Cromatografia Gasosa (CG)

 

    A fase móvel é um gás inerte, normalmente nitrogênio, hélio ou hidrogênio. Se a fase estacionária é um líquido temos a cromatografia gás-líquido ou cromatografia de partição, se a fase estacionária é um sólido temos a cromatografia gás-sólido ou cromatografia de adsorção. Em qualquer dos casos a coluna pode ser de empacotamento ou capilar aberta de sílica fundida. Deve-se conhecer a resolução e a eficiência da coluna para a amostra a ser analisada.

 

RESOLUÇÃO de uma coluna é sua capacidade de separar satisfatoriamente dois picos adjacentes.

 

EFICIÊNCIA de uma coluna é definida como sua capacidade de produzir picos estreitos e agudos.

 

    Na cromatografia gasosa existem diferentes detectores que devem ser selecionados de acordo com a mistura a ser separada.

 

    Entre nos sites abaixo para maiores detalhes dos equipamentos e da técnica:

 

Cromatografia Gasosa - Informações Gerais

 

Cromatografia Gasosa - Detalhes do Equipamento

 

Cromatografia Gasosa - Generalidades

 

Cromatografia Gasosa - Animações