08/03/2019 - 10h20

Dia internacional da Mulher

A consultora de educação corporativa Daniele Medeiros trouxe ao LABELO uma importante visão da presença feminina em nossa sociedade

Apenas em 1975 a Organização das Nações Unidas (ONU) oficializou o dia 8 de março para exaltar – e memorar – as conquistas políticas e sociais das mulheres. O ano de 1975, inclusive, ficou conhecido como o Ano Internacional das Mulheres.

Porém, são mais de 100 anos de movimentos sociais para garantir voz e direitos às mulheres. E, se ainda hoje a data remete uma aclamação de igualdade social é sinal de que precisa-se avançar rapidamente neste tema.

Crescimento lento nas engenharias

Dados do Censo de Educação Superior levantados pelo IDados a pedido do G1.com mostram que, em 2015, apenas 30,3% de estudantes matriculados em engenharia em universidades brasileiras eram mulheres. No mercado, o número de mulheres atuantes em relação aos homens cai percentualmente para 26,9%.

Dia_internacional_mulher_LABELO-PUCRSMulheres no LABELO

O dia-a-dia do LABELO é desenvolvido pela importância e participação ativa das mulheres – como deve ser. Elas estão envolvidas em posições desde o relacionamento com o cliente, passando pelas diversas áreas técnicas até chegar à gestão de projetos especiais, que impactam na evolução e apoio a indústria nacional.

As mulheres atuam diariamente com a avaliação e prevenção de riscos as pessoas e ao meio ambiente, a partir de ensaios químicos e mecânicos em matérias e insumos odonto-médico-hospitalares e em pilhas e baterias, pois esses produtos são utilizados em larga escala por toda a sociedade, necessitando de avaliação precisa e adequada, para não causar danos e lesões a população. Também passam pelas suas mãos ensaios que garantem segurança e qualidade em insumos farmacêuticos, desde as matérias-primas até o medicamento.

São diversos os processos que têm mulheres como responsáveis no Laboratório. Elas atuam desde o processo de recebimento de amostras e equipamentos, passando pelas diversas etapas de ensaios, na garantia da qualidade técnica do resultado dos ensaios que serão disponibilizados ao cliente e por fim na entrega do serviço e relação com nossos parceiros. Além disso, definem regras e procedimentos do sistema de gestão, mantêm o controle e informações atualizadas dos mais de 5000 equipamentos do LABELO. É a partir de esforços femininos que todos os setores do LABELO ganham suporte para a manutenção da acreditação à Cgcre.

Compartilhe

Leia Mais Veja todas

Últimas Notícias

Veja todas notícias