16/09/2019 - 10h37

Trifacil fecha parceria com Cesmar e auxilia cursos profissionalizantes

Startup instalada no Tecnopuc segue trabalhando com impacto social

WhatsApp Image 2019-04-25 at 08.38.28

A TriFácil, startup instalada no Tecnopuc, tem como principal serviço a conexão entre um prestador de serviços e o usuário. Desde o início do ano, tem trabalhado no âmbito do impacto social, quando fechou uma parceria com o Pão dos Pobres para que os egressos dos cursos profissionalizantes da fundação fossem cadastrados no aplicativo. A nova parceria com o Centro Social Marista de POA segue o mesmo modelo, mas com uma novidade: agora, a Trifácil auxiliará as entidades a entenderem o que o mercado está precisando, para tornar os cursos profissionalizantes mais rápidos e para que os egressos sejam capacitados para os serviços que geram mais demanda no dia a dia.

Segundo um dos sócios, Alexandre Ortega, a equipe começou a enxergar que é possível levar a informação para quem prepara estes profissionais. “Assim, eles conseguem planejar ações mais assertivas, com mais resultado para todos e com investimento menor de horas de curso”.

O sócio Fabio Benites complementa: “O curso é de serralheiro, mas a questão de ser formado como serralheiro não significa que eles atenderão demandas específicas correlatas de serralheiro. Por exemplo, uma pessoa que faz o curso, vai para o mercado e precisa substituir a roldana de uma porta. Um curso de menos tempo para ser capacitado para trocar uma roldana poderia existir”. Para o gerente Rodrigo Pinto, “não é nem só a falta de demanda, é a falta de oferta, empresas estão contratando montadores porque são muito mais baratos que marceneiros, por exemplo”, salienta.

Ortega finaliza: “nós identificamos que existe uma possibilidade de inverter a lógica, e a Trifácil pode ajudar: chegamos na indústria e verificamos qual é a maior necessidade de profissionais. E depois nós passamos para os parceiros o nicho de profissionais que o mercado precisa”. Assim, os dois lados serão beneficiados: o egresso, que terá mais oportunidades de trabalho, e a indústria, que terá o profissional necessário.

Compartilhe

Leia Mais Veja todas

Últimas Notícias