Disciplinas

Horários das disciplinas 2019/2

Clique aqui para fazer o download do arquivo PDF


Conheça as disciplinas do programa

 

A Categoria do Cotidiano em Agnes Heller
COD Carga Horária Descrição
52236-03 45 A cotidianidade a partir do referencial teórico de Agnes Heller, abordando temas éticos, filosóficos e políticos, tais como: estrutura da vida cotidiana, preconceitos, valor e história, Ética no marxismo, trabalho e não-trabalho, necessidades radicais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
A Etapa de Análise dos Dados na Pesquisa Social
COD Carga Horária Descrição
82229-03 45 Estudo das etapas finais do ciclo de pesquisa, incluindo os processos de organização, representação e interpretação dos dados, bem como as estratégias para comunicação dos resultados.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
A Questão Social e as Políticas Sociais
COD Carga Horária Descrição
52279-03 45 Estudo sobre a questão social na sociedade capitalista e a implantação de políticas sociais, na perspectiva dos diferentes autores contemporâneos. Discussão sobre o neoliberalismo e movimentos de constituição das políticas sociais no Brasil, a partir da constituição de 1988, bem como da participação social dos movimentos sociais e respostas do Estado e da Sociedade Civil às expressões da questão social.
Professor Tempo de Casa Lattes
GIOVANE ANTONIO SCHERER 8 anos e 4 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Análise de Discurso e Análise de Conteúdo
COD Carga Horária Descrição
52258-03 45 Debate acerca dos fundamentos teórico e a aplicabilidade da Análise de Discurso e de Conteúdo nas pesquisas qualitativas, a partir de diversos autores, tais como: Michel Pechêux, Van Dijk, Fairclough, Foucault, Thompson, Laclau, Spink, Moraes e Galiazi, Bardin.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Avaliação de Políticas Sociais
COD Carga Horária Descrição
42244-03 45 Concepções, conceitos e tipos de avaliação de políticas e programas sociais. Metodologia para a construção de indicadores sociais. Exercícios de construção de instrumento para avaliação e monitoramento de programas e projetos sociais e de critérios de avaliação, com o uso de indicadores.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Correntes Filosóficas Contemporâneas
COD Carga Horária Descrição
82259-03 45 Estudo dos principais pressupostos que fundamentam os modos de conhecer a partir de autores clássicos relevantes do pensamento moderno e contemporâneo. Explicitação dos princípios que orientam os principais sistemas de filosofia social e política. Estudo da dialética como método e como sistema na filosofia do Idealismo Alemão.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Desenvolvimento Econômico na América Latina
COD Carga Horária Descrição
82232-03 45 História econômica da América Latina, Dependência e Desenvolvimento na América Latina, o estruturalismo latino-americano, economia latino-americana, crescimento econômico, emprego e equidade, América Latina e os desafios da globalização, desenvolvimento e cidadania, desigualdades: perspectivas analíticas, a pobreza na América Latina.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
ESTADO E TEORIAS DA JUSTIÇA IV
COD Carga Horária Descrição
3150V-03 45 Explicitação dos fundamentos da filosofia moral kantiana. Apreciação da crítica hegeliana ao formalismo da moral kantiana. Discussão sobre o conceito de contradição na filosofia prática de Kant e na Filosofia do Direito de Hegel. Apresentação da eticidade hegeliana como complementar à moralidade em Kant.
Professor Tempo de Casa Lattes
THADEU WEBER 37 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Metafísica e Epistemologia MESTRADO Não Obrigatória
Metafísica e Epistemologia DOUTORADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Ética e Filosofia Política MESTRADO Não Obrigatória
Ética e Filosofia Política DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Dialética A Dialética é estudada em autores clássicos como Platão e Hegel. Procura-se, nesta linha de pesquisa, abordar a contribuição da Dialética para problemas especulativos da filosofia atual, sobretudo no que diz respeito à relação entre dialética e sistema.
Fenomenologia e Hermenêutica Esta linha de pesquisa tem por objetivo analisar questões clássicas da teoria do conhecimento sob a perspectiva de filósofos do paradigma fenomenológico, que dominou o continente europeu por quase um século e tem representantes no mundo inteiro.
Filosofia na Idade Média Estudo dos filósofos da Idade Média.
Epistemologia Analítica Estudo de tópicos fundamentais da agenda contemporânea em Epistemologia: teorias do conhecimento, teorias da racionalidade epistêmica, ceticismo e paradoxos epistêmicos.
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Estado e teorias da justiça São tratados aspectos teóricos e pragmáticos das teorias da justiça de autores como Immanuel Kant, John Rawls e Jürgen Habermas, assim como suas diferentes apropriações críticas e alternativas em teorias comunitaristas e utilitaristas.
Fundamentação da Ética Nesta linha de pesquisa, abordam-se os problemas centrais da Ética sob o ponto de vista histórico e sob o aspecto sistemático, destacando-se autores como Platão, Aristóteles, Kant e outros. A relação entre razão prática e teórica é um dos temas centrais.
Economia Política, Estado e Sociedade
COD Carga Horária Descrição
52257-03 45 Estudo sobre o valor das mercadorias, extorsão da mais-valia, tendência à acumulação, o desemprego, as intervenções do Estado, economia política brasileira e sua relação com temáticas do mundo contemporâneo.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Economia, Estado e Mercado
COD Carga Horária Descrição
52250-03 45 Revisão de conceitos básicos de economia política, a grande transformação, os principais movimentos políticos econômicos e sociais do século XX, a reforma do Estado e a Sociedade, o novo contrato social, os fins e os meios do desenvolvimento, Mercado, Estado e oportunidade social, Globalização, hegemonia e império e questão social.
Professor Tempo de Casa Lattes
IZETE PENGO BAGOLIN 13 anos e 4 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Educacao na Saúde e Intersetorialidade
COD Carga Horária Descrição
82234-03 45 Debate sobre educação na saúde e intersetorialidade, reconhecendo a Educação na Saúde como estratégia na produção do conhecimento com foco nas políticas de formação profissional e a Intersetorialidade para subsidio de políticas dirigidas para o enfrentamento das expressões da questão social.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Ensino e Prática Docente no Serviço Social
COD Carga Horária Descrição
52256-03 45 Com finalidade de ofertar suporte crítico e analítico à formação a disciplina propicia o debate a respeito das concepções de educação, o papel da Universidade e os aspectos didático-metodológico no processo ensino-aprendizagem. Visa também preparar os discentes para o estágio na docência, que ocorre nas disciplinas curriculares do Curso de Graduação.
Professor Tempo de Casa Lattes
GLENY TEREZINHA DURO GUIMARAES 28 anos e 4 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Expressões de Violência e Estratégias de Enfrentamento
COD Carga Horária Descrição
82230-03 45 Estudo sobre estratégias de enfrentamento da violência, em suas múltiplas expressões: violência estrutural, violência institucional, violência nas escolas e violência doméstica e intrafamiliar, com enfoque na violência contra as mulheres, idosos e crianças. Análise de experiências desenvolvidas no âmbito da educação, saúde, assistência social e justiça para enfrentamento a violência a partir de uma perspectiva interdisciplinar.
Professor Tempo de Casa Lattes
PATRICIA KRIEGER GROSSI 19 anos e 4 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Família, Historicidade e Política Social
COD Carga Horária Descrição
42243-03 45 Estudo da família, sua historicidade, transformações através dos tempos até a sociedade contemporânea. Debate acerca da família no contexto das relações sociais contemporâneas, o universo das relações familiares e sua importância na constituição dos sujeitos, a inclusão nas políticas sociais e os desafios colocados para profissionais na abordagem com famílias na atualidade.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Fundamentos do Serviço Social
COD Carga Horária Descrição
82260-03 45 Estudo aprofundado do significado social do Serviço Social nos marcos da sociedade brasileira em suas interfaces com as manifestações contemporâneas analisando, em uma perspectiva histórico-crítica, as repercussões para a formação, o exercício e a construção do conhecimento na área.
Professor Tempo de Casa Lattes
BEATRIZ GERSHENSON 33 anos e 4 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Gestão Social e Sociedade Civil
COD Carga Horária Descrição
82236-03 45 História, conceituação e os paradigmas contemporâneos para apreensão da Gestão Social. Análise crítica da Gestão Social em desenvolvimento no Brasil no âmbito do Estado, do Mercado e da sociedade civil. As tendências e os desafios da Gestão Social na sua interface com as políticas públicas e a democratização dos direitos sociais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Gestão Social: Tendências e Perspectivas
COD Carga Horária Descrição
72299-03 45 Conceituação, historicidade e os paradigmas teóricos/ organizacionais da Gestão Social. Apreensão e análise crítica da Gestão Social em desenvolvimento no Brasil no âmbito do Estado, do setor produtivo e das organizações da sociedade civil. As tendências recentes da Gestão Social: as parcerias do setor público com a sociedade civil; o protagonismo do mercado no desenvolvimento de ações sociais. A interface, as possibilidades, contradições e desafios da atuação desses setores no enfrentamento da Questão Social.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Gênero, Trabalho e Envelhecimento
COD Carga Horária Descrição
82247-03 45 Estudo sobre o gênero como construção histórica, social e cultural; as atribuições culturalmente impostas a homens e mulheres em sociedade; as transformações societárias e os novos papeis assumidos por homens e mulheres. O trabalho como categoria fundante, da sociabilidade humana e elemento estruturador das relações sociais, as questões de gênero no trabalho e o envelhecimento do trabalhador na sociedade do trabalho. As formas diferentes de envelhecer de homens e mulheres, as propostas internacionais de ação sobre o envelhecimento e as formas de proteção social ao cidadão brasileiro que envelhece.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
História do Serviço Social
COD Carga Horária Descrição
82238-03 45 Origens do Serviço Social e sua implantação no Brasil no contexto histórico da década de 1930. O Estado e economia antes e depois de 1930. A Institucionalização do Serviço Social como profissão no Brasil e as tendências teóricas e metodológicas iniciais. O Serviço Social no contexto desenvolvimentista. A crítica das críticas tradicionais do Serviço Social e a busca de alternativas de ação a partir da década de 1960. Os movimentos de cultura popular e o Serviço Social. O Serviço Social no período da ditadura. A busca de novos caminhos para o Serviço Social a partir da democratização. As tendências teóricas e metodológicas no Ensino e no trabalho do Serviço Social nas últimas décadas.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Human Rights and Social Policies
COD Carga Horária Descrição
82258-03 45 Estudo sobre a construção social e histórica dos direitos humanos no contexto internacional e no Brasil. Sistema Internacional de Direitos Humanos de Proteção, Sistema Protetivo Brasileiro. Análise do papel do Estado, Sociedade Civil e Políticas Sociais na configuração do Sistema Brasileiro de Proteção dos Direitos Humanos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Inclusão Produtiva e Economia Solidaria
COD Carga Horária Descrição
82203-03 45 Debate acerca da inclusão produtiva na perspectiva da economia solidária. A capacidade produtiva e de gestão, de grupos em situação de vulnerabilidade social e que geralmente, estão vinculados a programas Federais, como o Bolsa Família e sistemas associativos.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Introdução à Teoria Marxiana e o Método em Marx
COD Carga Horária Descrição
72296-03 45 Estudo sobre os pilares da teoria marxiana, a partir da apropriação das principais obras marxianas, identificando as possibilidades de mediá-las para o debate sobre a questão social no tempo presente e para o adensamento teórico e metodológico das dissertações e/ou teses em curso de elaboração que se orientam por esse referencial epistemológico.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
La Educación Y Las Desigualdades Sociales En América Latina
COD Carga Horária Descrição
8221B-03 45 Esta disciplina propone un espacio de análisis de las relaciones entre sociedad y educación, problematizando especialmente a producción y reproducción de las desigualdades sociales en América Latina. Será priorizado el estudio de las contribuciones teóricas de la Sociología de la Educación, principalmente las perspectivas asociadas a la denominada Educación Crítica. Serán trabajadas producciones de autores clásicos y contemporáneos europeos así como la recepción de esas teorías y sus desarrollos en la producción intelectual latinoamericana. La disciplina será dictada en español.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Organizações, Processos e Movimentos Sociais
COD Carga Horária Descrição
82204-03 45 Estudo dos principais processos sociais presentes na sociedade e, na particularidade da realidade dos segmentos sociais, na perspectiva dos diferentes autores contemporâneos. O debate sobre a interface profissional com as organizações e as práticas coletivas, contemplando as organizações populares em sua dimensão de resistência e enfrentamento por parte do sujeito social na consolidação da democracia e cidadania na vida em sociedade.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Pesquisa Social
COD Carga Horária Descrição
52243-03 45 Estudo sobre teoria de pesquisa, abordando todo o ciclo investigativo, desde a formulação do problema de pesquisa, passando pelas técnicas de coleta e análise dos dados e sua devida representação e sistematização. Além de debates e reflexões teóricas sobre metodologia e técnicas de pesquisa, serão trabalhados os referenciais epistemológicos que as orientam e as questões éticas.
Professor Tempo de Casa Lattes
JANE CRUZ PRATES 23 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Pobreza, Exclusão Social e Política Social
COD Carga Horária Descrição
72295-03 45 O debate contemporâneo sobre pobreza, exclusão e políticas sociais. O debate francês da compreensão desses fenômenos: sua influência no pensamento brasileiro. Os impactos no cenário brasileiro dos reflexos da nova configuração do mundo do trabalho, da reforma do Estado e das demandas sociais.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Política Social Pública: Interseccionalidade e determinantes sociais em saúde
COD Carga Horária Descrição
82261-03 45 Discutir a Política Social Pública brasileira na interface com temas e eventos atuais e que tem ocupado a agenda de diferentes atores sociais (intelectuais, movimentos sociais, gestores, etc.), especialmente: violência, diversidade sexual e de gênero, movimentos sociais, diásporas e migrações, novas formas de relações afetivas e familiares ¿ a partir de uma perspectiva interseccional tendo como pano de fundo os determinantes sociais em saúde ampliando, complexificando e tornando mais orgânica a compreensão dos processos de exclusão e as desigualdades que caracterizam a realidade atual.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Política de Assistência Social e SUAS
COD Carga Horária Descrição
82202-03 45 Estudo sobre os principais documentos e produções que fundamentam a PNAS e o SUAS e debate sobre investigações em curso e a literatura de Serviço Social que aborda essa temática e temas que lhe são transversais, à luz do contexto histórico-social contemporâneo do Brasil e dos determinantes que condicionam a efetivação da seguridade social no País.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Política de Saúde e SUS
COD Carga Horária Descrição
42245-03 45 Estudo sobre o Sistema Único de Saúde seus impasses e perspectivas a partir da análise histórica das políticas de saúde. Determinantes políticos, sócio-econômicos, ambientais presentes até a consolidação do Sistema Único de Saúde brasileiro, a evolução das concepções sobre saúde x doença bem como dos modelos de atenção em saúde. O trabalho dos profissionais de saúde, em especial o trabalho do assistente social na saúde e o Projeto Ético-Político do Serviço Social em relação a movimentos como: Reforma Sanitária e Reforma Psiquiátrica.
Professor Tempo de Casa Lattes
MARIA ISABEL BARROS BELLINI 30 anos e 4 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Políticas Sociais: Conceitos e Configurações
COD Carga Horária Descrição
42238-03 45 As teorias explicativas da constituição e desenvolvimento das políticas sociais. O estado e a sociedade civil na constituição das políticas sociais. A seguridade social como sistema de proteção social. As repercussões nas políticas sociais do ajuste neoliberal na América Latina. O Estado brasileiro e a particularidade da trajetória histórica do sistema de proteção social brasileira.
Professor Tempo de Casa Lattes
JANE CRUZ PRATES 23 anos e 11 meses Link
GISSELE CARRARO Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Políticas de Ensino Superior e Formação em Serviço Social
COD Carga Horária Descrição
82200-03 45 Apreensão, crítica e analítica, do contexto e dos determinantes das políticas de ensino superior. A reforma/contra-reforma da educação superior no Brasil. A trajetória histórica da formação em Serviço Social, o atual projeto de formação profissional e as principais demandas e desafios do mesmo em face da reforma da educação superior.
Professor Tempo de Casa Lattes
ANA LUCIA SUAREZ MACIEL 12 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Produção do Conhecimento e Serviço Social
COD Carga Horária Descrição
52282-03 45 Análise da produção de conhecimentos articulada às principais matrizes que as fundamenta, a finalidade e aos compromissos ético-políticos delas decorrentes e sua relação com o Serviço Social. Apreensão dos requisitos científicos necessários a produção discente em nível de doutorado e identificação das contribuições aportadas pela produção de conhecimentos em Serviço Social para adensamento dos temas investigados mediando-as com as pesquisas discentes.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Proteção Social nas Infâncias, Adolescências e Juventudes
COD Carga Horária Descrição
82257-03 45 Análise da constituição histórica da proteção social voltada para as infâncias, adolescências e juventudes. Ênfase no estudo das políticas públicas dirigidas para esses segmentos sociais e os desafios quanto a materialidade da proteção social no contexto atual.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Servico Social e Marxismo no Século XXI
COD Carga Horária Descrição
72298-03 45 Estudo sobre a produção e os debates contemporâneos realizados pelo Serviço Social inspirados na obra marxiana que mediam, para a leitura da realidade, da questão social e dos processos de trabalho, as contribuições da matriz crítica emancipatória. Debate sobre as principais contribuições de autores da área inspirados nesta matriz, a partir das contribuições de Marilda Iamamoto.
Professor Tempo de Casa Lattes
JANE CRUZ PRATES 23 anos e 11 meses Link
MONIQUE BRONZONI DAMASCENA Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Serviço Social e Transformações Societárias
COD Carga Horária Descrição
52280-03 45 Análise sócio-histórica do Serviço Social brasileiro situado no contexto das transformações societárias contemporâneas tendo como foco principal as novas expressões da Questão Social e a reconfiguração das demandas que se colocam como desafios à competência profissional.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Sociedade Civil e Esfera Pública
COD Carga Horária Descrição
72294-03 45 As teorias explicativas da constituição da esfera pública e da sociedade civil. Os movimentos sociais na América Latina e no Brasil. O debate sobre o papel da sociedade civil nos espaços públicos no Brasil a partir de 1970-1980.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Território e Cidade
COD Carga Horária Descrição
4221A-03 45 Estudo do território como construção econômica, política, social e cultural. A cidade do capital, o palco da disputa. As principais correntes e teorias sociológicas da urbanização e da organização das cidades. Discussão do processo de urbanização como agente de transformação das estruturas sócio-espaciais.
Professor Tempo de Casa Lattes
MARCOS PEREIRA DILIGENTI 20 anos e 11 meses Link
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Trabalho e Crise Estrutural do Capital
COD Carga Horária Descrição
82262-03 45 Análise da categoria trabalho, problematizando as múltiplas transformações no mundo do trabalho e impacto para os diferentes segmentos sociais no âmbito da sociabilidade capitalista. Reflexões acerca da crise estrutural do capital e das diversas contradições presente no âmbito da sociedade capitalista.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.
Violência, Poder e Prática Institucional
COD Carga Horária Descrição
52277-03 45 Debate sobre a violência institucional, poder e práticas desses processos na gestão das instituições. Problematização e análise dos processos sociais que perpassam o fenômeno da violência mediatizados por relações de gênero, raça/etnia, classe e a possibilidade de uma nova ética que rompa com visões reducionistas e simplificadoras do real no que concerne a esse fenômeno.
Sem oferecimento no semestre corrente
Área de Concentração Tipo Obrigatoriedade
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais MESTRADO Não Obrigatória
Serviço Social, Políticas e Processos Sociais DOUTORADO Não Obrigatória
Linha de Pesquisa Descrição
Serviço Social, Seguridade Social e Políticas Sociais Abarca estudos e pesquisas sobre os sistemas de proteção social, a seguridade social e sua relação com o Estado e a sociedade civil. Debate políticas de saúde, previdência social e assistência social, políticas de transferência de renda, de segurança alimentar e seguro desemprego. Abarca estudos sobre territorialidade e habitação, políticas de educação, políticas para o idoso, para mulheres, para crianças e adolescentes, para juventudes, para populações em situação de rua, para pessoas com deficiência, entre outros segmentos e setores. Inclui debates sobre a produção do conhecimento e o trabalho interdisciplinar e do assistente social nessas áreas, bem como a avaliação de políticas públicas e estudos acerca do financiamento público e da relação público privado.
Serviço Social, Direitos Humanos, Desigualdades e Resistências Estudos e pesquisas sobre os direitos humanos e seu caráter histórico. Os sistemas de proteção dos direitos humanos e suas relações com o Estado e sociedade civil, as violações de direitos, os avanços e retrocessos societários na afirmação de direitos. Estudos sobre políticas sociais voltadas a populações historicamente vulneráveis em termos de direitos humanos: povos negros, indígenas e quilombolas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, pessoas idosas, jovens, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, populações em situação de rua, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade, povos refugiados e imigrantes, etc. Investigações sobre os processos de desigualdade e resistência e suas repercussões no modo e condições de vida dos sujeitos sociais, considerando os diversos marcadores sociais. Estudos relacionados ao poder punitivo do Estado no sistema prisional, de justiça e de segurança pública e a justiça restaurativa. Estudos das múltiplas expressões de violência e estratégias para o seu enfrentamento. A linha contempla ainda estudos sobre o trabalho profissional (do assistente social e em uma perspectiva interdisciplinar) nessas áreas e suas contribuições para a área científica do Serviço Social e das áreas afins, nos termos da produção de conhecimento acerca dessas temáticas.
Serviço Social, Ensino e Formação Abarca estudos e pesquisas sobre os fundamentos do Serviço Social, sobre a questão social e sobre questões de método. Contempla estudos sobre os eixos ético-políticos, teórico-metodológicos e técnico-operativos da profissão e sobre a formação em Serviço Social e sua relação com o trabalho do assistente social, suas atribuições e competências. Inclui estudos sobre as diretrizes curriculares da ABEPSS e os núcleos de formação para a graduação em Serviço Social e as orientações para a Pós-Graduação. Abarca estudos sobre modalidades de ensino, sobre ensino e formação na graduação e pós-graduação, sobre estratégias pedagógicas, sobre teoria e metodologia de pesquisa, sobre ética e projeto ético-político, sobre formação continuada, sobre supervisão e estagio, sobre orientação e avaliação na graduação e pós-graduação, sobre gestão em escolas e na universidade e sobre trabalho e produção do conhecimento nessas áreas.
Serviço Social, Trabalho e Processos Sociais Estudos e pesquisas sobre trabalho como categoria ontológica, os processos de trabalho, relações e condições de trabalho no modo de produção capitalista, estado, economia política reestruturação produtiva e as metamorfoses no mundo do trabalho, emprego e desemprego, espaços sociocupacionais e a inserção do assistente social, o trabalho na escola, o trabalho na saúde, o trabalho na assistência social, trabalho e poder local, trabalho no setor público, trabalho no terceiro setor e na iniciativa privada, trabalho interdisciplinar, saúde do trabalhador, trabalho concreto e abstrato e os processos de alienação, políticas de trabalho e renda, trabalho cooperativo e economia popular solidária, entre outras estratégias de produção, relações e modos de produção. Essa linha abarca também o estudo de processos sociais tais como a participação, os processos de gestão social e planejamento, o trabalho em rede, as práticas conselhistas, os movimentos sociais, as organizações populares, os movimentos sindicais e como contraponto, processos como a pobreza, a discriminação, o racismo, a violência, entre outros. Contempla ainda os estudos que versam sobre o trabalho interdisciplinar e do assistente social para o fortalecimento e ou enfrentamento desses processos e as contribuições do Serviço Social em termos de produção do conhecimento sobre essas temáticas.