08/10/2019 - 14h44

Pesquisadora do InsCer apresenta trabalhos em eventos internacionais

celia01 corretoA pesquisadora do Instituto do Cérebro do RS, Célia Carlini, esteve na Inglaterra para participar do evento Venoms & Toxins 2019, um dos mais relevantes da área de Toxinologia, onde fez uma apresentação oral com o título “Urease de Proteus mirabilis: propriedades biológicas não-enzimáticas inesperadas e relevantes para a patogênese” ou “Proteus mirabilis urease: unsuspected non-enzymatic biological properties relevant to pathogenesis”.  Há vários anos Carlini vem estudando ureases, que são toxinas produzidas por muitos organismos patogênicos, como as bactérias Proteus mirabilis e Helicobacter pylori.

celia02Depois, a coordenadora do Laboratório de Neurotoxinas – LaNeurotox foi para a Bélgica se encontrar com o colaborador Dr. Jan Tytgat para discutir o progresso do projeto de doutorado do aluno Carlos Gabriel Moreira de Almeida, do PPG Medicina e Ciências da Saúde da PUCRS, que realiza estágio-sanduíche na KU Leuven, com bolsa da CAPES-PRINT.

 

 

celia03Por fim, Carlini terminou a viagem na Áustria, onde participou do XXIII Workshop of the European Helicobacter and Microbiota Study Group, apresentando dois pôsteres, que foram muito bem recebidos pelos participantes do evento: “Propriedades não enzimáticas da urease de Helicobacter pylori” ou “Non-enzymatic properties of Helicobacter pylori uréase e Proteus mirabilis urease: unsuspected non-enzymatic properties that potentially contribute to pathogenesis”.

Muito se discutiu neste evento a respeito da associação da microbiota gastrointestinal e doenças neurodegenerativas, como as doenças de Parkinson e Alzheimer. “Nesta ocasião, fomos apresentados a várias personalidades no campo do Helicobacter, o que será muito importante para nós, permitindo ampliar não só a nossa visibilidade, mas também facilitando o estabelecimento de novas parcerias internacionais”, afirma a especialista.

 

Compartilhe

Leia Mais Veja todas