Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Evento debate o que a ciência tem a dizer sobre o suicídio

Durante o seminário online do Núcleo de Apoio Psicossocial da PUCRS também será lançado o Guia de Cuidados da Rede Marista

03/09/2020 - 11h00

Evento debate o que a ciência tem a dizer sobre o suicídio - Durante o seminário online do Núcleo de Apoio Psicossocial da PUCRS também será lançado o Guia de Cuidados da Rede MaristaO próximo encontro promovido pelo Núcleo de Apoio Psicossocial da PUCRS abordará O fenômeno do suicidio no universo acadêmico, como forma de promover a conscientização sobre o tema e a preservação da vida. O evento virtual acontece no dia 10 de setembro, das 17h às 19h, pelo Zoom. Para acessar, clique aqui e, caso queira seu atestado de participação, inscreva-se aqui.

O comportamento suicida é um fenômeno vivenciado pela humanidade que retrata o sofrimento da condição humana frente aos desafios que vivenciamos. A finitude da vida e as condições que levam muitos jovens para esta decisão precisa ser discutida no âmbito do cuidado e da preservação da vida”, destaca o professor Francisco Kerncoordenador do Núcleo. 

O debate mediado por Kern contará com a presença de Carla Vilwwock, psicóloga do Núcleo de Apoio Psicossocial da PUCRS; e Rafael Moreno de Araujo, psiquiatra e professor da Univates. Durante o evento também será lançado o Guia de Cuidados da Rede Marista, sobre Saúde mental de adolescentes e jovens em contextos educativos: relações de cuidado humano. 

Uma vida a cada 40 segundos 

Na contramão da tendência mundial, no Brasil, a taxa de suicídio aumentou 7% segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2010 e 2016. “Uma pessoa ainda morre a cada 40 segundos por suicídio”, diz Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS no portal oficial da organização. 

O problema é uma preocupação de diversos países. “O suicídio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, estando atrás apenas dos acidentes de trânsito. Entre adolescentes de 15 a 19 anos, o suicídio foi a segunda principal causa de morte entre meninas (após condições maternas) e a terceira principal causa de morte entre meninos (após acidentes de trânsito e violência interpessoal)”, afirma o relatório.