Em ranking do MEC, cursos da saúde da PUCRS conquistam grandes destaques no país 

O indicador de qualidade de ensino foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta quarta-feira

09/12/2020 - 18h06

Conforme o Ministério da Educação (MEC), os cursos de graduação da área da saúde da PUCRS obtiveram grandes resultados em relação à qualidade de ensino. A Enfermagem é considerada a melhor do Brasil, a Medicina é a segunda maior no país e a Odontologia está em primeiro lugar entre as instituições privadas no Rio Grande do Sul. Com dados referentes ao ano de 2019, as informações são da avaliação do Conceito Preliminar de Curso (CPC), divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta quarta-feira, dia 9 de dezembro.   

O decano da Escola de Ciências da Saúde e da Vida, Luciano Castro, recorda que, com 23 anos de existência, o curso de Enfermagem vem trabalhando para se tornar uma referência na área. “O resultado do índice de qualidade, o CPC, que o coloca em primeiro lugar dentre 793 cursos de todas as Instituições de Ensino Superior (públicas e privadas) do Brasil, se expressa como um reconhecimento dessa trajetória. A qualificação do corpo docente e da estrutura física disponibilizada para as atividades do curso, dentre essas, o Hospital São Lucas como um dos cenários para formação de um profissional destacado e inovador. Esses são fatores importantíssimos para a conquista desse reconhecimento”, destaca.

Ainda, segundo Castro, o curso de Odontologia possui mais de 60 anos de história, com reconhecida qualidade de trabalho desenvolvida, bem como a qualificação do seu corpo docente. “São mais de 65 mil atendimentos à comunidade, que são realizados, anualmente, pelos alunos da graduação curso e essa prática é fator importante e relevante, mas não único, na formação dos alunos. Uma forte relação e interação entre graduação, mestrado e doutorado, contribuem, em muito, para uma aprendizagem ainda mais qualificada”, salienta.

“O curso de Medicina da PUCRS já é um curso tradicional no Rio Grande do Sul, mas ganha, cada vez mais, reconhecimento nacional com essa avaliação. A qualificação do corpo docente, as possibilidades de interação com médicos residentes e alunos do pós-graduação e a qualidade dos campos de prática certamente contribuíram para o resultado”, enfatiza o decano da Escola de Medicina, Leonardo Araújo.   

Também tiveram destaques no ranking do MEC os cursos de Engenharia da Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Química e Engenharia Mecânica.

Como é realizada a avaliação

O CPC leva em consideração diferentes aspectos dos cursos de graduação, como o desempenho dos estudantes nas provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a percepção dos próprios estudantes em relação ao curso e à formação dos professores.

A cada três anos, um conjunto diferente de cursos é avaliado no Enade. São os mesmos que têm o CPC divulgado pelo Inep. De acordo com o Instituto, além de subsidiar a definição de políticas públicas, os resultados do CPC são utilizados como critério seletivo ou de distinção em processos de supervisão e regulação da educação superior; na construção de matriz de distribuição orçamentária para a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica; e em programas e políticas públicas do governo federal.