5 habilidades em alta para desenvolver em 2021

Confira sugestões de Loraine Muller, professora especialista em gestão e liderança de pessoas

18/03/2021 - 09h19
Educação impulsiona Porto Alegre como uma das melhores cidades para empreender no País

Espaço de coworking do Tecnopuc / Foto: Camila Cunha

A aceleração da transformação digital, o crescimento das possibilidades de interação online e a necessidade de que profissionais saibam lidar com adaptações e autogestão fazem com que o mercado olhe com ainda mais atenção para habilidades específicas e soft skills. É o que explica Loraine Bothomé Muller, professora da Escola de Negócios da PUCRS e especialista em gestão e liderança de pessoas. 

Além de preparar dicas sobre quais são os “talentos” que devem estar em alta em 2021, Loraine mostra na prática qual é a diferença entre habilidade e competência: 

  • Uma habilidade tem relação com a aptidão de alguém para fazer algo. 
  • a competência, no sentido profissional, é um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes que contribuem para um determinado resultado. 

Ou seja, “ter a facilidade (habilidade) de falar bem pode contribuir para a competência de liderança. Assim como a competência em negociação é formada, entre outras, pelas habilidades de ouvir e articular bons argumentos, destaca a especialista.

1. Resolução de problemas complexos

Resolver significa decompor, dividir em partes sem perder a visão do todo. Para lidar com problemas complexos é preciso ter a capacidade de criar soluções que nem sempre são as mais tradicionais e levar em consideração questões variáveis.

2. Trabalho em equipe

A pandemia é um ótimo exemplo da necessidade de saber trabalhar em equipe. Migrar as principais atividades do cotidiano para a modalidade online tem suas praticidades e flexibilidades, mas também pode ser exaustivo se não houver organização e colaboração. 

É importante estabelecer acordos e rotinas com a sua equipe de trabalho, família ou quem divide as tarefas do dia a dia com você. Essa é uma forma de facilitar a comunicação e evitar conflitos ou que informações se percam entre as trocas de mensagens. 

3. Pensamento crítico e analítico

5 dicas: como produzir conteúdo para o LinkedIn

Foto: Ketut Subiyanto/Pexels)

Não importa qual é a sua área de atuação, saber olhar para as demandas e problemas de forma crítica e analítica é essencial. Esses são critérios cada vez mais decisivos em processos de seleção, inclusive. 

Por isso é comum que cases de empresas reais sejam apresentados em dinâmicas de recrutamento em busca de soluções: para observar a capacidade analítica de cada candidato/a. 

4. Criatividade e inovação

Saiba assumir riscos calculados e explorar as oportunidades de propor ideias diferentes. Mesmo que você não se considere uma pessoa criativa, essa é uma habilidade que pode ser aprimorada. Uma boa forma de começar a pensar por outro ponto de vista é ter em mente “qual problema eu quero resolver?”.

5. Liderança de pessoas

Se engana quem pensa que apenas pessoas em cargos de gestão lideram pessoas. Essa é uma competência que complementa todas as citadas: saber liderar é importante para a entrega de projetos realizados em equipe, para identificar quais colegas têm as habilidades mais adequadas para resolver determinados problemas, assim como integrar a pluralidade das pessoas para entregar soluções mais completas. 

Essa também é uma característica atemporal que dificilmente sairá do topo da lista, mesmo com a evolução tecnológica. 

Dica bônus 

No mundo dos negócios, talento é muito importante. Mas competências e habilidades específicas são fundamentais para o sucesso. Na PUCRS você pode escolher qual caminho combina mais com seus planos e em qual área se vê trabalhando ao final da graduação.  

Descubra qual dos cursos oferecidas pela Escola de Negócios mais combina com você.