Laboratório de Alto Desempenho

LAD-Logo

O Laboratório de Alto Desempenho (LAD) tem como função o provimento de recursos computacionais de alto desempenho para pesquisadores, professores e alunos da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Os recursos também estão disponíveis para utilização por empresas de diversos portes, estabelecidas, ou não, no parque tecnológico da PUCRS (TecnoPUC). O LAD disponibiliza uma grande capacidade computacional através de servidores e dispositivos de armazenamento com diferentes configurações visando a execução eficiente de aplicações que possuem alta demanda computacional.

Histórico

Desde sua inauguração e posterior incorporação pelo Instituto IDEIA, em abril de 2010, o LAD dispõe à comunidade acadêmica infraestrutura e assessoria no que tange alta demanda e/ou alta disponibilidade computacional. Antigamente, antes do LAD, os diversos grupos da universidade que necessitavam de Processamento de Alto Desempenho dependiam de recursos exteriores, sejam privados ou governamentais, para executarem suas aplicações.Eles individualmente, ou em grupo, faziam a compra de máquinas capazes de efetuar o processamento necessário. Isso era altamente ineficaz, pois os pesquisadores normalmente não têm o conhecimento técnico necessário para a configuração, instalação e manutenção destas máquinas. Mesmo aqueles que possuíam esse conhecimento, acabavam preferindo, com toda a razão, dedicar o seu tempo para as questões de pesquisa. Como resultado, houve a multiplicação na universidade de instalações precárias, que não eram aproveitadas da melhor forma possível e acabavam tendo uma vida útil menor do que a esperada. Este modelo também resultava em um maior custo de instalação e manutenção para a universidade e em plataformas de menor poder computacional para os pesquisadores. Com a estruturação do Laboratório de Alto Desempenho os pesquisadores não precisaram mais se preocupar em adquirir máquinas para obtenção de poder computacional, mas utilizam os recursos de projeto para pagar por este serviço que está sendo provido pelo LAD (horas de computação e/ou quantidade de armazenamento). O pesquisador pode ainda se concentrar na execução de suas pesquisas sem ter que se preocupar com a manutenção e gerenciamento dos recursos, tendo a sua disposição muito mais poder computacional do que teria conseguido através de uma máquina comprada com o mesmo recurso. As unidades não precisam mais ceder área para máquinas precariamente instaladas e a universidade racionaliza os investimentos em infraestrutura de Processamento de Alto Desempenho mantendo apenas um laboratório central. Hoje o Laboratório oferece serviços tanto à comunidade acadêmica como também para empresas que de alguma forma necessitem de Processamento de Alto Desempenho.