Veja 5 dicas de como quitar as dívidas e manter o nome limpo

Professora da Escola de Negócios da PUCRS ensina a organizar o orçamento

18/02/2021 - 08h27
Veja 5 dicas de como quitar as dívidas e manter com o nome limpo

Foto: Anna Nekrashevich/Pexels

Olhar com atenção para a forma como se utiliza o dinheiro é uma decisão importante para quem sonha em tirar planos do papel. Entre eles, o de quitar as dívidas e ficar sem pendências financeiras no nome, o que aumenta a flexibilidade e a autonomia para fazer negociações. 

Devido à instabilidade causada pela pandemia da Covid-19, o tema ganhou ainda mais importância. Durante o período muitas pessoas tiveram que adaptar seus orçamentos e lidar com gastos extras. Segundo dados do Banco Central (BC), em novembro de 2020 o endividamento das famílias com os bancos atingiu 51% da renda dos últimos 12 meses, sendo o maior percentual desde 2005, ano em que a pesquisa foi criada. 

E se você quer iniciar o ano com os boletos em dia e até mesmo começar a investir, confira dicas da professora Frederike Mette, da Escola de Negócios da PUCRS. Seus estudos têm foco em temas voltados ao comportamento, psicologia econômica, endividamento e educação financeira:

1. Negocie os juros

Com a taxa de juros Selic (principal ferramenta do BC para controlar a inflação) em menores patamares históricos, ficou muito mais fácil negociar os juros de dívidas de longo prazo. Sabe aquele financiamento imobiliário feito há anos? Pois então, é um bom momento para conversar com a gerência do seu banco e tentar reduzir os juros préfixados.

2. Troque a sua dívida por outra mais barata

Muitas vezes trocar uma dívida por outra pode ser uma armadilha e gerar um efeito “bola de neve”, pois causa a falsa sensação de que a renda disponível é maior. Porém, fazer um empréstimo para pagar a dívida do cartão de crédito pode ser um bom negócio, já que os juros de atraso do cartão tendem a ser bem maiores do que os que serão pagos no empréstimo. Pesquise e compare o valor total para escolher quando essa troca pode valer a pena 

3. Reveja o seu orçamento 

Repense seus gastos para eliminar despesas que não são prioridade e, se possível, busque novas fontes de receita para auxiliar no seu balanço mensal. Também é importante planejar o seu orçamento para um período de 24 meses ou mais, assim você conseguirá ter mais previsibilidade para a sua situação em um médio prazo. 

Saiba mais: Dicas de como começar a se organizar financeiramente 

4. Compare as propostas de diferentes instituições

Veja 5 dicas de como quitar as dívidas e manter com o nome limpo

Foto: Anna Nekrashevich/Pexels

Apesar de as taxas serem parecidas entre as instituições financeiras no mercado, elas podem variar de acordo com as garantias e itens oferecidos. Aproveite e negocie as melhores condições para eventuais empréstimos e financiamentos. Se o seu salário está vinculado a um banco, por exemplo, isso já pode ser uma vantagem na hora de buscar alternativas. 

5. Busque ajuda gratuita

Existem cada vez mais opções disponíveis para quem precisa de auxílio ao renegociar dívidas e se planejar financeiramente. Entre elas estão o Sistema Universal de Finanças (SUF), que faz parte do Estúdio de Finanças da Escola de Negócios da PUCRS, e as feiras Limpa Nome do Serasa, por exemplo. 

Dica bônus 

Quer aprofundar seu conhecimento sobre o tema? Você também pode seguir carreira na área administrativa e personalizar a sua formação com a trajetória acadêmica aberta. Descubra qual graduação da Escola de Negócios combina com seus planos para o futuro e estude na PUCRS!