Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

“A educação é essencialmente relação”

Em encontro para celebrar o Dia do Educador, reitor ressaltou que métodos são importantes, mas a educação é essencialmente feita por pessoas

15/10/2020 - 14h27

“A educação é essencialmente relação” - Em encontro para celebrar o Dia do Educador, reitor ressaltou que métodos são importantes, mas a educação é essencialmente feita por pessoas2020 é um ano de muitos desafios para todos. Para os educadores, os impactos foram muitos. Foi preciso se reinventar da noite para o dia, aprender o uso de novas ferramentas, manter a conexão com os estudantes e a qualidade da aprendizagem mesmo com as aulas remotas. Para marcar o Dia do Educador, comemorado em 15 de outubro, a universidade promoveu um encontro online.  

No canal do YouTube da PUCRS, o reitor, Irmão Evilázio Teixeira, fez um resgate das conquistas que, mesmo em tempos difíceis, só foram possíveis graças a professores, pesquisadores, técnicos-administrativos e estagiários que fazem a educação possível todos os dias. Colaboradores que estão trabalhando presencialmente no Campus acompanharam o momento por meio de telas distribuídas em diferentes áreas.  

Fomos capazes de reorganizar nosso modo de trabalho, o jeito de dar aulas, de fazer pesquisa em tempo recorde. Como fruto de todos os esforços empreendidos não apenas pela gestão, mas por cada um de vocês ao se readaptarem e encontrarem formas criativas para a solução de problemas e enfrentar com coragem fatores externos que não dominamos, retomamos um bom nível de estabilidade. Chegarmos bem até aqui por si só já é motivo de darmos graças. Recebam o meu agradecimento e desejo de que permaneçamos firmes e engajados nessa nobre causa que é a educação universitária”, destacou 

Entre as conquistas de 2020 o reitor citou, além da ágil e eficiente adaptação do presencial ao online nas aulas e da adaptação ao home office, a conclusão da Fase 2 do InsCer, o lançamento de um novo curso de graduação e um Centro de Pesquisa em Ciências de Dados e Inteligência Artificial, o reposicionamento do Hospital São Lucas que também está fazendo parte do estudo da vacina Sinovac, o desenvolvimento de testes diagnóstico da Covid, a fabricação de milhares de máscaras protetivas entregues a centenas de instituições e, mais recentemente, a idealização de um projeto que vai mudar o cenário do combate à fome em Porto Alegre com a distribuição de alimentos por supermercados e restaurantes. A solidariedade também floresce em tempos difíceis, assim como a criatividade e a inovação”, ressaltou 

Leia também: Campus da Saúde: a vida no centro de tudo

Trabalho que exige dedicação, afeto e perseverança 

“A educação é essencialmente relação” - Em encontro para celebrar o Dia do Educador, reitor ressaltou que métodos são importantes, mas a educação é essencialmente feita por pessoas

Colaboradores e colaboradoras assistindo à transmissão / Foto: Divulgação

Após um momento de silêncio em homenagem à memória do professor Emílio Jeckel, que contribuiu com a PUCRS por mais de 30 anos em diversas áreas e projetos, o reitor destacou que o trabalho na educação exige dedicação, afeto e perseverança.  

A educação é feita através de pessoas e não através de métodos. Os métodos ajudam, mas não são tudo. A educação é essencialmente relação. De todos os lados as instituições humanas se abalam e se transformam. Transforma-se a família, transforma-se a vida econômica, transforma-se a vida industrial, a Igreja, o Estado. Transformam-se todas as instituições, as mais rígidas, as mais sólidas e de todas as transformações chegam um eco e uma exigência: a universidade tem que dar ouvidos a todos e a todos servir. Será o teste de sua flexibilidade, da inteligência de sua organização e da inteligência dos seus servidores, que transformando a si mesmos, são capazes de transformar a universidade”, destacou. 

O Pe. Gustavo Haas, capelão da PUCRS, fez uma oração aos educadores e propôs que todos possam olhar para o futuro com esperança. No encerramento, o Coral da PUCRS entoou a canção “Com que Roupa?”, de Noel Rosa. 

A gravação, para quem não conseguiu acompanhar simultaneamente, está disponível neste link 

Leia também: Porto Alegre contra a fome e o desperdício de alimentos