Coleção de Aracnídeos e Miriápodes

A memória da nossa biodiversidade

A coleção de Aracnídeos possui cerca de 40.000 lotes com aproximadamente 76.000 espécimes conservados em álcool a 80%. A maior parte do acervo é formado por representantes da Ordem Araneae (94%), os demais representam as ordens Opiliones, Scorpiones, Acari, Pseudoscorpiones, Uropygi, Amblypygi, Solifugae e Ricinulei. A maioria dos espécimes são provenientes do estado do Rio Grande do Sul. Há também material dos estados do Amazonas, Pará, Mato Grosso e Roraima. A coleção possui 27 holótipos, 15 alótipos e 91 parátipos.


Curador

Renato Augusto Teixeira

renato.teixeira@pucrs.br

Foto de Estevam da Silva
Coleções Online
Tamanho

Número de lotes*

Araneae:

37500 lotes

Scorpiones:

886

Opiliones:

573

Ricinulei:

04

Amblypygi:

09

Uropygi:

10

Solifugae:

09

Pseudoscorpiones:

215

*Toda a coleção esta preservada em álcool 80%.

Número de espécimes

Arachnida:

110.000 espécimes

Myriapoda em geral:

132

Alcance geográfico

Estado do Rio Grande do Sul, Viamão, tanto em áreas de mata preservada quanto em ambiente de restinga como é o caso do Parque Estadual de Itapuã , Cidreira e Rio Grande, Guaíba, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Maquiné, Barra do Ouro, São Borja, Uruguaiana, Itaara, Santa Maria, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Potreiro Velho, São Francisco de Paula, El Dourado do Sul e Novo Cabrais.

Amazonas: São Gabriel da Cachoeira, Manaus, Pico da Neblina, Morro dos Seis Lagos, em Maturacá e Benjamin Constant.

Pará: Belém, Melgaço na Estação Científica Ferreira Penna de Caxiuanã, Oriximiná.

Mato Grosso: Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Santo Antonio do Levergere e Porto Cercado, Chapada dos Guimarães.

Roraima: Ilha de Maracá em Vista Alegre.

Santa Catarina: Chapecó, Rio dos Índios, Guatambu.

Minas Gerais: Rio Claro, Belo Horizonte.

Paraná: Morretes, Serra da Graciosa, Curitiba

Principais grupos representados

Os aracnideos representam 94% do total de lotes da coleção.

Material-Tipo
A coleção e o estado do Rio Grande do Sul

A coleção é um banco genético de representantes da fauna de aracnídeos e de miriápodes, de vários municípios do Estado. As áreas mais representadas são aquelas em que foram levados a efeito projetos de Mestrado e/ou Doutorado e Trabalhos de Conclusão de Curso de alunos de Faculdades do interior do Estado, onde as coletas foram mais intensas.

Outras coleções