Internato em Medicina

Conceito e Objetivos

Conceito

Internato ou Estágio Curricular é o último ciclo do curso de graduação em Medicina, livre de disciplinas acadêmicas, durante o qual o estudante deve receber treinamento sistemático, contínuo, sob supervisão, em instituição de saúde vinculada à Escola de Medicina da PUCRS, ou em outras Instituições, mediante autorizações das Coordenações do Internato e Direção da Escola de Medicina. Para o ingresso neste ciclo o aluno deve ter sido aprovado em todas disciplinas do currículo até o VIII nível, incluindo as eletivas.

Objetivos

Representando a última etapa de formação acadêmica do médico, o estágio de Internato deverá proporcionar ao aluno condições de:

  • adquirir e desenvolver-se em técnicas e habilidades indispensáveis ao exercício de atos médicos considerados básicos;
  • ampliar, integrar e aplicar os conhecimentos e atitudes adquiridos nos anos anteriores do curso;
  • encaminhar corretamente os problemas de saúde da população a que vai servir, integrando-se com as várias categorias de profissionais de saúde;
  • realizar atividades de interação escola médica – comunidade, pela participação em trabalhos extra-hospitalares ou de campo;
  • desenvolver a consciência das limitações, responsabilidades e deveres éticos do médico;
  • compreender a necessidade do aprimoramento contínuo dos seus conhecimentos para usar o melhor do progresso científico em benefício do paciente.
Plano Geral

Plano Geral

A Resolução CNE/CES nº 4, de sete de novembro de 2001 do Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior, instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina. O artigo sétimo das Diretrizes determina que na formação do médico deva ser incluído como etapa integrante da graduação, o estágio curricular obrigatório de treinamento em serviço, em regime de internato, em serviços próprios ou conveniados e sob a supervisão direta dos docentes da própria Escola/Faculdade. A carga horária mínima do estágio curricular deverá atingir 35% (trinta e cinco por cento) da carga horária total do Curso de Graduação em Medicina proposto, com base no Parecer/Resolução específico da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES04.pdf). O estágio curricular obrigatório de treinamento em serviço incluirá necessariamente aspectos essenciais nas áreas de Clínica Médica, Cirurgia, Ginecologia-Obstetrícia, Pediatria e Saúde Coletiva, devendo incluir atividades no primeiro, segundo e terceiro níveis de atenção em cada área. Estas atividades devem ser eminentemente práticas e sua carga horária teórica não poderá ser superior a 20% (vinte por cento) do total por estágio. O Colegiado do Curso de Graduação em Medicina poderá autorizar, no máximo, 25% (vinte e cinco por cento) da carga horária total estabelecida para este estágio, à realização de treinamento supervisionado fora da unidade federativa, preferencialmente nos serviços do Sistema Único de Saúde, bem como em instituição conveniada que mantenha programas de residência médica credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica e/ou outros programas de qualidade equivalente em nível internacional. A concepção geral do plano deve contemplar situações em que o aluno possa habilitar-se com o objetivo de enfrentar a sua futura vida profissional cotidiana, nos vários níveis de atenção à saúde (primária secundária e terciária).

O objetivo é formar um médico com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a atuar pautado em princípios éticos, no processo de saúde-doença em seus diferentes níveis de atenção, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação à saúde, na perspectiva da integralidade da assistência, com senso de responsabilidade social, compromisso com a cidadania e como promotor da saúde integral do ser humano. Deve ainda ser estimulado que os internos participem de todas as atividades científicas e de pesquisa desenvolvidas no setor em que estejam estagiando.

Áreas de Estágio

São considerados como áreas obrigatórias os estágios de Cirurgia, Medicina Interna, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria e Saúde Coletiva em que o aluno deverá frequentar em esquema de rodízio, sucessivo, sempre com supervisão. O aluno somente poderá iniciar o Estágio obrigatório que consiste em Internato em Cirurgia, Internato em Ginecologia e Obstetrícia, Internato em Medicina Interna, Internato em Pediatria e Internato em Saúde Coletiva (Internatos I, II, III, IV e V) após aprovação em todas as disciplinas do nível VIII, a aprovação nas disciplinas eletivas e aprovação no exame de proficiência em língua inglesa. O aluno somente poderá iniciar o Estágio com área optativa (Internato VI), após aprovação em todas as áreas de Estágio obrigatório. No último ano do curso, no Internato com área optativa (Internato VI), os alunos poderão escolher realizar seu Estágio em laboratório ou instituição de pesquisa. São pré-requisitos obrigatórios para solicitação deste estágio: 1) carta de aceitação do orientador comprovando disponibilidade de horário para orientação; 2) comprovação do aluno de que foi (ou é) bolsista de iniciação científica; 3) estar participando de projeto de pesquisa já aprovado pelo comitê de Ética da PUCRS; O local deste estágio deverá ser aprovado pelo orientador do aluno e pela Comissão de Internato. O aluno deverá receber uma nota de desempenho, atitudes e habilidades para cada mês de estágio.

Duração do Estágio

O Estágio obrigatório estende-se por seis quadrimestres contínuos e tem duração de 22 meses, assim distribuídos: 4 meses de Internato em Cirurgia, 4 meses de Internato em Ginecologia e Obstetrícia, 4 meses de Internato em Medicina Interna, 4 meses de Internato em Pediatria, 4 meses de Internato em Saúde Coletiva e 2 meses de Internato com área optativa. O Estágio com área optativa tem duração de dois meses e poderá ser realizado em qualquer uma das áreas. A escolha da área é feita conforme disponibilidade de vagas (informada no momento desta opção) e será por ordem do coeficiente de rendimento do aluno. Está previsto estágio de segunda à sexta-feira (manhã e tarde), sábado (manhã) e plantões serão distribuídos conforme a escala de cada área.

Estágio Optativo

Avaliação de desempenho, atitudes e habilidades: a avaliação do desempenho do aluno, em atitudes e habilidades será feita através da nota média das Fichas de Avaliação, pelos preceptores responsáveis pelo estágio do aluno, correspondendo à nota total do Estágio Optativo. Aluno realizando estágio optativo fora da PUCRS fica responsável pela entrega da Ficha de Avaliação na Secretaria de Graduação da Escola de Medicina.

Cronogramas de Atividades

email

ATENÇÃO ACADÊMICOS!

A PUCRS quer se comunicar com você! Use o e-mail da PUCRS: nome.sobrenome@acad.pucrs.br

DICA: você pode configurar o recebimento das mensagens da PUCRS para outro e-mail de uso pessoal e mais utilizado.

 

 

 

Internato em Cirurgia

2º Quadrimestre de 2018:
Cronograma de Atividades

Escala Cirurgia

Escala de Plantões – Cirurgia no 1º Quadrimestre de 2018 semana(1)

 

Internato em Ginecologia e Obstetrícia

1º Quadrimestre de 2018:

Cronograma Ginecologia 

Seminários de Obstetrícia

Seminários de Ginecologia

Escala Vila/RAP/AC

 

Internato em Medicina Interna

Artigos I

Artigos II

2º Quadrimestre de 2018:

Cronograma

Escalas Vila e Psiquiatria

Orientações plantão na Unidade de Pronto atendimento do Pronto – SUS

Áreas de Estágios e Contatos 

Escala 

Estágios

Internato em Pediatria

Orientações aos DDOS Neo

Rotinas Neonatais

2º Quadrimestre de 2018:

Cronograma de atividades

Escala

Manual 

 

Internato em Saúde Coletiva

1º Quadrimestre de 2018:

Cronograma

Escala – Saúde Coletiva

HPS – Normas e Rotinas

Formulário Troca de Plantão HPS

 

Contato do Internato em Geral

E-mail: jaqueline.santos@pucrs.br

 

Estágio para Acadêmicos de Outras Instituições

Será permitido o estágio de acadêmicos de Medicina estrangeiros, desde que haja vaga disponível nos Serviços procurados. Para os alunos procedentes de outras instituições do País, serão oferecidas vagas para estágio curricular, no período correspondente ao Estágio Optativo dos alunos da Medicina da PUCRS, mediante os seguintes critérios:

  1. solicitação de estágio dentro do prazo, que é até o final do semestre anterior ao semestre pretendido;
  2. disponibilidade de vagas no Departamento solicitado;
  3. número de vagas será limitado ao número total de alunos da turma, divididos pelas 4 grandes áreas, correspondendo, em média, a 18 alunos. No caso de esse número não ser preenchido pelos alunos da Faculdade de Medicina da PUCRS, o Departamento poderá aceitar inscrições de alunos de outras instituições;
  4. somente serão aceitos doutorandos provenientes de instituições onde exista o Serviço pretendido na sua opção. Ex.: se o doutorando pretende estagiar na Pneumologia, na sua instituição de origem deverá haver Serviço de Pneumologia;
  5. a seleção dos doutorandos interessados será feita mediante normas estabelecidas pelos próprios Departamentos.
Serviço militar na área da saúde

FISEMI

Ficha Individual para fins de Serviço Militar, que devem ser preenchidas por todos os prováveis formandos (homens) do curso de Medicina no ano de 2017. O preenchimento da ficha FISEMI é obrigatório e possibilita aos alunos participarem do processo seletivo (do Exército), com o objetivo de desenvolverem suas funções nas respectivas áreas de atuação. É muito importante lembrar que, mesmo o aluno que não tenha interesse em participar do processo seletivo, deve preencher e entregar a ficha FISEMI. OBS: Ressaltamos que, mesmo os homens não tendo interesse em participar do processo seletivo, devem comparecer na Secretaria da Escola de Medicina, preencher e entregar a ficha FISEMI.