Estudo da neuropsicologia do envelhecimento e de mecanismos moleculares relacionados às doenças neurodegenerativas nos idosos

Projeto de Cooperação 5

Coordenadora: Carla Schwanke

theme1-project5O envelhecimento populacional é uma realidade. A Organização das Nações Unidas (ONU), em seu relatório de 2015 sobre as projeções da população mundial, projeta um crescimento no número de indivíduos com 60 anos ou mais no período entre 2015 e 2030 de 901 milhões para 1.4 bilhões. A maioria dos idosos residirá em regiões em desenvolvimento, com seus problemas de ordem socioeconômica inerentes.

Dentre as morbidades que acometem os idosos, as doenças crônicas não transmissíveis são as mais frequentes, com destaque para as demências (como a de Alzheimer), as doenças cardiovasculares isquêmicas (doença arterial coronariana, acidente vascular encefálico) e os cânceres. Neste sentido, todos os esforços para conhecermos em profundidade os mecanismos envolvidos na gênese e na evolução das doenças crônicas não transmissíveis, assim como seu manejo e reabilitação que acometem os indivíduos que estão envelhecendo e os que já são idosos, são essenciais.

Deste modo, propõe-se o projeto que agrega três temas principais:

(1) Mecanismos moleculares das doenças neurodegenerativas do idoso;

(2) Neuropsicologia do envelhecimento: avaliação clínica, neuropsicológica e de neuroimagem e intervenção;

(3) Habilidades cognitivas e qualidade de vida em idosos: um estudo longitudinal.

Os temas serão executados em parceria com as seguintes instituições:

  • Itália – Università degli Studi di Milano. O Departamento de Ciências Farmacêuticas e Biomoleculares é um dos melhores centros de pesquisa em neurociências na Itália);
  • Canadá – University of Montreal. O Centre de Recherche de l’Institu Universitaire de Gériatrie é um dos mais renomados centros de pesquisa comportamental e clínica e em estudos de neuroimagem em envelhecimento;
  • Canadá – Laval University. O Centro de Pesquisa CERVO é um dos principais centros de neurociência e saúde mental do Canadá);
  • Espanha – Universidad Catolica San Vicente Mártir. A cooperação internacional será fundamental para a consolidação das redes de pesquisas com perspectiva de mobilidade acadêmica de docentes e discentes e de produção acadêmica de alto impacto e relevância;
  • Estados Unidos – University of Vermont.

Veja outros projetos do Tema 1