Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Histórico

Em 1985, o professor Milton Menegotto, diretor do Instituto de Biociências, reconhecendo o prestígio que o prof. Alberto Furtado Rahde mantinha junto às instituições ligadas à Toxicologia, tanto em âmbito nacional quanto internacional, convidou-o para criar um curso nesta área. Aceito o convite, nascia o Curso de Especialização em Toxicologia Aplicada, pioneiro na América Latina.

Em 19 de maio de 1991, o parecer do Cocep nº 09/91, criou o Centro de Toxicologia Aplicada (CTA), transformando-o em Órgão Suplementar vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Em 17 de setembro de 1998, o novo Estatuto da PUCRS transformou o Centro de Toxicologia Aplicada no Instituto de Toxicologia (Intox), reafirmando sua condição de órgão de pesquisa.

Em agosto de 2011, passou a se chamar Instituto de Toxicologia e Farmacologia, havendo uma ampliação das atividades científicas e de prestação de serviços.

Em dezembro de 2017 a Universidade implanta um novo modelo de organização acadêmica e governança. Dentro deste contexto ocorreu a reestruturação dos Institutos e, em 8 de dezembro, o até então Instituto de Toxicologia e Farmacologia (Intox) passa a ser denominado Centro de Pesquisa de Toxicologia e Farmacologia, vinculado à Escola de Ciências da Saúde.

Atualmente, realiza atividades de ensino (em nível de graduação e pós-graduação), pesquisa em diversas áreas da Toxicologia e Farmacologia, bem como prestação de serviços, através de análises de Toxicologia Ambiental, Ocupacional, Forense e de Insumos Farmacêuticos, além de Ensaios Pré-Clínicos em Farmacologia e Toxicologia.