60
6

Disciplina em implantação

Termodinâmica
60
6

Disciplina em implantação

Computação e Solução de Problemas I
60
7

Disciplina em implantação

Física da Radiologia
60
7

Disciplina em implantação

Física do Estado Sólido
60
7

Disciplina em implantação

Mecânica Estatística
30
7

Disciplina em implantação

Prática Profissional Fm I (120h)
120
7

Disciplina em implantação

Radiações Não Ionizantes e Ultra - Som
60
7

Disciplina em implantação

Atividades Complementares
120
8

Disciplina em implantação

Física da Medicina Nuclear
60
8

Disciplina em implantação

Física da Radioterapia
60
8

Disciplina em implantação

Processamento Digital de Imagens
60
8

Disciplina em implantação

Proteção Radiológica
30
8

Disciplina em implantação

Prática Profissional Fm II (120h)
120
8

Disciplina em implantação

Trabalho de Conclusão em Física
30
8

Disciplina em implantação

Dados atualizados até 23/09/2020