Acervos:



Manuscritos da Coleção De Angelis

A inicialmente denominada “Coleção de obras impressas e manuscritas que tratam principalmente do Rio da Prata” foi reunida pelo militar, professor de história e diplomata Pedro De Angelis (1784 – Nápoles; 1859 – Buenos Aires), durante sua estada na capital portenha, no período de 1820 até 1852. Exilado após a queda de Rosas, De Angelis conseguiu negociar com a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, que adquiriu grande parte de sua Coleção.

A cópia existente na Biblioteca Central da PUCRS, no espaço DELFOS, foi adquirida pelo programa de Pós Graduação em História, por meio de verba do Programa de Apoio à Pós-Graduação da CAPES (PROAP-CAPES/1997). Essa cópia está reproduzida em 41 rolos de microfilme

A Coleção compõe-se de mais de 1.200 documentos manuscritos, produzidos no período compreendido entre o século XVI e o século XIX. São documentos originais e cópias autênticas de relatos, correspondências e processos de vários tipos, que atestam a conturbada história das áreas de fronteira entre as Américas Portuguesa e Espanhola. Parte significativa da Coleção é composta de documentos produzidos pelos jesuítas, que atuaram na América Meridional, nos quais são detalhadas a constituição e o desenvolvimento das reduções. Entre eles, destacam-se inúmeras referências aos grupos indígenas dos Guarani, Gualacho, Guañana, Itatins, Minuanos e Charruas, além de outros. Também estão presentes documentos sobre os Tratados de Limites, estabelecidos entre Portugal e Espanha, a partir de 1750, e os impactos da demarcação de fronteira entre os grupos nativos.

Ainda existe muito material inédito para futuras pesquisas, embora uma parte considerável de documentos da Coleção tenha sido publicada pela Biblioteca Nacional1. O Banco de Dados existente no CD Rom produzido a partir desta cópia da Coleção2 serve de indicativo sobre a potencialidade de pesquisa da documentação ali reunida.

1 CORTESÃO, Jaime; VIANNA, Hélio (Org.). Manuscritos da Coleção De Angelis. 7 volumes. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 1951-1970. Os dados apresentados neste verbete constam em MONTEIRO, John (Org.). Guia de Fontes para a História Indígena e do Indigenismo em Arquivos brasileiros. São Paulo: NHII-USP/FAPESP. 1994: p. 286-287.
2 SANTOS, M. Cristina (Coord.). Xamanismo e Cura na Coleção De Angelis. Porto Alegre: CNPq/PPGH-PUCRS, 2003.