29/04/2020 - 17h01

Conheça Jaci: o robô de desinfecção que auxilia no combate a Covid-19

WhatsApp Image 2020-04-24 at 09.54.45A Instor, empresa instalada no Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc) em Viamão, desenvolveu Jaci, um robô de desinfecção 100% nacional. A tecnologia é um sistema de alta performance para áreas de contaminação e risco de infecção, capaz de eliminar mais do 90% dos vírus e bactérias presentes nos ambientes. Miguel Serrano, CEO da Instor, afirma que “isto a torna essencial na eliminação e controle de propagação infecciosa durante epidemias ou pandemias”.

O coordenador do Biohub, Carlos Klein, destaca que as crises são excelentes momentos para a quebra de paradigmas. “No mundo da inovação, é uma situação favorável para colocarmos tecnologias disponíveis, eventualmente esquecidas ou inviáveis financeiramente, a trabalhar para resolver novos problemas. A Instor uniu sua habilidade e competência em robótica com as tecnologias de UV e Ozônio para trazer uma nova solução para higienização com aplicações em diversas áreas. Ficamos muito felizes em poder colaborar nas conexões da Instor para viabilizar este projeto”, explica Klein.

Serrano reforça que a crise sanitária gerada pela pandemia tem como um de seus principais agravantes a infecção hospitalar, que sempre esteve presente, mas se intensifica neste momento. Segundo ele, o avanço da Covid-19 poderá provocar uma falta de leitos nos hospitais. “Por isso, uma das ações do governo foi criar hospitais de campanha. O Coronavírus possui uma taxa de infeção muito alta. Em virtude disso, tecnologias com luz ultravioleta do tipo C (UVC) e soluções com ozônio que permitem ou ainda, que possibilitam a desinfecção rápida de instrumentos, equipamentos, pessoas e ambientes tornam-se urgentes”, exemplifica o CEO.

Mais sobre Jaci

WhatsApp Image 2020-04-24 at 09.54.46 (1)

  • A Jaci foi pensada para ajudar nos hospitais, aeroportos, aviões, ônibus, rodoviárias, escritórios, indústrias, shoppings, centros comerciais, escolas e universidades
  • No combate a Covid-19, Jaci pode ajudar na desinfecção de ambientes gerando ozônio e irradiando UV
  • Possui um exclusivo sistema de ventilação, que permite desinfecção com maior velocidade
  • Gera ozônio forçado de forma controlada
  • Possui potentes emissores raios ultravioleta que atingem distâncias de até 3,5m
  • Possui detectores de movimento para prevenir exposição acidental de pessoas no ambiente
  • Seu acionamento e comando é remoto via aplicativo
  • Sua torre telescópica alcança uma altura de 1,8m, garantindo desinfecção inclusive do teto das salas
  • Quando a JACI opera, alertas sonoros e luminosos são ligados como segurança
  • A Jaci pode realizar teleconferências ou teleconsultas para reduzir o tempo de exposição dos profissionais da saúde dentro de ambientes altamente contaminados
  • O nome JACI é inspirado na Deusa Lua dos tupi-guaranis, que cuidava deles com sua luz a noite

O uso de UV na saúde

O uso de UV na área de saúde para matar bactérias e vírus é clinicamente comprovado através de estudos, pesquisas e testes já realizados em laboratórios do mundo todo. Tem a capacidade de erradicar 99,99% dos microrganismos incluindo bactérias, vírus e patógenos em um raio de 3.5 metros (40m2) em 20 minutos de forma estática, segundos de forma dinâmica. O UV germicida (254nm UVC) é capaz de matar e inativar micro organismos destruindo ácidos nucleicos e perturbando o DNA ou RNA, deixando-os incapazes de se replicar e recuperar.

O ozônio pode matar diversos micro-organismos como bactérias, vírus e fungos. Isso ocorre devido ao seu alto poder oxidante. O mecanismo de ação do ozônio contra bactérias e fungos, por exemplo, ocorre de fora para dentro. O ozônio destrói a parede celular desses micro-organismos, via reações químicas de oxidação, até penetrar ao interior do micro-organismo danificando também agentes vitais para sua vida, culminando assim em sua morte. 

No caso dos vírus, a ação ocorre da mesma forma. Quando em contato, o ozônio destrói vírus difundindo-se através do envelope viral e/ou do revestimento proteico (capsídeo viral) em direção ao núcleo de ácido nucleico, resultando em danos ao DNA ou RNA viral.

Compartilhe

Leia Mais Veja todas

Últimas Notícias

Veja todas notícias