Atendimento

Secretaria Geral - Graduação

Avenida Ipiranga, 6681
Prédio 9 – Térreo, Sala 119
Porto Alegre/RS - Brasil - CEP 90619-900
Telefone: (51) 3320-3555 ou (51) 3320-3528
E-mail:

Horário de Atendimento no período de Férias (de 13/12/2018 a 22/02/2019)
Segunda a Sexta: 7h45min às 19h

A partir de 25/02/2019
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta: 7h45min às 22h45min
Sábado das 7h45min às 12h


Secretarias dos Programas de Pós-Graduação
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Programa de Pós-Graduação em Educação
Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Programa de Pós-Graduação em História
Programa de Pós-Graduação em Letras
Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Programa de Pós-Graduação em Teologia

Atestado de Frequência

Atesta a situação de frequência às aulas pelo acadêmico, informando o número de horas-aula ministradas e o número de horas-aula frequentadas desde o início do semestre letivo até a data da solicitação. As informações são verificadas diretamente com o(s) Professor(es) da(s) Disciplina(s).

Como solicitar: A solicitação deverá ser realizada junto a Secretaria Geral (Prédio 9 –  térreo, sala 119).

Prazo de Entrega: Cinco dias úteis.

Como efetuar o pagamento da taxa: A taxa de emissão do documento é gerada automaticamente no momento da solicitação, independente da retirada do documento ou não e será incluída no próximo documento de cobrança (Doc) da Mensalidade.

Nos casos em que o aluno não recebe Doc de mensalidade: a taxa também é gerada automaticamente pelo sistema, só que neste caso o aluno deverá efetuar o pagamento diretamente no Setor Financeiro Acadêmico (Prédio 15 – Central de Atendimento ao Aluno) e o comprovante deverá ser apresentado no momento da retirada do documento na Secretaria.
Como será cobrada a taxa quando a solicitação for feita no último mês do semestre? Nos meses 06 e 12 do ano, independente de receber Doc de Mensalidade ou não, o acadêmico deverá efetuar o pagamento da taxa diretamente no Setor Financeiro Acadêmico e apresentar o comprovante no momento da retirada do documento na Secretaria.

 

Atestado de Prova

Atesta a presença do acadêmico na Faculdade em determinada(s) Data(s) e Horário(s) realizando Prova(s). As informações são verificadas diretamente com o(s) Professor(es) da(s) Disciplina(s).

Como solicitar: A solicitação deverá ser realizada junto a Secretaria Geral (Prédio 9 – térreo, sala 119).

Prazo de Entrega: Cinco dias úteis.

Como efetuar o pagamento da taxa: A taxa de emissão do documento é gerada automaticamente no momento da solicitação, independente da retirada do documento ou não e será incluída no próximo documento de cobrança (Doc) da Mensalidade.

Nos casos em que o aluno não recebe Doc de mensalidade: a taxa também é gerada automaticamente pelo sistema, só que neste caso o aluno deverá efetuar o pagamento diretamente no Setor Financeiro Acadêmico (Prédio 15 – Central de Atendimento ao Aluno) e o comprovante deverá ser apresentado no momento da retirada do documento na Secretaria.

Como será cobrada a taxa quando a solicitação for feita no último mês do semestre? Nos meses 06 e 12 do ano, independente de receber Doc de Mensalidade ou não, o acadêmico deverá efetuar o pagamento da taxa diretamente no Setor Financeiro Acadêmico e apresentar o comprovante no momento da retirada do documento na Secretaria.

Ausência Autorizada

O aluno pode afastar-se temporariamente da frequência às aulas e avaliações com base:

  • no Decreto-Lei 1.044/69 – dispõe sobre tratamento excepcional para alunos portadores de afecções que indica;
  • na Lei nº 6.202/75, que estende a realização de exercícios domiciliares às gestantes, a partir do 8º mês;
  • às mães adotivas em licença maternidade de acordo com a lei nº 10.412, de 15/04/2002, que alterou dispositivos da CLT, editando o art. 392-A, escalando períodos de licença de acordo com a idade da criança adotada;
  • e no Decreto-Lei 67.654/66, que regulamenta a Lei do Serviço Militar.

A Ausência Autorizada, uma vez concedida, aplica-se a todas as disciplinas às quais o aluno estiver vinculado. Nesses casos, a instituição deverá “atribuir a esses estudantes, como compensação da ausência às aulas, exercícios domiciliares com acompanhamento da escola, sempre que compatíveis com o seu estado de saúde e com as possibilidades do estabelecimento”. Durante o período de AA, não serão computadas faltas.

No entanto, ao final do semestre, se descontando o período de AA o aluno não foi frequente, será reprovado.

 

Como solicitar:

A entrega do requerimento deve ocorrer na Secretaria até cinco (5) dias úteis a contar da data final do afastamento, conforme documento comprobatório.

No momento da solicitação o aluno receberá por e-mail o protocolo do pedido e, após, a análise do requerimento pela Direção da Escola, o aluno e os Professores relacionados no documento receberão as informações correspondentes à solicitação através do e-mail institucional (xxx@pucrs.br)

Justificativa de faltas

1. Situações previstas em lei, que justificam ausência às aulas:

  • Decreto-Lei 1.044/69 – doenças infecto-contagiosas ou outra que exija superior a 15 dias ininterruptos
  • Lei 6.202/75 – amparo a gestação, parto ou puerpério
  • Decreto-Lei 715/69 – relativo à prestação do serviço militar
  • Lei 9.615/98 – participação do aluno em competições esportivas internacionais de cunho oficial representando o País
  • Lei 5.869/73 – convocação para audiência judicial

O Decreto-Lei 715/69 aplica-se somente sobre o serviço militar obrigatório, portanto não se aplica sobre profissionais de carreira das Forças Armadas, Brigada Militar, etc.

No Atestado Médico, além de conter o carimbo e a assinatura do médico, deve estar claro que o aluno esteve impossibilitado de comparecer à Faculdade por motivo de doença infecto-contagiosa ou outra que exija afastamento superior a 15 dias ininterruptos de suas atividades. Atestado informando que o aluno somente esteve em consulta médica não justifica as faltas.

Importante: Mesmo contemplando os itens descritos acima, não há abono de faltas.

2. Como solicitar:

A entrega do requerimento deve ocorrer na Secretaria até cinco (5) dias úteis a contar da data final do afastamento, conforme documento comprobatório.

No momento da solicitação o aluno receberá por e-mail o protocolo do pedido e após a análise do requerimento pela Direção da Escola, o aluno e os Professores relacionados no documento receberão as informações correspondentes à solicitação através do e-mail institucional (xxxx@pucrs.br).

Formulário

O formulário deve ser entregue na Secretaria Geral (Prédio 9 – térreo, sala 119), juntamente com o requerimento preenchido em uma via, um para todos os certificados entregues.

Formulário para Atividades Complementares

Letras e Escrita Criativa

Entregar cópia do documento e trazer original, para conferência.

Pedagogia

Essa exigência decorre da Lei Federal de Diretrizes e Bases (9394/96) e tem por objetivo incentivar os estudantes a participarem de experiências diversificadas relacionadas diretamente com as áreas de abrangência do curso de graduação, visando a qualificação de sua formação profissional e pessoal.

Número de horas de Atividades Complementares no Curso de Pedagogia

O aluno deverá demonstrar o cumprimento do total de 120 horas nas diferentes modalidades de atividades complementares, entre as reconhecidas pelo Projeto do Curso. Esse total de horas deverá ser cumprido no decorrer do curso.

 Regulamento

 

Informações Importantes

O aluno poderá solicitar a validação das atividades complementares em qualquer época do ano, quando estiver entre o 2º e o 7º semestre.

Para tal validação é necessário apresentar cópia do documento que certifique sua participação no evento.

No último semestre o prazo limite de entrega serão os meses de junho e outubro.

A solicitação para a validação das atividades deverá ser realizada na Secretaria Geral, prédio 9 – térreo, sala 119.

O processo de validação e registro dar-se-á de acordo com os prazos estabelecidos de comum acordo entre a FACED e a Coordenação de Registro Acadêmico.

O aluno poderá acompanhar os lançamentos no link central (www.pucrs.br) na situação acadêmica administrativa do aluno. Ao completar a carga horária correspondente a mesma será lançada no histórico escolar.

Serão aproveitadas, para cada uma das modalidades de escolha do aluno, no máximo, 70 horas de atividades.

***As atividades complementares serão realizadas durante o período em que o aluno estiver regularmente matriculado no Curso de Graduação.

As atividades diversificadas ocorridas durante o horário das aulas não serão reconhecidas como Atividades Complementares.

EXCEÇÕES: Poderão ser computadas outras atividades não enquadradas nestas Normas, desde que constatada sua relevância e importância para a complementação da formação do estudante. Caberá ao professor responsável pelas Atividades Complementares sugerir a forma de aproveitamento e reconhecimento dessas atividades, submetendo-a à aprovação do Colegiado da Unidade.

Serviço Social

Normatização das Atividades Complementares

As Atividades Complementares (aprovadas pelo Conselho Departamental em 2003), por comporem o currículo, são obrigatórias a todos os alunos matriculados no Curso de Serviço Social. A conclusão destas atividades é pré-requisito para a conclusão do curso e sugere-se que seja totalizada no máximo um semestre antes da formatura. As atividades devem ser diversificadas, por isso existe uma carga horária máxima em cada tipo de atividade. Somente são aceitas atividades realizadas após o ingresso do aluno no Curso de Serviço Social.

Cabe ao aluno decidir qual atividade complementar irá realizar, sendo que a FSS se preocupa com a ampla divulgação de oportunidades formativas que podem convergir para o aproveitamento como atividades formativas. Portanto, sistematicamente, os alunos são solicitados a estarem atentos à divulgação dos eventos e oportunidades, tanto na universidade como em outros espaços. O aluno compromete-se a cumprir uma carga horária total de 120 h/a em atividades complementares.

O Curso de Serviço Social promove uma diversidade de Atividades Complementares, desde a oportunidade para os graduandos participarem em eventos como ouvintes, ministrantes, até oportunidades de estágios curriculares não-obrigatórios, entre outros, destacando o apoio às atividades científicas, como participação dos alunos em atividades de pesquisa, iniciação científica. Conseqüentemente, apoio para participação nos Salões de Iniciação Científica, além de designação de professores com carga horária específica para orientar, acompanhar a organização de parâmetros claros para validar a sua ampla publicização.

O acompanhamento das Atividades Complementares é realizado a partir do aconselhamento de matrícula individualizada de cada aluno. A partir da divulgação e organização destas oportunidades formativas, que podem ser validadas como atividades complementares pela coordenação de graduação, o aluno entrega formulários de validação da Atividade Complementar até o prazo final de G1 de cada semestre. Acompanha o formulário um relatório, conforme o modelo fornecido pelo Curso (Formulário de Validação da Atividade Complementar), disponível abaixo.

O Curso de Serviço Social divulga semanalmente eventos que são validados como Atividades Complementares, sejam estes promovidos por outras IES ou pela própria unidade: seminários, palestras, estágios não-curriculares, atividades de pesquisa, atividades nos Núcleos de Pesquisa, entre outros. Cada aluno possui sua pasta individualizada onde são registradas e arquivadas todas as entregas de documentos feitos pelo mesmo.

As Atividades Complementares são aproveitadas de acordo com os critérios abaixo:

Detalhamento das atividades complementares

MODALIDADE ESPECIFICAÇÕES CARGA HORÁRIA MÁXIMA
Atividades em Organizações Sociais Correspondem às atividades orientadas de observação continuada e inserção em projetos e programas de natureza social, desenvolvidos em organizações sociais. Incluem, também, visitas institucionais realizadas sob orientação de professores da Faculdade de Serviço Social. 60h
Intercâmbios Compreendem atividades realizadas através do intercâmbio entre Unidades de Ensino Regionais, Nacionais e Internacionais. 80h
Iniciação Científica Compreende atividades de iniciação científica vinculada a um órgão de fomento, com recebimento de bolsa de iniciação científica, integrando atividades de Núcleo de Pesquisa. 80h
Atividades em Pesquisa Compreendem a vinculação do(a) aluno(a) a um Núcleo de Pesquisa, desenvolvendo atividades relacionadas à pesquisa por um período específico de tempo e sob a responsabilidade de um professor. 60h
Monitoria Acadêmica Refere-se às atividades relacionadas a disciplinas ministradas no Curso de Serviço Social, na modalidade de monitoria acadêmica, atendendo à regulamentação própria da Universidade e gerenciada pela Coordenação do Curso. 80h
Participação em eventos como ouvinte Compreende a participação do aluno como ouvinte em temas pertinentes ao Curso de Serviço Social. Podem ser assim considerados: cursos, seminários, encontros estudantis, congressos, fóruns, mesas-redondas, jornadas acadêmicas, conferências, palestras, aula magna, banca examinadora de TCC, de mestrado ou doutorado. 60h
Participação em eventos como ministrante Compreende atividades como responsável pela organização e/ou como palestrante tais como: mostra de iniciação científica, eventos como descritos no item 6 e apresentação de trabalhos e/ou pesquisas. 80h
Formação complementar Compreende a realização de cursos de formação complementar, cursos de extensão, cursos sequenciais realizados após o ingresso na Faculdade de Serviço Social. 70h
Publicações Compreende publicações (inclusive em coautoria) como, por exemplo, artigo de jornais, revistas, capítulos de livros, resumos em anais de eventos, ou outros materiais informacionais. 80h
Outras atividades Compreende atividades não previstas nestas orientações e que possam ser consideradas pelo Conselho Departamental como importantes na complementação da formação profissional em Serviço Social. 50h
Migração Curricular 120h
Estágio Curricular Não-Obrigatório Que atenda os requisitos da Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, desenvolvido como atividade opcional, com carga horária e obrigatória. O estagiário deve ser supervisionado por profissional com formação ou experiência profissional do quadro pessoal da parte concedente. 60h
A cada atividade concluída, o aluno deverá apresentar ao professor responsável pelas atividades complementares os seguintes documentos:
  1. 1. Ficha de identificação da atividade;
  2. 2. Cópia do certificado ou atestado de conclusão da atividade;
  3. 3. Relatório produzido pelo próprio aluno: identificação do aluno, nome do evento, local do evento, período, carga horária do evento e a relação que o aluno faz da atividade com a formação em SS.

 

Teologia

Os alunos do curso de Teologia deverão completar um total de 120 horas de atividades complementares, que poderão começar a ser realizadas já a partir do 1º semestre. Entende-se por atividades complementares aquelas que, guardando relação de conteúdo e forma com atividades de cunho acadêmico, representem instrumentos válidos para o aprimoramento da formação básica do futuro teólogo. O currículo do curso de Teologia prevê como atividades complementares a participação em congressos teológicos, em cursos de extensão, participação em seminários, simpósios, participação em grupo de pesquisa, publicação, cursos de línguas (idiomas), palestras afins com a ciência teológica, sobretudo com ênfase na temática socioambiental. Cada atividade complementar realizada pelo aluno deve ser encaminhada a Secretaria Geral  para a validação das respectivas atividades, mediante o preenchimento de formulário próprio e a anexação do respectivo certificado para comprovação, validada pela coordenação do curso, de acordo com as horas certificadas, observando-se o máximo de horas estabelecido para cada categoria.

Normatização