28/07/2020 - 13h50

Coordenadora da Medicina Nuclear é coautora em estudo publicado no exterior

A coordenadora do serviço de Medicina Nuclear do Instituto do Cérebro do RS, Cristina Matushita, é coautora de um estudo que acaba de ser publicado no principal periódico em Medicina Nuclear das Américas, o Journal of Nuclear Medicine, da Sociedade de Medicina Nuclear e Imagem Molecular dos Estados Unidos.

O artigo fez um levantamento entre 434 pessoas de 72 países, incluindo o Brasil, sobre o quanto o serviço de Medicina Nuclear foi afetado durante a pandemia. Em síntese, o levantamento mostrou que o serviço foi fortemente impactado, com uma queda de 54%, em média.

Os exames de PET/CT, especificamente, diminuíram 36%. Além disso, 15% dos respondentes contraíram coronavírus em seus estabelecimentos. Esse é mais um recorte que mostra o quanto a Covid-19 afetou e tem afetado os diferentes serviços no mundo inteiro.

Compartilhe

Leia Mais Veja todas