Projeto apoia a gestão da inovação para a transformação digital do setor produtivo

PUCRS é uma das 15 instituições que integram a Rede Nagi Digital

08/02/2021 - 08h27
Projeto apoia a gestão da inovação para a transformação digital do setor produtivo

Foto: Divulgação

A PUCRS foi uma das 15 instituições selecionadas para integrar a Rede Nagi Digital, que tem como objetivo apoiar a gestão da inovação para a transformação digital do setor produtivo. Estruturada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC), com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a rede surge em um contexto de crise – provocada pela pandemia da Covid-19 -, no qual a transformação digital é acelerada, trazendo novas respostas e soluções. 

O projeto tem a intenção de contribuir na redefinição de estratégias de empresas, visando incorporar a tecnologia como elemento chave dos negócios e integrar operações e o capital humano em processos digitais e vice-versa. Para isso, neste primeiro momento a Universidade, ao lado das outras instituições selecionadas, irá auxiliar no aperfeiçoamento das metodologias de gestão da inovação por meio de um de alinhamento conceitual.  

Essa etapa inicial, que iniciou no dia 2 de fevereiro e segue até 27 de abril, conta com oficinas teóricas e práticas. Após o alinhamento, as instituições que tiverem seus projetos-pilotos aprovados receberão apoio financeiro para aplicar a metodologia em empresas. 

Projeto da Universidade será focado na saúde 

Projeto apoia a gestão da inovação para a transformação digital do setor produtivo

Foto: Divulgação

Operacionalizada pela Escola de Negócios em parceria com o Tecnopuc, a proposta da PUCRS será focada em atender o setor da saúde. A professora Ionara Rech, coordenadora do projeto, acredita que a expertise da Universidade em gestão da inovação em função do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação, que esteve em operação de 2012 a 2016, foi um dos pontos fortes para a seleção.Nossa metodologia é baseada em estudos científicos já realizados e foi validada por meio da aplicação com 45 empresas do Rio Grande do Sul. Agora teremos a oportunidade de atualizá-la para a transformação digital e atender um setor que é complexo e que tem necessidades importantes no momento que estamos passando”, destaca. 

Entenda as etapas da Rede Nagi Digital 

O projeto da Rede Nagi Digital tem duas grandes etapas: a primeira consiste na capacitação, por meio de oficinas com temáticas diferentes voltadas às instituições selecionadas. Em um segundo momento, será elaborada uma metodologia única de gestão para transformação digital. No fim de 2021, as instituições com os projetos selecionados irão desenvolver um projeto piloto para aplicarem essa metodologia. “Passando para a segunda etapa, juntamente como Tecnopuc e com o ecossistema de empreendedorismo e inovação da Universidade, vamos buscar articular organizações, startups, empresas e academia em prol de soluções para o setor de saúde, essencial para o momento que enfrentamos como sociedade para o futuro dos negócios”, conclui a professora Ionara.