Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Maratona de Inovação da PUCRS integra estudantes na busca por soluções

Painel de abertura da MIP ocorreu nesta segunda-feira, 21 de setembro e contou com a presença da diretora do Laboratório de Design do MIT, Yihyun Lim

22/09/2020 - 17h19
Maratona de Inovação da PUCRS

Luiz Carlos Pinto, Edimara Luciano e Yihyun Lim debateram sobre mudanças tecnológicas durante o painel de abertura da MIP

Com o tema “como construiremos as cidades que queremos viver?”, a edição deste ano da Maratona de Inovação da PUCRS (MIP) integra alunos e alunas de todas as Escolas da Universidadna busca por soluções para problemas envolvendo Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis. Na noite da última segunda-feira, 21 de setembro, mais de 250 estudantes deram início a essa jornada interdisciplinar que, por conta da pandemia, foi adaptada para ocorrer no ambiente virtual. 

Durante o painel de abertura da Maratona, o agente de inovação e professor da Escola da Saúde e Ciências da VidaRafael Baptista, destacou que a proposta da MIP é integrar o conhecimento acadêmico com a prática de mercado. “Quem participa da Maratona encontra problemas reais que os desafiam a pensar soluções a partir do raciocínio investigativo, da empatia e da interação com outros participantes. Também é um espaço para explorar o potencial de geração de novos produtos ou negócios (startups), no contexto da solução proposta, utilizando metodologias criativas em um ambiente de inovação e empreendedorismo”, comentou Baptista. 

A geração de mudanças  

Para inspirar os estudantes no tema da MIP 2020, o painel de abertura teve como convidada a diretora do Laboratório de Design do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Yihyun Lim. Ela foi recebida pela professora Edimara Luciano, da Escola de Negócios da PUCRS, e por Luiz Carlos Pinto, coordenador do Pacto Alegre e diretor da Escola de Engenharia da UFRGS.  

Para a diretora do Laboratório de Design do MIT, as mudanças tecnológicas estão ocorrendo cada vez mais rápido, sendo necessário avaliar os impactos através da perspectiva humana. Lim também destacou o quão importante é que todos os agentes trabalhem em pautas comuns. “Um exemplo disso é que estamos enfrentando problemas climáticos no mundo todo. Nossa questão aqui é: como nos tornamos mais resilientes? A resposta para esse questionamento exige o trabalho em comum de diversas áreas”, salientou a coordenadora do Laboratório de Design do MIT. 

O coordenador do Pacto Alegre também destacou a velocidade das mudanças. “Nenhuma geração experienciou tantas mudanças como nós. Precisamos estar preparados. Desenvolver Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis pode ser a resposta para muitos problemas atuais”, frisou Luiz Carlos. 

Integração e transformação 

A MIP é promovida por um trabalho conjunto entre as sete Escolas da Universidade, o Laboratório Interdisciplinar de Empreendedorismo da PUCRS (Idear) e o Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc). 

A coordenadora do Idear e professora da Escola de Negócios, Naira Libermann, ressaltou a importância de trabalhar o empreendedorismo de forma transversal. “A primeira maratona foi feita só com uma Escola. Hoje ficamos felizes de ver a MIP envolvendo todas as Escolas, com representantes de cada uma. Trabalhar e falar do empreendedorismo de forma transversal e ter isso na prática é um trabalho coletivo”, apontou a coordenadora do Idear.  

Para Ana Cecília Bisso Nunes, coordenadora acadêmica do Idear e professora da Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos, a integração estimula mudanças. “Estar aberto a interagir com pessoas de diversas áreas do conhecimento é uma atitude empreendedora e um fator para a transformação social”, afirma Ana Cecília. 

Conexão com o ecossistema de inovação 

Segundo Jorge Audy, Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, além da interação entre os estudantes, a MIP também proporciona a conexão entre os ambientes de inovação da Universidade. É um caminho muito legal que percorremos, cheio de esforço, cooperação entre a Pró-Reitoria de Graduação e a Superintendência, por meio do Idear, do Tecnopuc, envolvendo diversos outros atores do ecossistema de inovação da PUCRS”. Para Audy, propiciar aos estudantes a oportunidade concreta de criarem seu futuro é a razão de existir da PUCRS. “Não é à toa que o posicionamento estratégico da nossa universidade é inovação e desenvolvimento”, apontou 

A executiva do Tecnopuc e coordenadora da Rede Inovapucrs, Flavia Fiorin, destacou o papel dos agentes de inovação das Escolas para a conexão entre as diferentes áreas. “O agente de inovação é uma referência dentro da escola que fomenta a discussão nos seus contextos. A interdisciplinaridade é uma marca a desse grupo, de onde nascem iniciativas como a MIP”, frisou Flávia.