PUCRS está na semifinal internacional do Act in Space

Projeto desenvolvido por estudantes que visa curar doenças como o câncer foi vencedor a nível nacional em competição que busca empregar tecnologia aeroespacial para resolver problemas cotidianos

02/02/2021 - 10h00
Projeto envolve medicina e tecnologia

Foto: Pexels

Em 2020, a competição Act in Space aconteceu pela primeira vez de forma totalmente online e simultânea em 60 cidades de mais de 40 países. Ao todo participaram mais de 2300 pessoas, divididas em 534 equipes. Nessa etapa, realizada em novembro, os participantes foram desafiados a criar, em 24 horas, projetos com base em tecnologias aeroespaciais. 

A equipe escolhida para participar da final, que acontecerá no dia 4 de fevereiro, foi a X-med, formada pelos estudantes Eduardo Blasina de Castro, Fernanda Carvalho, Henrique Zimmer, João Carvalho e Vinicius Brasil. O projeto desenvolvido por eles foi baseado em artigos científicos e visa encontrar uma maneira de tratar doenças como o câncer a nível celular. Os outros trabalhos premiados a nível nacional podem ser conferidos aqui. 

Fernanda Carvalho, estudante de Medicina e uma das participantes da competição, conta que a equipe é bastante multidisciplinar, sendo formada por estudantes de Engenharia Química, Administração, Medicina e, até mesmo, do Ensino Médio, sendo todos alunos ou ex-alunos da rede Marista. Isso foi essencial para que pudessem unir os conhecimentos da área da saúde com os tecnológicos, essenciais na competição”, conta. 

Segundo elafoi uma experiência muito legal durante a pandemia, por possibilitar o contato com pessoas de diferentes partes do Brasil durante a fase nacional da competição. Sobre ter passado para a semifinal internacional, a estudante afirma “estamos aprimorando nosso projeto e com bastante expectativa, mas já estamos felizes”. 

Além dos brasileiros, participam da semifinal equipes de outros 35 países. Todas essas equipes realizarão um pitch (pequena apresentação) em 7 minutos e responderão as perguntas da banca por mais cinco minutosA equipe X-med se apresentará à banca na tarde do dia 4 de fevereiroàs 13h15min, no horário de Brasília. A banca será composta por jurados de Camarões, França e Colômbia.  

Na semifinal, será escolhido um vencedor de cada uma das seis sessões de apresentação. Dessa forma, o Brasil compete no mesmo bloco que Letônia, Luxemburgo, Guatemala, Bolívia e Estônia. A final está marcada para o dia 5 de fevereiroàs 9h, no horário de Brasília, os vencedores da final serão anunciados às 11h30min. Tanto a semifinal quanto a final ocorrerão via Microsoft Teams