Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Live de Cabeceira, com André Sant’Anna

Transmissão acontece no dia 8 de julho, às 18h, no canal da PUCRS no YouTube

30/06/2020 - 16h18
Live de Cabeceira, literatura, André Sant'Anna

Foto: Divulgação

O Instituto de Cultura tem como uma de suas marcas a promoção de encontros entre leitores e escritores da cena literária contemporânea, mesmo no período de distanciamento socialPor isso, a série Live de Cabeceira promove entrevistas online e ao vivo com autores do Brasil e do mundo. O projeto segue sua programação no mês de julho todas as quartas-feiras, às 18h, no canal da PUCRS no YouTube e no perfil PUCRS Cultura no Facebook. Após a transmissão, os vídeos seguem disponíveis para acesso. Com mediação do escritor Reginaldo Pujol Filho, os convidados discutem o atual momento e refletem sobre a força da literatura, fazendo recomendações de livros e realizando a leitura de trechos de contos, romances e poemas. Nesta semana, o convidado é o escritor e dramaturgo André Sant’Anna.

Sobre o convidado

André Sant’Anna é músico, escritor, dramaturgo, roteirista de cinema, televisão e publicidade. Atuou como músico e performer no grupo Tao e Qual, entre 1980 e 1990, e no grupo Sons & Furyas, desde 2003. Publicou os livros Amor (1998)Sexo e Amizade (2007)O Paraíso É Bem Bacana (2006)Inverdades (2009) e o Brasil É Bom (2014), com edições publicadas também em Portugal, Espanha, Itália e Alemanha. O conto O Importado Vermelho de Noé foi incluído na antologia Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século XX(2000), e a crônica Pro Beleléu incluída na antologia As Cem Melhores Crônicas Brasileiras (2007). 

Como dramaturgo, foi autor de textos para os espetáculos: Sexo, Companhia Pierrot Lunar, Puzzle APuzzle B e Puzzle D, dirigidos por Felipe Hirsch; Todas as Possibilidades 1 e 2O Brasil É Bom e Teresinha, dirigidos por Bruno SiniscalchiBicho e Ajuste, dirigidos por Georgette Fadel; O Importado, Odilon Esteves; Os Kavernistas do Terceiro Milênio, dirigido por Luís Mármora PI – Panorâmica Insana, dirigido por Bia Lessa. 

Na Rede Globo, foi autor-roteirista do programa Muvuca, com Regina Casé, do especial Ela Vai Morrer no Final e da minissérie Bossa Nova, coordenadas por Felipe Hirsch. Escreveu os argumentos e roteiros originais para os curtas-metragens Nove (Marta Nassar, Fábio Almeida), Urubucamelô (Fernando GerheimMarkão Oliveira, André Sant’Anna e Samir Abujamra), Amor (Markão Oliveira), Digestivo (Markão Oliveira e Samir Abujamra) e do longa Júpiter (Marco Abujamra).

Sobre o mediador

Reginaldo Pujol Filho é autor dos livros Não, não é bem isso (2019), Só faltou o título (2015), Quero ser Reginaldo Pujol Filho (2010) e Azar do personagem (2007). É doutor e mestre em Escrita Criativa pela PUCRS e tem pós-graduação em Artes da Escrita pela Universidade Nova de Lisboa. Escreve ensaios, críticas e resenhas para veículos como Folha de SP, O Globo, Zero Hora, Suplemento Pernambuco, entre outros. Ministra cursos e workshops de literatura e escrita criativa.

Compartilhe