Física: Licenciatura

Guia do Estudante 2017 - FísicaApresentação

O Curso tem como objetivo geral formar profissionais que, apoiados em uma base sólida e atualizada de conhecimentos, sejam capazes de abordar e tratar problemas na busca de novas formas de conhecimento científico ou tecnológico, com uma atitude investigativa, empreendedora e de respeito aos valores éticos e ao meio ambiente.

O Curso propõe a formação de um físico-educador dedicado preferencialmente à formação e à disseminação do saber científico em diferentes instâncias sociais, seja no ensino formal, seja através de novas formas de educação científica.

Do ponto de vista estrutural, o projeto pedagógico do curso propõe uma formação, ao mesmo tempo ampla e flexível, que busca desenvolver habilidades e conhecimentos necessários às expectativas atuais, com capacidade de adequação a diferentes perspectivas de atuação futura.

O curso aborda temas relativos à Física Clássica, Moderna e Contemporânea, em um enfoque teórico-experimental, dedicando-se à conexão entre a Física e a área da Educação. O curso possui disciplinas que desenvolvem competências para a formação de um profissional com perfil pesquisador e interdisciplinar.

As principais disciplinas abrangem conteúdos de Metodologia do Ensino de Física e Instrumentação para o Ensino de Física, além de Psicologia da Educação, Didática Geral, Organização e Políticas da Educação Básica. Ao longo do curso, são desenvolvidos estágios em escolas de ensino fundamental e médio,em museus e centros de ciências.

O profissional formado neste curso tem sua atuação principal na educação básica, em cursos preparatórios e na educação de jovens e adultos, em museus de ciências e em editoras e órgãos privados e públicos que produzem e avaliam programas e materiais didáticos. Concursos públicos contratam licenciados em física em empresas estatais.

Os estudos podem ser continuados em nível de pós-graduação nas áreas da própria Física, na na Educação e na Engenharia, entre outras. O licenciado em Física pode desenvolver pesquisa em ensino de Física, educação em geral, metrologia, energias renováveis e geofísica.

O mercado de trabalho proporciona que os licenciados atuem como professores em instituições de nível médio e na educação de jovens e adultos. Devido à grande carência de professores de Física no País, a chance de o mercado vir a ficar saturado é remota. Com a expansão das escolas técnicas federais, o mercado tende a aumentar. É crescente a demanda de físicos nas indústrias, principalmente na área de Metrologia.


 

Curso de Física

Currículos

Decreto de Reconhecimento: Portaria nº 512 (D.O.U. 13/05/2010)
Currículo Mínimo: 2800h
Duração Mínima: 3,5 anos (7 semestres)

SEM COD Disciplina CH
1 42240-04 Astronomia 60
1 4115M-04 Cálculo Diferencial e Integral I 60
1 4116F-02 Geometria Analítica 30
1 42227-02 Seminários de Física 30
1 42214-04 Tópicos de Física Clássica 60
1 42219-04 Tópicos de Física Contemporânea 60
2 4115N-04 Cálculo Diferencial e Integral II 60
2 4115P-02 Cálculo Diferencial e Integral III 30
2 42258-04 Fluídos e Termodinâmica 60
2 4223A-06 Mecânica Clássica I 90
2 4311P-04 Química Geral 60
2 15091-04 Ética e Filosofia da Ciência 60
3 4621L-04 Computação e Solução de Problemas I 60
3 4115R-04 Cálculo Diferencial e Integral IV 60
3 4222R-06 Eletricidade e Magnetismo 90
3 1445D-04 Organização e Políticas da Educ. Básica 60
3 42228-02 Pesquisa em Física I 30
3 4222C-04 Óptica e Ondas 60
4 1426J-04 Didática 60
4 4115T-04 Equac. Diferenc. e Transformadas Integrais 60
4 4220R-06 Física Moderna 90
4 4222B-04 Mecânica Clássica II 60
4 42229-02 Pesquisa em Física II 30
4 1432K-02 Psic. da Educação: Desenvolvimento 30
4 4115S-02 Álgebra Matricial 30
5 42259-12 Disciplina Eletiva 180
5 4221E-06 Física Quântica 90
5 11521-04 Humanismo e Cultura Religiosa 60
5 4222D-04 Instrumentação e Medidas 60
5 4221A-04 Metod. e Prát. de Ensino de Física (140h) 140
5 4222E-02 Pesquisa em Física III 30
5 1432L-04 Psic. da Educação: Aprendizagem 60
5 42278-04 Teoria Eletromagnética 60
6 4222H-04 Física Nuclear e de Partículas 60
6 4222F-04 Física Teórica e Computacional 60
6 4221B-04 Prática de Ensino de Física I (180h) 180
6 4222A-02 Teoria da Relatividade 30
6 42288-04 Termodinâmica 60
7 422XY-00 Atividades Complementares (200h) 200
7 42262-04 Física do Estado Sólido 60
7 4221D-04 Instrumentação para O Ensino de Física 60
7 1216C-04 Língua Brasileira de Sinais 60
7 42292-02 Mecânica Estatística 30
7 42243-04 Origens e Desenvolvimento da Física 60
7 4221C-04 Prática de Ensino de Física II (180h) 180

COMO INGRESSAR

Para iniciar o curso de Física é necessário realizar o Concurso Vestibular da PUCRS, edição de verão.

A PUCRS oferece também a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência, ingresso de diplomado e reopção.

Perguntas sobre o Curso

Perguntas frequentes sobre a Licenciatura em Física

O que significa ser licenciado em Física?
Ser licenciado em Física significa que você se tornou um professor de Física, e está autorizado pela legislação brasileira a lecionar em qualquer escola onde esta disciplina seja ensinada. Além disso, como um licenciado é portador de um título superior, pode continuar seus estudos em nível de especialização, mestrado e doutorado.

Onde um licenciado em Física trabalha?
Pode trabalhar como professor em instituições de ensino de nível médio e superior, privadas e públicas, em cursinhos e em educação de jovens e adultos.
Mas há um mercado florescente para físicos em indústrias e na área de metrologia. Também ocorrem regularmente concursos públicos para contratação de físicos em empresas estatais, na área de perícia policial e em outras áreas vinculadas aos poderes executivo e judiciário para os quais é exigido curso superior relacionado. Para ser professor do ensino superior geralmente é exigido, além da graduação, um curso de mestrado ou doutorado.

Quando posso começar a trabalhar?
Como há uma carência de professores de Física no Brasil, é comum as Secretarias de Educação contratarem estudantes a partir do quarto semestre do curso para serem professores de escolas públicas, por meio de contratos emergenciais. Escolas particulares também contratam estudantes para auxílio e organização de laboratórios de ensino e, às vezes, para atuar como professor.
Além disso, o estudante de Física tem a opção de vincular-se a um dos muitos grupos de pesquisas da Escola de Ciências, recebendo bolsa de iniciação científica desde os primeiros semestres, ou ainda fazer um estágio remunerado em escolas privadas ou na própria universidade. Os alunos são incentivados também a serem monitores das disciplinas já cursadas.

Em que áreas de pesquisa um licenciado em Física pode atuar?
O licenciado pode vincular-se a grupos de pesquisa de muitas áreas diferentes, conforme seu interesse. Na PUCRS ou em outras instituições há grupos de pesquisa em Ensino de Física e Educação em geral, em Nanoestruturas, em Energia Solar, Eólica, Térmica e das Marés, em Física Médica, em Astronomia e Astrofísica, em Geofísica, em História da Ciência, em Filosofia da Ciência, em Biofísica, em Físico-Química, em Eficiência dos Transportes, em Semicondutores, e dezenas de outras. Geralmente os grupos de pesquisas são vinculados a programas universitários de pós-graduação (mestrado e doutorado).

Qual o salário de um licenciado em Física?
Nas escolas particulares da região metropolitana de Porto Alegre, segundo dados de setembro de 2012 do Sindicato do Professores SINPRO/RS (http://www.sinprors.org.br/ranking), o valor da hora-aula varia de R$15,34 a R$37,14.
Para calcular o salário mensal, basta tomar o valor da hora-aula, multiplicando-o pelo número de horas lecionadas e por 5,25. Assim, um professor que trabalhe meio turno, receberá entre R$ 1.600,00 e R$ 4.500,00. Como um professor de Física raramente leciona em uma única escola, podendo este salário pode dobrar.
No magistério estadual, ele recebe salários semelhantes ao de algumas escolas privadas, com benefícios da aposentadoria integral. Com o cursar mestrado ou doutorado, o professor de Física pode concorrer a vagas em universidades, com salários maiores. Há uma enorme carência de professores de Física no País, de modo que não há chance de o mercado de trabalho ficar saturado.
Atualmente está havendo uma expansão da rede de escolas técnicas federais, ampliando ainda mais o campo de oportunidades.

Qual a mensalidade da licenciatura em Física?
Todos os alunos do curso de Física, sejam do Bacharelado ou Licenciatura, têm um desconto de 40% em sua mensalidade. Para alunos diplomados pela PUCRS em qualquer outro curso de graduação, há um desconto adicional de 25%.

Qual o turno do curso?
O curso de Licenciatura em Física é noturno, com aulas começando a partir das 17h35min, ou 19h30min; e aos sábados de manhã, em alguns semestres. É possível conciliar trabalho e estudo, assim como cursar disciplinas do bacharelado em Física Médica e obter os dois diplomas após um ou dois semestres.

Que tipo de bolsas e estágios remunerados estão disponíveis?
Professores disponibilizam bolsas de iniciação científica vinculadas a projetos de pesquisa, com valores entre R$400,00 e R$700,00 para 20h a 30h semanais. Alunos da licenciatura podem concorrer a bolsas do Programa de Iniciação à Docência (PIBID). Bolsas de estágio também são oferecidas por diversos setores da PUCRS para alunos de graduação em Física (Setor de Manutenção da FAFIS, Museu de Ciências e Tecnologia, LABELO).

Existe financiamento para pagamento do curso?
A PUCRS oferece modalidade de ingresso via PROUNI, o financiamento parcial das semestralidades pelo PROED (Programa de Crédito Educativo da PUCRS) e o financiamento de bolsas de estudo através do FIES (Programa de Financiamento Estudantil do Governo Federal). Maiores informações podem ser encontrados na página Incentivo à Educação no site da PUCRS.

Qual a duração do curso de licenciatura em Física?
O curso de licenciatura em Física tem duração de 7 semestres.

Informações acadêmicas

Informações para os alunos do curso de graduação em Física: Licenciatura, clique para saber mais:

Classificação no Guia de Estudantes Abril      
Tipo de curso licenciatura
Modalidade presencial
Tempo de curso 7 semestres
Vestibular verão
Turno Noite

Vagas 60
Vagas Observações

A estrutura da grade de horários adotada pela Universidade define um tempo de duração da hora-aula nos turnos manhã e tarde (50min), diferente do turno da noite (45min), sendo o valor das mensalidades do curso o mesmo, independentemente do turno.